quarta-feira, 28 de julho de 2021 - 18:03 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Fluminense tenta espantar zebra gaúcha para avançar

Fluminense tenta espantar zebra gaúcha para avançar

Matéria publicada em 26 de julho de 2016, 21:00 horas

 


Erechim, RS – O Fluminense visita o Ypiranga nesta quarta-feira, às 21h45(de Brasília), no Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim (RS), pela partida de volta da terceira fase da Copa do Brasil com a missão de afastar a zebra que vem passeando pelo torneio e evitar uma crise.

Após a derrota de 1 a 0 para o Atlético-PR, pelo Campeonato Brasileiro, o Tricolor voltou a ser muito questionado e a qualidade do elenco está colocada à prova. O técnico Levir Culpi vem dando sinais de desgaste e chegou a ameaçar largar o barco. Uma eliminação precoce pode tornar as Laranjeiras um caldeirão.

Para agravar ainda mais a situação, no confronto de ida o Ypiranga arrancou um empate por 1 a 1 no Rio de Janeiro e agora se classifica em caso de 0 a 0, pois os tentos anotados como visitante valem para critério de desempate. Novo 1 a 1 forçará a disputa de pênaltis. Levir Culpi prega a tranquilidade para que o Tricolor atinja seus objetivos nesta Copa do Brasil.

– Não conseguimos contra o Atlético Paranaense o resultado que a gente esperava e nem mesmo o nível de atuação. Porém, queremos a classificação na Copa do Brasil e vamos precisar buscá-la com um trabalho bem feito, procurando encontrar espaços e construir o resultado que nos interessa, mas sem afobação – disse Levir.

Os atletas tricolores mostraram personalidade ao falar do jogo.

– Se nós precisamos ganhar a partida de volta é responsabilidade nossa, pois poderíamos ter tido um melhor resultado na ida e não conseguimos, quando jogamos em casa. Agora só nos resta fazer o que se espera de um time com a tradição do Fluminense. Ir a campo, pressionar e buscar a vitória ao longo dos noventa minutos. Vamos encontrar dificuldades, mas podemos atingir nosso objetivo. Respeitamos o Ypiranga, que tem qualidade e mostrou isso, mas sabemos que o queremos nesta partida – disse o zagueiro Henrique, um dos líderes do atual elenco e homem de confiança de Levir Culpi.

Em termos de escalação, Levir vai fazer algumas mudanças em relação ao jogo contra o Furacão. O zagueiro Gum, com desgaste muscular, será preservado e Renato Chaves assume o posto. O meia Maranhão e o atacante Samuel, que defenderam outros clubes na Copa do Brasil, ficam de fora, cedendo seus lugares, respectivamente, para Gustavo Scarpa, recuperado de lesão na perna direita, e Henrique Dourado, que vai estrear. O meia paraguaio Alexis Rojas e o atacante Wellington Silva serão relacionados e podem entrar no decorrer da partida.

Pelo lado do Ypiranga, o técnico Leocir Dal’Astra quer ver seus comandados com atitude.

– Podemos conseguir a classificação porque vamos jogar em casa e conquistamos um belo resultado como visitantes. Mas para isso vamos precisar mostrar a atitude de quem deseja seguir na competição. Não podemos nos intimidar com o Fluminense e temos que jogar de igual para igual, como conseguirmos fazer na partida de ida. Naquele jogo poderíamos ter vencido e quero o mesmo nível de exibição agora – disse o treinador.

O Ypiranga tem um desfalque para essa partida. O meia Marcelo Labarthe não vai poder participar desta partida porque já defendeu a Portuguesa na Copa do Brasil. Com isso, Raphael Alemão deve ganhar uma oportunidade entre os titulares, o que tornaria o time mais ofensivo. O restante do time manterá a base que empatou sem gols com o Juventude, no fim de semana, resultado que levou a equipe de Erechim ao sétimo lugar do Grupo B da Série C do Campeonato Brasileiro.

 

YPIRANGA-RS X FLUMINENSE-RJ

Local: Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim (RS)
Horário: 21h45(de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Assistentes: Rogério Pablos Zanardo (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
YPIRANGA: Carlão, Márcio, Negretti, Carlos Farias e Sander; Robson, Mikael, Danilinho e Raphael Alemão; Túlio Renan e João Paulo
Técnico: Leocir Dal’Astra
FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Wellinton Silva, Renato Chaves, Henrique e William Matheus; Douglas, Cícero, Gustavo Scarpa, Marcos Júnior e Richarlison; Henrique Dourado
Técnico: Levir Culpi


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document