segunda-feira, 22 de abril de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Inter joga mal, fica no empate contra o Flu e está na Série B

Inter joga mal, fica no empate contra o Flu e está na Série B

Matéria publicada em 11 de dezembro de 2016, 19:10 horas

 


Resultado de 1 a 1 decretou o rebaixamento inédito do Internacional à segunda divisão do Brasileirão em 2017

Destaques jovens: Douglas, do Fluminense, comemora o gol marcado com um abraço em Wellington (Foto: Mailson Santana/Fluminense F.C)

Destaques jovens: Douglas, do Fluminense, comemora o gol marcado com um abraço em Wellington (Foto: Mailson Santana/Fluminense F.C)

Mesquita – O Inter tinha uma difícil missão neste domingo (11), vencer o Fluminense e ainda torcer por tropeços de Vitória e Sport, mas não conseguiu nem fazer a sua parte. Na rodada final do Campeonato Brasileiro, o Colorado gaúcho atuou muito mal e não saiu de um empate em 1 a 1 contra o Fluminense, no Estádio Giulite Coutinho, em Mesquita (RJ). Os dois gols saíram no segundo tempo: Douglas abriu o placar para o Flu, e Gustavo Ferrareis empatou para o Inter.

O empate decretou o rebaixamento inédito do Internacional à segunda divisão do Brasileirão em 2017.
O Inter fechou a competição na 17ª colocação, com 43 pontos em 38 rodadas. Foram 11 vitórias, 10 empates e 17 derrotas. Já o Flu ficou em 13º com 50 pontos.

Primeiro tempo

Apesar do forte calor na Baixada Fluminense, o duelo em Mesquita começou movimentado. O Inter, como era esperado, tomou a iniciativa no início do primeiro tempo, e com apenas dois minutos já assustou a meta Tricolor.

Vitinho avançou pela esquerda, penetrou na área e cruzou rasteiro. Valdívia recebeu, encarou a marcação e chutou cruzado, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Passada a pressão inicial, o Fluminense começou a controlar melhor o jogo e, com Gustavo Scarpa com liberdade, passou a levar mais perigo para a defesa Colorada. Aos 13, o ataque Tricolor trabalhou bem a bola, com tabela entre Wellington e Douglas, que terminou no passe preciso para Scarpa livre pelo meio da área. O 10 do Flu bateu de primeira e Danilo Fernandes fez grande defesa e mandou para escanteio.

Com o crescimento do Flu, o Inter mostrava nervosismo e até uma certa apatia. Os comandados de Lisca tentavam manter o domínio da posse de bola, mas partiam pouco ao ataque.

Aos 18, Scarpa lançou Henrique Dourado, que cruzou, mas a defesa cortou e mandou para fora. Na cobrança, Richarlison cabeceou para fora.

O jogo seguiu sem oportunidades claras de gol até os 35 minutos, Wellington recebeu sozinho na área, mas isolou a bola e desperdiçou ótima chance para o Tricolor.

O Inter finalmente respondeu aos 41. William recebeu na direita e cruzou, mas Henrique cortou para escanteio. Após a cobrança, Vitinho recebeu na área e bateu com força, mas Edson bloqueou.

No minuto seguinte, ataque em velocidade do Flu, Henrique Dourado foi lançado na ponta esquerda e cruzou para a chegada de Richarlison, que foi derrubado por Alex na área. Pênalti marcado por Heber Roberto Lopes. O mesmo Richarlison partiu para a cobrança, mas chutou mal e Danilo Fernandes salvou o Inter mais uma vez.

Segundo tempo

No intervalo, o goleiro Júlio César acusou dores na perna esquerda e teve de ser substituído por Marcos Felipe. Já o Inter voltou sem alterações para o segundo tempo.
O panorama do jogo seguiu o mesmo. Apesar da necessidade do resultado, o Inter não mostrava a garra necessária, e parecia sem forças para correr atrás do resultado.

Logo aos dois, Scarpa lançou Wellington livre no ataque e ele tentou fazer por cobertura na saída de Danilo, mas a bola não foi na direção do gol e acabou cortada pela defesa. Aos 13, Richarlison arrancou e soltou a bomba, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora.

Aos 19, Lisca tentou mexer para dar sangue novo à equipe. Saíram Alex e Valdívia e entraram Rodrigo e Gustavo Ferrareis. Quatro minutos depois, saiu Vitinho para a entrada de Ariel.

As modificações, entretanto, não mudaram a atuação constrangedora do Inter diante dos poucos torcedores presentes em Mesquita, e só dava Flu em campo. Aos 27, Wellington recebeu na esquerda, avançou e viu Douglas na entrada da área. O volante recebeu, dominou e disparou um balaço de canhota. A bola desviou na zaga e Danilo, que nada pôde fazer: 1 a 0 Flu.

O Flu quase ampliou aos 35, com chute de Wellington que carimbou a trave de Danilo.

O gol Tricolor só reforçou o clima de velório que rondava o banco do Inter durante a maior parte do jogo. Mas em campo, alguns jogadores do Colorado ainda tentavam impedir o que parecia inevitável.
Aos 41, o jovem Gustavo Ferrareis deu esperanças ao torcedor colorado ao empatar a partida. Ele ganhou a bola na intermediária e arriscou de longe. Marcos Felipe pulou atrasado e foi surpreendido.
Mesmo com quatro minutos de acréscimo, o Inter não conseguiu virar o marcador e saiu de campo rebaixado.

FICHA TÉCNICA
Fluminense 1 X 1 Internacional-RS

Local: Estádio Giulitte Coutinho, em Mesquita (RJ)
Data: 11 de dezembro de 2018 (Domingo)
Horário: 17h(de Brasília)
Renda: R$ 73.400,00
Público: 3.847 presentes
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa-SC) e Carlos Berkenbrock (SC)
Cartóes Amarelos: Marcos Junior (Flu); Alex (Inter)
Gols:
FLUMINENSE: Douglas, aos 27min do 2º tempo
INTERNACIONAL: Gustavo Ferrareis, aos 41min do 2º tempo

FLUMINENSE: Júlio César (Marcos Felipe), Wellington Silva, Nogueira, Henrique e William Matheus; Douglas, Edson e Gustavo Scarpa; Wellington, Richarlison (Marcos Junior) e Henrique Dourado (Pedro)
Técnico: Marcão

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes, William, Paulão, Ernando e Alex (Rodrigo); Anselmo, Rodrigo Dourado, Anderson e Valdívia (Gustavo Ferrareis); Vitinho (Ariel) e Nico López
Técnico: Lisca


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Meu Deus. Noticiário de todo mundo, menos do nosso VOLTAÇO, time da nossa cidade, que foi campeão invicto da Série D, se prepara para a disputa da Copa São Paulo Sub 20 e nenhuma notícia. É brincadeira…..

Untitled Document