terça-feira, 26 de maio de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Jogador de Porto Real vai defender o Itumbiara de Goiás

Jogador de Porto Real vai defender o Itumbiara de Goiás

Matéria publicada em 28 de fevereiro de 2020, 11:10 horas

 


Yuri no momento da assinatura do contrato com a mãe Cátia Cristina, dirigente do Itumbiara e do padrasto


Porto Real – 
“Eu sempre falei para ele nunca desistir de sonhar. Ele não desistiu, acreditou e conseguiu. Agradeço a Deus e a todos os que colaboraram para que meu filho tivesse essa oportunidade”, comemorou a cabeleireira Cátia Cristina de Oliveira, moradora do bairro São José. Ela é mãe de Yuri da Silva Oliveira, 15 anos, atacante porto-realense, selecionado para atuar no Sub-17 do Itumbiara Esporte Clube, de Goiás.

O jovem agradeceu o apoio da Escola Municipal de Futebol de Campo de Porto Real, onde era um dos alunos participantes. “Estou muito feliz por essa conquista dada por Deus e gostaria de agradecer a todos os meus colegas e professores. Estou muito satisfeito em poder representar nossa cidade e vou me esforçar para dar muito orgulho para os meus amigos, meus familiares e para a cidade de Porto Real”, contou Yuri.

Yuri é atacante e atuou em times como Volta Redonda e Resende. Ele foi escolhido através de uma avaliação ocorrida no dia 15 de janeiro, no Estádio Renato Monteiro. O prefeito Ailton Marques parabenizou o jogador. “É motivo de muita satisfação para Porto Real ter mais um atleta tão talentoso nos representando no futebol brasileiro. Gostaria de parabenizar o Yuri pelo excelente desempenho e por levar de maneira tão honrosa, o nome de nossa cidade”, considerou o prefeito.

O secretário de Esporte e Lazer, Antônio Sebastião da Silva, destacou a descoberta de talentos no município. “Porto Real é um berço de talentos. Já temos nomes jogando na região como, por exemplo, nos times: Volta Redonda, Resende e Barra Mansa e atletas em outros estados. Yuri é mais um talento reconhecido e a Secretaria de Esporte e Lazer deseja todo o sucesso na carreira dele”, disse o secretário, que também enfatizou o objetivo da Escola de Futebol de Campo de Porto Real. “A Escolinha de Futebol do Município tem o intuito de formar cidadãos e revelar talentos. O convívio entre os atletas e profissionais do esporte, a disciplina e o estudo, são fatores importantes nesse processo. Isso porque colaboram para o fortalecimento e desenvolvimento dos jogadores”, destacou.

O Itumbiara, campeão na categoria Sub-17, em 2019, tem como presidente: Lúcia Carlos Bastos de Souza Mendonça. O vice-presidente, Reinaldo Morais, explicou como aconteceu a avaliação que elegeu Yuri para o time. “Através do apoio de um de nossos colaboradores, André Gomes, o Jabuti, idealizador do projeto Futebol e Cidadania, da cidade de Quatis, realizamos uma seletiva envolvendo atletas de Porto Real e também quatienses. Identificamos o bom desempenho do Yuri e ainda de outros atletas, que estão sendo monitorados e para outra oportunidade. O Yuri assinou contrato de três anos no último dia 21 de fevereiro e começa a treinar já na terça, 03. Nossa especialidade é formar atletas, cidadãos de bem, que são, muitas vezes, contratados para atuar em outros clubes profissionais. A dedicação do jogador faz toda a diferença para o seu desenvolvimento. Acreditamos no talento e na habilidade do Yuri e na capacidade da região Sul Fluminense na promoção dos novos talentos do nosso futebol”, completou Reinaldo.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document