Flu e Vasco abrem temporada de clássicos

Por Diário do Vale
55 Visualizações
Fred prefere deixar polêmicas de lado e concentrar apenas no Vasco dentro de campo Foto: Paulo Dimas

Fred prefere deixar polêmicas de lado e concentrar apenas no Vasco dentro de campo
Foto: Paulo Dimas

Rio –

Fluminense e Vasco abrem a temporada de clássicos do Campeonato Carioca neste domingo, às 18h30(de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), pela sexta rodada do Estadual. Os dois times buscam a recuperação após tropeços no meio de semana.

O Tricolor conheceu a sua primeira derrota ao cair por 2 a 1 diante do Volta Redonda, estacionou nos 12 pontos e corre o risco de ser ultrapassado pelo Cruz-Maltino, que vem de empate por 1 a 1 com o Barra Mansa, soma 11 pontos e aparece fora do G-4, a zona de classificação para as semifinais.

A rivalidade deste jogo sempre foi alta e aumentou ainda mais com o fato de os dois clubes estarem brigando pelo lado direito das arquibancadas do Maracanã. O Vasco, por ter sido o primeiro campeão estadual na era do estádio, sempre viu sua torcida ocupar o setor, o que mudou com a assinatura do convênio entre o Fluminense e o consórcio que administra o Maracanã. Sem aceitar a mudança de lado o Cruz-Maltino se negou a jogar no estádio, forçando a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) a alterar o local da partida para o campo do Botafogo. Apesar de todo o clima ruim, os jogadores garantem um duelo limpo.

– Acredito que vai ser um jogo muito disputado por conta da rivalidade, já tradicional entre os clubes. Mas vai ser um jogo limpo, jogado dentro de campo e com os dois times chegando em igualdade de condições – disse o volante Jean.

O volante Serginho entende, porém, que o jogo ganhou em emoção por conta do tropeço dos dois times no meio de semana.

– Realmente a expectativa era de que Vasco e Fluminense chegassem a este clássico vindo de triunfos. Mas isso não aconteceu e os dois precisam do resultado para não ficarem em situação delicada. Portanto, o grau de dificuldade aumentou consideravelmente – disse Serginho.

Os tricolores pensam de maneira parecida.

– Claro que a gente não contava com esse resultado diante do Volta Redonda. Porém, ele vai servir para ajudar a nossa equipe amadurecer. Nós perdemos pontos importantes e que a gente contava em conquistar. Portanto, vamos precisar recuperá-los em algum momento, e isso tem que acontecer nos clássicos. Esse próximo jogo contra o Vasco, que já seria de grande importância, será ainda mais fundamental por conta desse tropeço no meio de semana. É importante recuperarmos rapidamente esses pontos para voltarmos a ficar em uma situação um pouco mais confortável na tabela de classificação – disse Fred.

Apesar de ambos entenderem que precisam recuperar os pontos perdidos no meio de semana, os vascaínos pregam a tranquilidade como principal arma.

– Nós precisamos fazer um jogo tecnicamente e taticamente muito bem feito, pois só assim consegue se ganhar um clássico. Para atingirmos esse grau de atuação é importante termos tranquilidade, valorizarmos a posse de bola e sabermos a hora certa de matar a partida – disse o técnico Doriva.

Em termos de escalação as duas equipes seguem indefinidas. No Fluminense do técnico Cristóvão Borges, o volante Edson, com entorse no joelho esquerdo, e o meia Wágner, com dores no tornozelo esquerdo, são dúvidas e serão reavaliados. Se o primeiro não jogar, Rafinha ganhará uma oportunidade, enquanto que, na ausência do segundo, nada muda e Marlone permanece com a camisa titular. O zagueiro Guilherme Mattis, com lesão no joelho direito, foi vetado mais uma vez, porém, dessa vez não deverá ser substituído por João Filipe, que foi mal contra o Volta Redonda. Victor Oliveira, assim, deverá atuar.

Pelo lado do Vasco, o lateral-direito Madson, recuperado de estiramento na coxa esquerda, fica à disposição, mas Nei deverá seguir entre os titulares. Os dois disputam posição. Sem contar com Bernardo, expulso contra o Barra Mansa, Doriva deve promover a entrada no ataque do paraguaio Julio dos Santos ou de Rafael Silva. O artilheiro Gilberto, contratado junto ao Toronto, do Canadá, teve a documentação regularizada, porém vai começar o encontro no banco de reservas.

FLUMINENSE X VASCO

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Horário: 18h30(de Brasília)

Árbitro: Luis Antônio Silva dos Santos (RJ)

Auxs: Wagner de Almeida Santos (RJ) e Gilberto Stina Pereira (RJ)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Henrique, Victor Oliveira e Giovanni; Edson (Rafinha), Jean, Marlone (Wágner) e Robert; Lucas Gomes e Fred

Técnico: Cristovão Borges

VASCO: Martín Silva, Nei (Madson, Luan, Anderson Salles e Christiano; Pablo Guiñazu, Serginho, Marcinho e Santiago Montoya; Thalles e Julio dos Santos (Rafael Silva)

Técnico: Doriva

Advertisement

VOCÊ PODE GOSTAR

1 Comentário

EDIGAR SILVA 22 de fevereiro de 2015, 20:31h - 20:31

Este Cristóvão, técnico de segunda linha, acaba de levar 1 x 0 do Vasco e já vai dando adeus ao título carioca. Com este time e este cara no comando, não tenham dúvidas, iremos para a segundona no Brasileiro. Quem viver verá…

Comments are closed.

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

 

(24) 99926-5051 – Jornalismo

 

(24) 99234-8846 – Comercial

 

(24) 99234-8846 – Assinaturas

Canal diário do vale

colunas

© 2023 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996