domingo, 24 de outubro de 2021 - 21:43 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Fluminense empata fora de casa e segue a um ponto do G-6

Fluminense empata fora de casa e segue a um ponto do G-6

Matéria publicada em 20 de setembro de 2021, 22:16 horas

 


Cuiabá – Jogando fora de casa, na Arena Pantanal, o Fluminense foi superior o tempo todo e chegou a abrir 2 a 0, com gols de Luiz Henrique e Bobadilla, mas, após ter um gol anulado pelo VAR, ficou no empate em 2 a 2 com o Cuiabá, na noite desta segunda-feira, dia 20. Com o resultado do jogo válido pela 21ª rodada, o Tricolor foi a 29 pontos e se mantém na cola do G-6. A equipe encerra a rodada no oitavo lugar, mas a apenas um ponto do primeiro time na zona de classificação para a Libertadores.

Na próxima rodada, no domingo que vem, dia 26, o Fluminense volta ao Maracanã para enfrentar o Red Bull Bragantino, às 16h, em confronto direto por uma vaga na competição continental. A equipe do interior paulista está no quinto lugar da tabela de classificação, com 33 pontos.

Primeiro tempo

A primeira chegada do Fluminense ao ataque aconteceu logo aos 3 minutos, quando Danilo Barcelos cobrou escanteio pelo lado esquerdo e Bobadilla cabeceou no meio do gol para defesa segura do goleiro. A pressão tricolor seguiu e surtiu efeito no lance seguinte. Luiz Henrique recebeu pela direita, conduziu, cortou a marcação e soltou a bomba de fora da área. A bola entrou no ângulo, abrindo o placar para o Tricolor na Arena Pantanal. Um golaço do Moleque de Xerém! O Tricolor seguiu dominando as ações até conseguir ampliar o marcador. Aos 19 minutos, Danilo Barcelos, tabelou, desceu pelo lado esquerdo e cruzou na medida para Bobadilla, que, agora sim, cabeceou com muita categoria para o fundo das redes.

Na sequência, aos 21, o árbitro assinalou pênalti para o Cuiabá. Jonathan Cafú cobrou bem, sem chances para Marcos Felipe, e descontou. O Fluminense tentou responder rapidamente. Aos 24 minutos, Caio Paulista fez fila e foi derrubado na intermediária. Danilo cobrou a falta e Luccas Claro desviou pela linha de fundo. Aos 44, o Flu abafou e pressionou em busca do terceiro gol, mas acabou parando na defesa adversária.

Segundo tempo

A primeira chegada do Fluminense ao ataque aconteceu logo aos 3 minutos, quando Danilo Barcelos cobrou escanteio pelo lado esquerdo e Bobadilla cabeceou no meio do gol para defesa segura do goleiro. A pressão tricolor seguiu e surtiu efeito no lance seguinte. Luiz Henrique recebeu pela direita, conduziu, cortou a marcação e soltou a bomba de fora da área. A bola entrou no ângulo, abrindo o placar para o Tricolor na Arena Pantanal. Um golaço do Moleque de Xerém! O Tricolor seguiu dominando as ações até conseguir ampliar o marcador.

Aos 19 minutos, Danilo Barcelos, tabelou, recebeu de volta, desceu pelo lado esquerdo e cruzou na medida para Bobadilla, que, agora sim, cabeceou com muita categoria para o fundo das redes. Na sequência, aos 21, o árbitro assinalou pênalti para o Cuiabá. Jonathan Cafú cobrou bem, sem chances para Marcos Felipe, e descontou. O Fluminense tentou responder rapidamente. Aos 24 minutos, Caio Paulista fez fila e foi derrubado na intermediária. Danilo cobrou a falta e Luccas Claro desviou pela linha de fundo.

O time seguiu atacando em busca do gol da vitória, que poderia ter saído aos 40. Lucca enfiou bola para John Kennedy, que bateu cruzado rente à trave. Mas o Fluzão não desistiu. Aos 44, Arias recebeu de Yago, se livrou da marcação e soltou a bomba, mas o goleiro espalmou para escanteio. Após a cobrança do tiro de canto, John Kennedy arriscou um voleio e a bola passou perto do travessão. Aos 51, Cazares cobrou falta com categoria e a passou pertinho do travessão. E o Fluminense ainda teve uma última chance, após Lucca desviar de cabeça bom cruzamento de Marlon.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro – 21ª rodada
20/09/2021, 20h – Arena Pantanal

Cuiabá (2)
Walter; Lucas Ramon (João Lucas), Marllon, Paulão e Uendel; Auremir (Uillian Correia), Camilo (Pepê) e Rafael Gava (Cabrera); Jonathan Cafú, Felipe Marques e Rafael Papagaio (Gustavo Nescau). Técnico: Jorginho

Fluminense (2)
Marcos Felipe; Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro e Danilo Barcelos (Marlon); Martinelli, Nonato (Cazares) e Yago Felipe; Luiz Henrique (Jhon Arias), Caio Paulista (Lucca) e Bobadilla (John Kennedy). Técnico: Marcão

Gols: Jonathan Cafú (21′ 1T) (CUI); Luiz Henrique (4′ 1T), Bobadilla (19′ 1T) (FLU)

Cartões amarelos: Rafael Papagaio, Cabrera (CUI); Nonato, Lucca (FLU)

Cartão vermelho: Marllon (CUI)

Arbitragem: Ramon Abatti Abel (SC), auxiliado por Henrique Neu Ribeiro (SC) e Éder Alexandre (SC)


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Time prego. Não foi capaz de segurar a vitória perante um time fraquíssimo desse…

Untitled Document