segunda-feira, 24 de junho de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Fluminense vence e segue na disputa da Sul-Americana

Fluminense vence e segue na disputa da Sul-Americana

Matéria publicada em 21 de março de 2019, 21:34 horas

 


Antofagasta(Chile) – O Fluminense garantiu a classificação para a segunda fase da Copa Sul-Americana ao derrotar o Antofagasta, do Chile, por 2 a 1, em partida disputada na noite desta quinta-feira, no Estádio Bicentenario Calvo y Bascuñán, em Antofagasta. No jogo de ida, os dois times empataram sem gols no Maracanã. Os gols do Fluminense foram marcados por Everaldo e Luciano. O time tricolor ainda desperdiçou a cobrança de um pênalti executada por Luciano quando o jogo estava empatado.
O resultado espelhou o andamento da partia. Mais bem dotado tecnicamente, o Tricolor das Laranjeiras controlou as ações durante os 90 minutos e não se abalou com a presença da torcida chilena. O Antofagasta mostrou muita vontade, mas faltou qualidade técnica para pretender um futuro melhor na competição sul-americana.
O jogo –  O Fluminense iniciou a partida tentando trocar passes, enquanto o Antofagasta buscava marcar a saída de bola da equipe brasileira. Aos dois minutos, Fierro bateu falta e Rodolfo defendeu sem dificiuldades. O Fluminense chegou com perigo, pela primeira vez,  aos sete minutos, quando Airton fez ótimo passe para Everaldo e a tentativa do atacante fazer a bola chegar a Yony González acabou interceptada pela zaga chilena.
Aos dez minutos, Everaldo foi lançado na corrida, mas Fierro se recuperou e conseguiu desarmar o atacante tricolor antes da conclusão.
O time dirigido por Fernando Diniz ficava mais tempo com a bola e aumentava a pressão sobre o Antofagasta que recorria aos lançamentos para tentar chegar na defesa brasileira.
Aos 13 minutos, Yony González foi lançado na área, mas teve seu chute bloqueado e a bola ficou fácil para o goleiro Hurtado.
Aos 17 minutos, o Tricolor das Laranjeiras marcou o primeiro gol. Airton desarmou um adversário e lançou Yony González. O colombiano deu um passe preciso para Everaldo, mesmo desequilibrado, concluir no canto direito de Hurtado.
Só aos 23 minutos é que a equipe chilena chegou na área tricolor com um chute de Jason Flores que foi defendido por Rodolfo.
Dois minutos depois, o Antofagasta empatou. Gilberto  perdeu a bola no meio-campo e Peñallilo investiu pela esquerda e cruzou para Figueroa que escorou para a conclusão de Jason Flores.
A partida ficou mais equilibrada. Aos 35 minutos, Caio Henrique bateu falta, a zaga desviou e a bola sobrou para Gilberto que levantou para a cabeçada de Yony González, mas a bola saiu.
O time da casa respondeu aos 40 minutos com uma ótima jogada individual de Felipe Flores que se livrou de Gilberto e Airton e bateu cruzado, mas nenhum dos companheiros chegou para completar.
Os dois times voltaram sem mudanças para o segundo tempo. E o Fluminense foi o primeiro a criar uma jogada de perigo, logo no primeiro minuto. Gilberto cruzou e Yony González cabeceou em cima do goleiro Hurtado que se atrapalhou e quase deixou a bola entrar.
Aos cinco minutos, o Fluminense perdeu ótima chance para desempatar. Caio Henrique fez ótimo lançamento para Yony González que, livre na área, bateu por cima do travessão.
A chance do Antofagasta veio aos oito minutos. Fierro levantou na área e Delfino cabeceou para fora quando tinha tudo para marcar. Logo depois, o zagueiro Frazan sentiu uma lesão e pediu para sair. Paulo Ricardo entrou em seu lugar.
Aos 17 minutos, o Fluminense desperdiçou uma chance incrível de passar à frente do marcador. O zagueiro Matheus Ferraz foi deslocado na área e o árbitro marcou pênalti. Luciano bateu e Hurtado fez a defesa.
Mais animado, o time chileno partiu para buscar o segundo gol e o goleiro Rodolfo fez boa defesa em conclusão de Felipe Flores. O Fluminense respondeu, aos 21 minutos, com um chute perigoso de Everaldo.
Aos 23 minutos, o Fluminense desempatou. Após ótima troca de passes, a bola ficou com Yony González que cruzou para a entrada de Luciano. O atacante se antecipou aos zagueiros e tocou para as redes chilenas;
O técnico Gerardo Ameli tentou dar mais força ofensiva ao seu time e trocou o lateral Fierro pelo atacante Balboa.
Aos 30 minutos, Paulo Ricardo evitou o empate, ao desviar chute perigoso de Jason Flores.
A equipe dirigida por Fernando Diniz passou a administrar a vantagem, adotando um ritmo mais lento para segurar o ímpeto do adversário.
Precisando de dois gols para virar a partida e conseguir a classificação, o Antofagasta partiu para a pressão nos últimos minutos, mas esbarrou na própria limitação técnica.
O Fluminense seguiu tocando a bola, sem procurar dar chances ao adversário de tentar mudar a sorte da partida. E ainda desperdiçou duas boas chances nos acréscimos, com Gilberto e Luciano que concluíram mal quando tinham tudo para anotar o terceiro gol.
FICHA TÉCNICA
ANTOFAGASTA-CHI 1 X 2 FLUMINENSE-BRA
Local: Estádio Bicentenario Calvo y Bascuñán, em Antofagasta (Chile)
Data: 21 de março de 2019 (Quinta-feira)
Horário: 19h15(de Brasília)
Árbitro: Wilmar Roldán (Colômbia)
Assistentes: Alexander Guzmán (Colômbia) e John Alexander León (Colômbia)
Cartão Amarelo: Sandova, Felipe Flores, Delfinol(Anto); Frazan, Bruno Silva, Luciano, Everaldo(Flu)
Gols:
ANTOFAGASTA: Jason Flores, aos 25 minutos do primeiro tempo
FLUMINENSE: Everaldo, aos 17 minutos do primeiro tempo; Luciano, aos 23 minutos do segundo tempo
ANTOFAGASTA: Hurtado,  Fierro(Balboa), Asta-Buruaga, Delfino e Peñailillo; Collao(Blanco), Shultz,  Sandoval e Jason Flores; Figueroa e Felipe Flores(Bello)
Técnico: Gerardo Ameli
FLUMINENSE: Rodolfo, Gilberto, Matheus Ferraz, Frazan(Paulo Ricardo) e Caio Henrique; Aírton, Bruno Silva e Daniel(Marlon); Luciano, Everaldo(Ezequiel) e Yony González
Técnico: Fernando Diniz

Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document