quarta-feira, 19 de junho de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Flamengo vence Atlético-PR e dorme na liderança do Brasileirão

Flamengo vence Atlético-PR e dorme na liderança do Brasileirão

Matéria publicada em 6 de agosto de 2016, 20:54 horas

 


Cariacica – O Flamengo mostrou força em Cariacica, no Espírito Santo, e bateu por 1 a 0 o Atlético-PR, neste sábado (6), pelo Campeonato Brasileiro. Com o resultado, os cariocas não só entraram no G-4, como irão dormir na liderança da Série A, com 34 pontos. Já os paranaenses seguem com 30, ainda próximos do grupo de classificação para a Libertadores.

Os donos da casa foram superiores em grande parte dos 90 minutos. No entanto, o Flamengo só chegou ao gol no segundo tempo, com Mancuello, de letra. O Atlético-PR teve alguns bons momentos, mas foi envolvido pela marcação cariocas na maior parte do tempo.
Na próxima rodada, o Flamengo vai até Recife para enfrentar o Sport, no sábado. No dia seguinte, o Atlético-PR recebe o Palmeiras na Arena da Baixada.

Primeiro tempo

O Flamengo começou melhor a partida e quase abriu o placar aos sete minutos. Mancuello cobrou falta com categoria, mas parou em boa defesa de Santos. O Atlético-PR não se intimidou e criou sua chance aos 14. Walter arriscou de longe e acertou a trave de Muralha, que estava adiantado.
Os cariocas tinham mais posse de bola, mas pouco incomodavam o goleiro Santos. Os paranaenses só avançavam nos contra-ataques, sem sucesso. Tanto que o confronto permaneceu assim até os 39 minutos. Réver ficou com a bola após bate e rebate, mas finalizou pela linha de fundo.
Nos minutos finais, foi o Atlético-PR que assustou, aos 45 minutos. Sidcley recebeu a bola pela esquerda, passou pelo marcador e finalizou. No entanto, Réver se jogou e conseguiu desviar o chute. Assim, o duelo foi para o intervalo sem alteração no placar.

Segundo tempo

No segundo tempo, o Flamengo voltou com mais intensidade e criou boa chance de marcar logo com um minuto. Após cruzamento pela direita, Guerrero se antecipou a Paulo André e cabeceou com perigo. No minuto seguinte, foi a vez de Fernandinho fazer boa jogada individual, mas ver Otávio salvar os visitantes.
O panorama da partida não mudou e aos sete minutos, os cariocas desperdiçaram sua melhor chance. Guerrero foi lançado, passou por Santos, mas foi impedido de finalizar pela zaga. Quando teve espaço, o peruano chutou prensado, sem perigo.
De tanto insistir, os donos da casa chegaram ao gol aos 16 minutos. Fernandinho ganhou a jogada na linha de fundo e cruzou rasteiro para a área. Mancuello apareceu sozinho e finalizou de letra, sem chance para Santos.
Mesmo após o gol, o Flamengo seguiu melhor em campo. O Atlético-PR não conseguia passar do meio de campo, principalmente por conta da forte marcação carioca. Somente aos 29 minutos, os visitantes incomodaram Alex Muralha em chute de longe de Otávio.
O lance animou o Atlético-PR, que quase empatou aos 33 minutos. Lucas Fernandes pegou rebote e chutou da entrada da área. A bola passou por vários jogadores, o que dificultou a defesa de Alex Muralha.
Na parte final da partida, os visitantes foram para cima em busca do empate e fizeram a zaga flamenguista trabalhar. Na melhor chance do Atlético-PR, Luciano Cabral arriscou de fora da área, mas parou em boa defesa de Alex Muralha. Só que o Flamengo conseguiu segurar a pressão dos paranaenses para saírem de campo com a vitória.

Ficha técnica
Flamengo 1 X 0 Atlético-PR

Local: Estádio Kléber Andrade, em Cariacica (ES)
Data: 6 de agosto de 2016 (Sábado)
Horário: 18h30(de Brasília)
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Celso Luiz da Silva (MG)
Cartões amarelos: Chiquinho e William Arão (Flamengo); Hernani, Santos, Pablo e Léo (Atlético-PR)
GOL
Flamengo: Mancuello, aos 16min do segundo tempo

Flamengo: Alex Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz e Chiquinho; Márcio Araújo, Willian Arão, Federico Mancuello (Cuéllar), Fernandinho (Thiago Santos) e Everton; Paolo Guerrero (Felipe Vizeu)
Técnico: Zé Ricardo

Atlético-PR: Santos, Léo, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Hernani e Vinícius (Lucas Fernandes); Marcos Guilherme (Luciano Cabral), Pablo e Walter (André Lima)
Técnico: Paulo Autuori


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document