segunda-feira, 24 de janeiro de 2022 - 23:47 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Flamengo tenta confirmar favoritismo diante do Furacão

Flamengo tenta confirmar favoritismo diante do Furacão

Matéria publicada em 22 de março de 2016, 20:18 horas

 


Rubro-negro da Gávea vai para cima do Atlético-PR em busca da final da competição

Juiz de Fora – Dono da melhor campanha da fase de grupos, o Flamengo tenta confirmar seu favoritismo na semifinal da Primeira Liga nesta quarta-feira, às 21h30(de Brasília), quando encara o Atlético-PR no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG). O Furacão se classificou como melhor segundo colocado e não vem empolgando na temporada. Além disso, o desempenho do time foi muito criticado após a derrota de 2 a 0 para o arquirrival Coritiba, no fim de semana, pelo Campeonato Paranaense.

O Flamengo, por sua vez, vem de empate sem gols com o Fluminense, pelo Campeonato Carioca, mas atravessa uma melhor fase. Além disso, vai jogar em um estádio de maioria de torcida, pela proximidade de Juiz de Fora com o Rio de Janeiro. Apesar disso, os flamenguistas parecem não aceitar bem o tal favoritismo.

– Estamos falando de um jogo de matar ou morrer, noventa minutos, onde qualquer coisa pode acontecer. Portanto, respeitamos demais o nosso adversário e sabemos que ele tem condições de fazer um jogo de igual para igual com o Flamengo. A condição de favorito não cabe em um momento desses, embora todos nós sabemos que o Flamengo sempre entra em uma competição pensando na conquista de títulos e agora isso não é diferente – disse o goleiro Paulo Victor.

O respeito em relação aos paranaenses é grande realmente.

– O Atlético Paranaense é um time chato, que sabe jogar em velocidade e tem jogadores perigosos. Vamos precisar muito que o torcedor de Juiz de Fora compreenda a dificuldade da partida e compareça para nos apoiar, pois vamos realmente precisar de ajuda. Não podemos vacilar – analisou Muricy Ramalho, técnico do Flamengo.

Paulo Autuori, comandante do Furacão, também reconhece estar quebrando a cabeça para pensar em uma boa estratégia para neutralizar o adversário.

– Realmente é um jogo que exige algo de diferente pela circunstância. Falo isso porque o Flamengo é um time de grande qualidade, com um lado direito muito forte , por exemplo, que joga em velocidade. Vamos precisar neutralizar isso – disse o comandante do Atlético.

Em termos de escalação o Flamengo tem dois desfalques para essa partida. O volante colombiano Gustavo Cuéllar e o atacante peruano Paolo Guerrero estão servindo as suas respectivas seleções nas Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018, que vai ser disputada na Rússia. Assim, Márcio Araújo ganha uma vaga no meio e Felipe Vizeu deve assumir a condição de centroavante. Porém, como Muricy Ramalho fechou o treino de definição para a imprensa, os titulares só deverão ser revelados minutos antes do confronto.

O meia-atacante Éverton é a grande novidade entre os relacionados para o confronto. Recuperado de uma lesáo muscular na coxa que o afastou dos gramados desde o final de fevereiro, o atleta, que já atuou no Furacão, deve ficar como opção no banco de reservas.

Já pelo lado do Atlético, Paulo Autuori não quis antecipar a escalação que pretende mandar a campo e se limitou a dizer que vai manter a base nque vem disputando o Campeonato Paranaense. O treinador atleticano espera pela liberação do meia Nikão, que se recupera de uma lesão no ombro, além do zagueiro Thiago Heleno, que foi poupado e agora disputa com Paulo André um lugar no time. Já o volante Hernani, o meia João Pedro, o atacante Ewandro e o meia Sidcley foram liberados pelo departamento médico e podem ficar como opção.

Pelo regulamento da Primeira Liga as duas equipes se enfrentarão sem que nenhuma delas tenha a vantagem do empate. Assim, se o confronto terminar empatado o classificado será conhecido na disputa de
Ficha Técnica:
FLAMENGO-RJ X ATLÉTICO-PR

Local: Estádio Radialista Mário Helênio
Horário: 21h30(de Brasília)
Árbitro: Leandro Vuaden (RS)
Auxs: Rafael da Silva Alves (RS) e Jorge Eduardo Bernardi (RS)
FLAMENGO: Paulo Victor, Rodinei, Wallace, Juan e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão e Ederson; Marcelo Cirino, Felipe Vizeu e Emerson Sheik
Técnico: Muricy Ramalho
ATLÉTICO: Weverton; Eduardo, Chistián Vilches, Paulo André (Thiago Heleno) e Pará; Otávio, Jadson, Marcos Guilherme, Vinícius (Nilkão) e Pablo; Walter
Técnico: Paulo Autuori


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document