quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Flamengo recebe o Atlético-MG de olho nos líderes

Flamengo recebe o Atlético-MG de olho nos líderes

Matéria publicada em 23 de setembro de 2018, 08:00 horas

 


Flamengo tenta não perder contato com primeiro bloco da tabela


Belo Horizonte – 
Buscando encontrar a regularidade na temporada Atlético-MG e Flamengo se enfrentam neste domingo, às 16h(de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), em choque válido pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro, que vem de empate por 1 a 1 com o Vasco, soma 45 pontos, na quarta colocação, e precisa não perder contato com o líder São Paulo.

O clima de desconfiança é grande e há quem diga que o técnico Maurício Barbieri pode ser demitido em caso de tropeço. O Galo tem três pontos a menos na sexta posição, empatou sem gols com o Cruzeiro no fim de semana e fecha o G-6, a zona de classificação para a Copa Libertadores.

Apesar do momento complicado e de pressão, Maurício Barbieri prefere manter o foco no jogo com o Galo e deseja reduzir a distância para o São Paulo, pois ainda sonha com a conquista do título.

– Estamos trabalhando para reduzirmos a distância para o líder. Temos que encontrar a consistência para ter sequência de vitórias, pois temos sido inconstantes. O campeonato é equilibrado. Tenho certeza de que vamos encostar ou passar os líderes mais à frente. O Flamengo tem pressão em qualquer circunstância e momento. Todo profissional aqui tem que estar preparado para lidar com isso – disse Barbieri.

O técnico Thiago Larghi sabe da pressão que o Flamengo vem enfrentando e orientou seus jogadores a tirarem proveito da situação.

– Nós precisamos muito do resultado positivo e vamos em busca de uma vitória. Sabemos que o Flamengo está pressionando e vamos tentar utilizar isso a nosso favor, pressionando. Mas vai ser um duelo compolicado, pois em casa a torcida deles apoia bastante – disse o zagueiro Maidana.

Os flamenguistas reconhecem que o fator campo pode sim ser um aliado.

– Nós vamos jogar em casa e sabemos que o Maracanã pode ser sempre um importante aliado, pois a nossa torcida tem chegado junto e apoiado bastante nos jogos. Isso tem feito a diferença a nosso favor. Respeitamos demais o Atlético Mineiro, mas apenas a vitória pode ser considerado um resultado interessante para o Flamengo neste compromisso. Vamos em busca dela – disse o zagueiro Léo Duarte.

Em termos de escalação o Flamengo perdeu o meia Diego, que foi expulso contra o Vasco e cumpre suspensão. A tendência é que o volante Willian Arão herde a vaga, com Lucas Paquetá jogando mais adiantado.

Pelo lado do Atlético, Thiago Larghi não definiu o time que mandará a campo. Os últimos treinos não foram esclarecedores, sobretudo, porque os dois últimos foram fechados.

Na última quarta-feira, quando o treino foi aberto aos jornalistas pela última vez, Larghi mostrou que tinha dúvidas no meio campo atleticano. A única certeza era que Tomás Andrade seria utilizado entre os homens principais.

De resto, no entanto, a dúvida seguiu. Larghi, por exemplo, não sabia se mandaria a equipe com Adilson, Matheus Galdezani e Cazares ou José Welison, Elias e Luan. Se for pela primeira opção, o time fica mais técnico na saída de bola. Se for pela segunda, o Galo ganha em pegada, mas perde em qualidade no momento de chegar ao ataque.

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro as duas equipes se enfrentaram na Arena Independência, em Belo Horizonte (MG), e naquela ocasião o Flamengo ganhou por 1 a 0, graças a um gol de Everton Ribeiro.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document