quarta-feira, 28 de julho de 2021 - 16:11 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Fluminense recebe o Paysandu tentando encaminhar classificação

Fluminense recebe o Paysandu tentando encaminhar classificação

Matéria publicada em 19 de agosto de 2015, 19:11 horas

 


Rio – O Fluminense recebe o Paysandu nesta quinta-feira, às 19h(de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), em duelo válido pela rodada de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Por ter sido o quinto colocado no último Brasileirão o Tricolor carioca entrou diretamente nesta fase do mata-mata e ele vem em um momento oportuno, onde os cariocas estão embalados pela vitória de 2 a 1 sobre o Figueirense, que valeu a entrada no G-4 do Campeonato Brasileiro, a zona de classificação para a Copa Libertadores.

É justamente o fato de o Fluminense estar disputando duas competições e estar bem no Brasileirão que torna o compromisso diante do Pauysandu ainda mais complicado. Isso porque os tricolores sabem que é importante conseguir um bom resultado neste duelo de ida para não correrem riscos na volta, que acontecerá em Belém (PA), na próxima semana.

– O jogo desta quinta-feira é uma decisão, porque nós sabemos que a partida de volta vai ser muito complicada. Não é nada fácil jogar em Belém, onde a pressão é muito grande. Além disso, a viagem para lá sempre é desgastante e entre dois jogos importantes do Campeonato Brasileiro. Estamos chegando em um momento muito crítico da temporada, onde a sequência de jogos muito importantes acaba exigindo muito mais dos jogadores. Portanto, precisamos conquistar um resultado que nos permita ter alguma tranquilidade no confronto de volta, pois é no Maracanã que temos que construir vantagem – disse o volante Edson.

Além de levar a vantagem para a partida de volta, o Fluminense também entra pressionado pelo fato de ser o favorito. Porém, esse rótulo não chega a ser bem visto nas Laranjeiras por conta da edição passada, quando o time foi goleado pelo América-RN por 5 a 2 no Maracanã e acabou eliminado na terceira fase, mesmo depois de ter feito 3 a 0 na ida. A ideia é não dar espaço para uma zebra com sotaque paraense nesta quinta.

– O que aconteceu no passado sempre vai servir de alerta e precisamos estar atentos. Não conhecemos tão bem o Paysandu, mas sabemos que é um rival que vai dar trabalho – disse o meia Cícero.

O Fluminense está indefinido para este jogo, mas terá mudanças. O goleiro Diego Cavalieri, com uma pubalgia, e o atacante Osvaldo, com dores no músculo posterior coxa esquerda, ficam de fora. Assim, Klever entra no gol e Marcos Junior, que cumpriu suspensão contra o Figueirense, reaparece na frente. Outro que retorna de suspensão é o zagueiro Henrique, que recupera a vaga de Gum.

Pelo lado do Paysandu, que eliminou o Bahia na etapa anterior, o clima é bem menos tranquilo. Isso porque o Papão, mesmo vindo de vitória de 3 a 1 sobre o Oeste, está fora do G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro, a zona de acesso para a elite do futebol nacional. O técnico
Dado Cavalcanti tem evitado se alongar em entrevistas e até mesmo conversar com os jornalistas, fechando boa parte dos treinos da equipe paraense.

O Paysandu tem alguns problemas para este jogo. O volante Fahel, suspenso, cede a vaga a Augusto Recife. O meia Valdívia e o atacante Welinton Junior, que já defenderam outras equipes na Copa do Brasil, não podem atuar, cedendo seus postos a Carlinhos e Aylon, respectivamente. O goleiro Ivan foi barrado para a entrada de Emerson.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE-RJ X PAYSANDU-PA

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 20 de agosto de 2015 (Quinta-feira)
Horário: 19h(de Brasília)
Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)
Assistentes: Eduardo Goncalves da Cruz (MS) e Celso Luiz da Silva (MG)
FLUMINENSE: Klever, Wellington Silva, Gum, Marlon e Gustavo Scarpa; Edson, Jean, Cícero e Ronaldinho Gaúcho; Marcos Junior e Fred
Técnico: Enderson Moreira
PAYSANDU: Emerson, Yago Pikachu, Thiago Martins, Gualberto e João Lucas; Augusto Recife, Ricardo Capanema, Jhonnatan e Carlinhos; Aylon e Leandro Cearense
Técnico: Dado Cavalcanti


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. parabens pelo seu bom trabalho aguardo mais

  2. O negócio é detonar o “Papão da Curuzu” hoje, abrir uma boa margem de gols e entrar fechadinho no Mangueirão,só contra-atacando. Não fazer como ano passado,como o técnico dos neurônios atrofiados Cristóvão fez,meteu 3 x 0 no América RN em Natal e perdeu no Maracanã por 5 x 2, na maior vergonha da história do Fluminense.

Untitled Document