quarta-feira, 23 de junho de 2021 - 05:47 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Fluminense: Gum vira dúvida contra o Boavista

Fluminense: Gum vira dúvida contra o Boavista

Matéria publicada em 25 de março de 2016, 22:05 horas

 


Sentindo dores no ombro esquerdo, defensor foi poupado das atividades realizadas ontem nas Laranjeiras

Plano B: Caso Gum seja vetado, Levir deve escalar Marlon (à esquerda), formando dupla com Henrique (Foto: Divulgação/Fluminense F.C)

Plano B: Caso Gum seja vetado, Levir deve escalar Marlon (à esquerda), formando dupla com Henrique (Foto: Divulgação/Fluminense F.C)

Rio – O técnico Levir Culpi ganhou um problema inesperado e adiou a definição da equipe do Fluminense para a partida de domingo (27), diante do Boavista, nos Los Larios, pela terceira rodada da Taça Guanabara. No treinamento da manhã desta sexta-feira (25), o zagueiro Gum se queixou de dores no ombro esquerdo e foi poupado das atividades realizadas nas Laranjeiras.

O jogador voltará a ser examinado hoje, quando ficará definida a sua participação ou não, no jogo. Caso Gum seja vetado, Marlon vai entrar na zaga, formando dupla com Henrique.

Sem o zagueiro titular, Levir comandou um treinamento tático. Ele dividiu o campo entre atacantes e zagueiros em lados opostos do gramado para treinamentos específicos e depois comandou um mini-coletivo diante dos reservas. O atacante Fred que não enfrentou o Internacional, pela Primeira Liga, por estar cumprindo suspensão, tem retorno confirmado.
A atividade indicou uma possível mudança na formação, já que o comandante tricolor organizou a equipe no 4-4-2, com Cícero e Pierre, juntos de Jonathan, Gerson, Gustavo Scarpa e Osvaldo no meio, com Fred no ataque.

Caso Gum não se recupere, o Fluminense vai enfrentar o Boavista com a seguinte formação: Diego Cavalieri, Jonathan, Marlon, Henrique e Wellington Silva; Pierre, Cícero, Gerson e Gustavo Scarpa; Osvaldo e Fred.
Quem teve uma surpresa ao final do treino foi Diego Cavalieri. O goleiro, herói da classificação do Tricolor na Primeira Liga ao pegar duas cobranças de pênaltis, recebeu a visita de seu filho Enzo, de quatro anos, que brincou com o pai chutando bolas ao gol.

Os treinamentos não antes do confronto do final de semana continuam no sábado, quando o elenco volta ao CT das Laranjeiras para acertar os últimos detalhes para enfrentar o Boavista.

Racha no elenco

Escolhido para conceder a entrevista coletiva após o treinamento, o lateral-direito Jonathan se irritou com uma pergunta formulada por um jornalista sobre um suposto “racha” no elenco tricolor, o que teria ficado mais aparente com o desligamento do meia Diego Souza que pediu para rescindir contrato e voltou para o Sport-PE.
Jonathan afirmou que o próprio Diego Souza já havia dito que sua saída nada teve a ver com o ambiente do clube. Para o lateral, os jogadores do Fluminense estão unidos nas vitórias e derrotas.
– Claro que há mais afinidade com um ou com outro jogador, mas isso é normal em todas as profissões. A imprensa precisa parar de tentar “plantar” coisas no Fluminense. E sei que esse é um pensamento comum no grupo.

Primeira Liga: Final entre Flu e
Furacão muda para o dia 20 de abril

A final da Primeira Liga, entre Fluminense e Atlético-PR, inicialmente marcada para o dia 7 de abril, foi adiada para o dia 20 do mesmo mês, às 21h45 (de Brasília). A decisão foi comunicada na manhã de ontem no site oficial da competição.
A medida foi tomada para evitar conflito com a estreia do Fluminense na Copa do Brasil, que aconteceria no dia 6, contra o Tombense, em Minas Gerais. Será a segunda vez que o Tricolor terá uma partida adiada pela Primeira Liga – a outra ocasião aconteceu na semifinal diante do Inter.
A decisão da primeira edição do campeonato ainda não tem local definido. O estádio Helenão, em Juiz de Fora (MG), é o local favorito para receber o duelo.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document