sábado, 31 de julho de 2021 - 02:14 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Fluminense e Grêmio ficam no empate pela Copa do Brasil

Fluminense e Grêmio ficam no empate pela Copa do Brasil

Matéria publicada em 24 de setembro de 2015, 00:05 horas

 


Confronto de tricolores teve poucos lances de brilho e um placar sem alteração no Maracanã

Truncado: jogo foi com baixo nível técnico e muito parado por jogadas ríspidas

Truncado: jogo foi com baixo nível técnico e muito parado por jogadas ríspidas (Foto: Divulgação)


Rio – 
Em partida de baixo nível técnico, Fluminense e Grêmio empataram sem gols, na noite desta quarta-feira, no Maracanã, no jogo de ida das quartas de final, da Copa do Brasil. Os dois times voltam a jogar na próxima semana, em Porto Alegre, e um empate com gols classificará o Tricolor das Laranjeiras. O Grêmio precisa de uma vitória simples para seguir na competição.

O nível do jogo foi decepcionante. Os dois times se preocuparam mais em truncar as ações do que procurar um resultado positivo. O resultado fez o Fluminense chegar ao oitavo jogo seguido sem vitórias e sair de campo vaiado por parte da torcida. Ronaldinho Gaúcho entrou durante a segunda etapa, mas não conseguiu aparecer. .

O jogo

A partida começou truncada por causa do excesso de marcação por parte das duas equipes. A primeira finalização aconteceu aos quatro minutos quando Gustavo Scarpa arriscou, de fora da área, e a bola encobriu o travessão defendido por Marcelo Grohe. A resposta gaúcha veio em chute de Bobô que Diego Cavalieri defendeu sem problemas.

O Tricolor das Laranjeiras marcava a saída de bola do adversário e criou uma boa chance aos sete minutos quando Wellington Silva cruzou e o goleiro Marcelo Grohe soltou a bola e quase permitiu que Marcos Junior apanhasse o rebote, mas o goleiro conseguiu se recuperar.

A partir dos dez minutos, o Grêmio também passou a apertar a marcação, tornando o jogo muito equilibrado. Aos 14 minutos, após cruzamento de Léo Pelé na área, Fred desviou e Gerson bateu, de voleio, mas Marcelo Grohe fez a defesa.

O jovem Léo Pelé era a melhor opção de ataque da equipe carioca. Aos 16 minutos, ele cruzou fechado, Marcelo Grohe tirou de soco e Gerson apanhou o rebote e chutou para Marcelo Grohe defender outra vez. Aos 21 minutos, Gerson arrancou em direção ao gol e foi empurrado por Walace na entrada da área. Cícero bateu e a bola explodiu na barreira.

O jogo continuou muito truncado, com as duas equipes apelando seguidamente para as faltas. Em dividida na área gremista, Fred rasgou a camisa de Erazo e o equatoriano foi obrigado a deixar o campo para vestir uma camisa nova. Aos 31 minutos, o time dirigido por Roger trocou passes rápidos e Marcelo Oliveira cruzou, mas Marlon salvou, desviando para escanteio.

Aos 37 minutos, Pierre errou na saída de bola e Douglas assustou com um chute cruzado, mas a bola saiu, levando perigo ao gol de Diego Cavalieri. O Fluminense só voltou a incomodar aos 40 minutos em chute longo de Gerson que encobriu o travessão.

Aos 43 minutos, Giuliano fez ótima jogada pela esquerda e tocou para Luan que bateu para o gol. No meio do caminho, Bobô meteu a cabeça e a bola passou muito perto da trave esquerda defendida por Diego Cavalieri. Os dois times voltaram para a segunda etapa com o mesmo espírito do primeiro tempo; marcação cerrada e muitas faltas. Aos seis minutos, o Grêmio criou a primeira oportunidade em cruzamento fechado de Luan que Bobô desviou, mas a bola saiu, com grande perigo.

O Fluminense tinha mais posse de bola e tentava pressionar, apoiado pela torcida, mas a equipe gaúcha se defendia bem. Aos 13 minutos, depois de boa jogada de Gerson, Gustavo Scarpa bateu de efeito e a bola subiu muito.

O nível da partida piorou muito por volta dos 20 minutos por causa dos seguidos erros de passes. Nenhum time conseguia se organizar dentro de campo.

Aos 25 minutos, em cobrança de falta do lado direito da grande área, Gustavo Scarpa tentou surpreender Marcelo Grohe, mas a zaga aliviou.

Logo depois, o técnico Eduardo Baptista colocou Ronaldinho Gaúcho em campo, no lugar de Marcos Junior. Aos 29 minutos, Luan lançou Galhardo que penetrou pela direita e cruzou rasteiro, mas a zaga carioca salvou.

O jogo seguiu sem apresentar lances de emoção, com os dois times errando muitos passes e não conseguindo criar lances de perigo para os goleiros.

O Grêmio ainda colocou a bola nas redes aos 43 minutos, mas Marcelo Oliveira estava completamente impedido.

 

FLUMINENSE 0 X 0 GRÊMIO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Horário: 22h (de Brasília)
Público: 9.637 presentes
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (Fifa-SP)
Auxs: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP)
Cartão Amarelo: Fred, Pierre, Edson(Flu);Walace, Erazo(Gre)
FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Wellington Silva(Edson), Marlon, Gum e Léo Pelé; Pierre, Cícero,  Gustavo Scarpa (Osvaldo) e Gerson: Marcos Junior(Ronaldinho Gaúcho)  e Fred
Técnico: Eduardo Baptista
GRÊMIO: Marcelo Grohe, Galhardo, Rafael Thyere, Erazo e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon(Edinho), Giuliano, Douglas(Yuri Mamute) e Luan; Bobô(Fernandinho)
Técnico: Roger Machado

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Em se tratando do Grêmio, que somos fregueses de caderno, o empate 0x0 foi bom. E continuamos sem ganhar…

  2. As manchetes envolvendo Vasco, Fluminense, Botafogo e Flamengo estão por todo lado. Páginas da UOL, BOL …. G1…. etc… Já as Matérias do Voltaço não aparecem. Por que não valorizar nosso Voltaço???? Vamos divulgar as matérias do VOLTAÇO…. É o time de nossa Cidade…. Quem quer ler sobre os quatro grandes do Rio certamente não vão procurar por aqui….

Untitled Document