;
domingo, 29 de novembro de 2020 - 03:57 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Fluminense aposta na movimentação para vencer

Fluminense aposta na movimentação para vencer

Matéria publicada em 6 de março de 2015, 22:23 horas

 


Rio 
O Fluminense segue se preparando para o clássico deste domingo, às 18h30(de Brasília), contra o Botafogo no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), pela oitava rodada do Campeonato Carioca. Ao longo da semana o técnico Cristóvão Borges ficou estudando a maneira de jogar do adversário, que vai entrar em campo embalado pela vitória de 1 a 0 sobre o Flamengo.
O comportamento do Botafogo no jogo de domingo passado e ao longo da competição chamou a atenção do treinador do Fluminense. Principalmente pela qualidade da marcação. Sendo assim, o Tricolor aposta na velocidade para conseguir ganhar.
– O Botafogo tem um esquema defensivo bem definido, com dois volantes de pegadas e sabe se fechar bem. Dificultou a vida do Flamengo na semana passada e com certeza vai jogar bem fechado contra o Botafogo, tentando explorar os contra-ataques. Se isso se confirmar vamos ter que tomar a iniciativa do confronto e vamos precisar de muita velocidade e muita movimentação na frente;. Não podemos aceitar a marcação que eles vão procurar nos impor – avisou Cristóvão Borges.
O volante Jean tem o mesmo pensamento.
– Acredito em um jogo que quem jogar com velocidade na recomposição e na ida ao ataque vai conseguir conquistar os três pontos. O Fluminense não pode aceitar a marcação do Botafogo, senão vamos cair em alguns erros típicos de quem perde clássicos, como ficar explorando apenas os chuveirinhos e lançamentos sem objetividade. Temos condições, pela característica de nossos jogadores, de jogarmos impondo um ritmo forte, de velocidade, com recomposição, troca de passes. Enfim, podemos impor nosso estilo – disse Jean.
Na manhã desta sexta-feira, em mais uma atividade tática em que cobrou muita movimentação de seus jogadores, Cristóvão Borges definiu a escalação para o clássico. O treinador vai promover a entrada do zagueiro Marlon, recuperado de uma cirurgia que se submeteu após fraturar o nariz defendendo a Seleção Brasileira no Sul-Americano Sub-20.
Pior para Victor Oliveira, barrado. Outro que deixa o time é Vinicius, sacado para o retorno do volante Edson, que cumpriu suspensão na vitória sobre o Resende. Sendo assim o Fluminense vai a campo neste domingo com a seguinte escalação: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Henrique, Marlon e Giovanni; Edson, Jean, Gerson e Wágner; Kenedy e Fred.
A nota triste do treino e que gera preocupação foi que o zagueiro Guilherme Mattis machucou o joelho direito e passou a ser dúvida. O jogador, que seria relacionado para ficar como opção no banco de reservas, será reavaliado. A situação pode agilizar que Gum, que se recupera de uma cirurgia de apendicite, seja relacionado. O jogador já vem trabalhando com bola. Neste sábado os jogadores do Fluminense participam de um recreativo na parte da manhã e em seguida começa o período de concentração para o clássico.
Fora de campo a possibilidade de uma troca com o Santos envolvendo os atacantes Walter e Thiago Ribeiro foi descartada. Além do atacante santista não estar disposto a se transferir para o Rio de Janeiro, o principal incentivador do negócio, o técnico Enderson Moreira foi demitido do clube santista na tarde de quinta-feira. Os dois tinham trabalhado juntos no Goiás.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Olhem bem o que está escrito: “Cristóvão estudando”. Como? O homem dos neurônios estáticos? Vai levar um nó tático do Renê Simões, e se perder o jogo, começa a balançar na corda bamba.

Untitled Document