sábado, 4 de dezembro de 2021 - 02:17 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Fluminense vence o Athletico-PR fora de casa e se aproxima do G-6

Fluminense vence o Athletico-PR fora de casa e se aproxima do G-6

Matéria publicada em 17 de outubro de 2021, 18:14 horas

 


Na próxima rodada o Tricolor terá o clássico contra o Flamengo, sábado, no Maracanã

Foto: Mailson Santana/FFC
Flu supera o Athletico-PR e agora vai enfrentar o arquirrival Flamengo

 

Curitiba – Mesmo jogando fora de casa, na Arena da Baixada, em Curitiba, o Tricolor mostrou porque segue forte na briga por uma vaga na próxima Libertadores. Na tarde deste domingo (17/10), com um gol contra de Zé Ivaldo, a equipe do técnico Marcão levou a melhor no importante confronto direto com o Athletico-PR por 1 a 0 e se aproximou do G-6, ultrapassando o adversário na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro.

O resultado levou o Fluminense a 36 pontos, e a equipe ainda tem um jogo a menos em relação aos adversários, já que o duelo com o Santos, pela 23ª rodada, foi adiado. No próximo sábado (23/10), às 19h, o Time de Guerreiros volta ao Maracanã para disputar o clássico contra o Flamengo, pela 28ª rodada da competição. A reportagem é da assessoria de Comunicação do Fluminense.

 

Primeiro tempo

 

A partida começou em ritmo lento, com as duas equipes trocando passes no meio-campo e se estudando bastante. Aos poucos o Fluminense foi se soltando e se lançando ao ataque. Aos 28 minutos, André descolou um lindo lançamento para Caio Paulista, que acabou travado na hora da finalização. No lance seguinte foi a vez do próprio André chegar na frente. Ele recebeu a bola na intermediária, ajeitou e soltou a bomba, mas o goleiro conseguiu fazer a defesa.

Após acelerar o ritmo, o Tricolor abriu o placar aos 33 minutos. David Braz atuou como armador e conseguiu um belo passe para Samuel Xavier, que cruzou na área e Zé Ivaldo marcou contra. Quem apareceu muito bem aos 38 minutos foi o goleiro Marcos Felipe, que fez uma defesa espetacular em finalização de dentro da área. Um minuto depois o Fluminense voltou a levar perigo. Arias acionou John Kennedy na direita, o Moleque de Xerém carregou, cortou a marcação e chutou, mas a bola explodiu na defesa e saiu em linha de fundo. Após a cobrança do escanteio, Luiz Henrique subiu mais alto do que todo mundo e cabeceou para fora.

 

Segundo tempo

 

Logo aos 2 minutos da segunda etapa o árbitro marcou pênalti em cima de John Kennedy, mas o VAR assinalou um impedimento muito duvidoso do atacante tricolor, que estava na mesma linha que o defensor. Aos 22, Nino lançou uma linda bola para John Kennedy na ponta direita, o garoto rolou para trás e André chutou firme de fora da área, mas o goleiro Santos espalmou para o lado. No minuto seguinte foi a vez de Martinelli arriscar de longe, mas a finalização saiu por cima do travessão. Aos 46, Lucca cobrou falta com veneno na área buscando Abel Hernández, mas o goleiro conseguiu sair para fazer o corte. Aos 48 quase saiu o segundo gol tricolor. Após nova cobrança de falta na área, Manoel conseguiu desviar com o pé direito e a bola passou rente à trave.

 

FICHA TÉCNICA

 

Campeonato Brasileiro – 27ª rodada

17/10/2021, 16h – Arena da Baixada

 

Athletico-PR (0)

Santos; Nico Hernández (Jaderson), Zé Ivaldo e Lucas Fasson; Khellven, Christian, Richard (Márcio Azevedo), Pedrinho (Erick) e Carlos Eduardo (Jader); Pedro Rocha e Bissoli (Vinicius Mingotti). Técnico: Alberto Valentim

 

Fluminense (1)

Marcos Felipe; Samuel Xavier, Nino (Manoel), David Braz e Marlon; André, Yago Felipe (Nonato) e Jhon Arias (Martinelli); Luiz Henrique (Lucca), Caio Paulista e John Kennedy (Abel Hernández). Técnico: Marcão

 

Gol: Zé Ivaldo (contra, 33′ 1T) (FLU)

 

Cartões amarelos: Lucas Fasson, Nico Hernández (CAP); Jhon Arias (FLU)

 

Arbitragem: Felipe Fernandes de Lima (MG), auxiliado por Guilherme Dias Camilo (FIFA-MG) e Ricardo Junio de Souza (MG)


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Bela vitória do Fluzão. Tenho certeza que o Tricolor das Laranjeiras vai terminar o Brasileirão na frente do Flamengo.

Untitled Document