segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Fluminense pressiona mas não sai do zero com o Sport

Fluminense pressiona mas não sai do zero com o Sport

Matéria publicada em 12 de novembro de 2018, 17:00 horas

 


Rio – O Fluminense recebeu o Sport na noite deste domingo no Maracanã, e não saiu de um empate sem gols com a equipe pernambucana. O confronto foi válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O empate não alterou a posição das duas equipes na tabela. O Flu segue na décima colocação, agora com 41 pontos, seis acima da zona do rebaixamento e seis abaixo do G6. O Sport se manteve na 16ª posição com 37 pontos.

Na próxima rodada o Sport tem um confronto de vida ou morte contra o Vitória, primeira equipe dentro da zona do rebaixamento. A partida será na quarta-feira, na Ilha do Retiro, em Recife. No mesmo dia, o Flu tem uma pedreira pela frente, em São Paulo, diante do líder Palmeiras.

O JOGO

O primeiro tempo no Maracanã foi de amplo domínio do Fluminense. Se por um lado a posse de bola não foi uma grande diferença, com 54 a 46% a favor do Tricolor carioca, o Flu somou 10 finalizações contra apenas uma do Sport. Os números, entretanto, não se traduziram em chances reais de gol para o Fluminense, e o Sport, na única oportunidade que teve, foi quem mais perto chegou de abrir o placar

Nas vezes em que finalizou em gol, o Fluminense ou mandou a bola pela linha de fundo, ou acertou o meio do gol e facilitou o trabalho do goleiro Maílson. O Sport, por sua vez, jogou fechado e buscou os contra-ataques.

O Flu começou o jogo lenvantando a torcida. Aos 2 minutos, Everaldo recebeu na área, dominou e bateu de direita. A bola foi perto do poste direito de Maílson, mas saiu pela linha de fundo.

A pressão carioca foi maior entre os 12 e 20 minutos. Aos 14, Luciano acertou chute de primeira após cruzamento de Igor Julião, mas a bola foi fraca e Maílson defendeu com facilidade.

O mesmo Luciano tentou o chute aos 17, após cruzamento de Ayrton Lucas, e novamente pegou mal na bola e facilitou para o goleiro do Sport.

Aos 19, o lance de maior perigo em favor do Flu. Everaldo cruzou da esquerda e Marcos Júnior pegou de primeira. Maílson defendeu mas deu rebote, e o prórpio Marcos Júnior tentou de bicicleta, mas acertou a rede pelo lado de fora.

Aos 30, outra tentativa que acabou nas mãos de Maílson. Desta vez foi Everaldo que recebeu de Júnior Dutra e chutou no meio do gol.

Quatro minutos depois, o Sport assustou a torcida tricolor. Num contra-ataque rápido da equipe pernambucana, Michel Bastos recebeu na direita, cortou para o meio e acertou belo chute de canhota que explodiu na trave de Júlio César, que só assistia o lance. No rebote, Hernane Brocador quase consegue finalizar para o gol, mas fura e perde.

As duas equipes retornaram sem alterações para o segundo tempo. O Sport deu a impressão de que seria mais ousado, e aos 5 minutos levou perigo. Mateus Gonçalves tabelou com Hernane e levantou no segundo pau, mas Ayrton Lucas se antecipou e cortou para escanteio.

O ímpeto pernambucano ficou nisso e o Flu voltou a assumir o protagonismo no confronto. Porém, como na primeira etapa, errava nas finalizações. Aos 15, foi a vez de Luciano receber de Everaldo e finalizar de perna esquerda. Novamente a bola saiu fraca e Maílson não teve trabalho.

Aos 23, Luciano recebeu na entrada da área pela direita, se livrou da marcação e chutou forte, mas errou o alvo e mandou para fora.

O Sport mostrou que não estava morto aos 35. Gabriel avançou pela esquerda e levantou na área, mirando Jair, mas Digão cortou e cedeu o escanteio.

O Fluminense seguiu pressionando até o fim, e aos 39 a torcida chegou a gritar gol. Ayrton Lucas puxou o jogada pela esquerda e foi derrubado por Claudio Winck. Falta que Danielzinho cobrou e levantou na área. Richar desviou e Luciano, no segundo pau, colocou para dentro. A assistente Tatiane Camargo assinalou o impedimento do atacante tricolor e o árbitro anulou o gol.

FICHA TÉCNICA:
FLUMINENSE-RJ 0 X 0 SPORT-PE

LocaL: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 11 de novembro de 2018, domingo
Hora: 19h (de Brasília)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)
Cartões amarelos: Gabriel, Claudio Winck (Sport)
Renda: R$ 85.355,00
Público: 12.256 presentes (11.630 pagantes)

FLUMINENSE: Júlio César, Igor Julião, Paulo Ricardo, Digão e Ayrton Lucas; Richard, Jadson, Júnior Dutra (Daniel) e Everaldo (Matheus Alessandro); Marcos Júnior (Cabezas) e Luciano
Técnico: Marcelo Oliveira

SPORT: Maílson; Cláudio Winck, Ernando, Adryelson e Raul Prata; Marcão, Jair e Michel Bastos; Gabriel (Neto Moura), Mateus Gonçalves (Rogério) e Hernane (Andrigo)
Técnico: Milton Mendes


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document