quinta-feira, 9 de abril de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Jovens de Volta Redonda relatam experiência no Rio Open

Jovens de Volta Redonda relatam experiência no Rio Open

Matéria publicada em 21 de fevereiro de 2020, 18:40 horas

 


Alunos visitaram os bastidores do maior evento da América Latina-Foto: PMVR

Rio de Janeiro- Os vinte e dois jovens de Volta Redonda que participaram da capacitação do Projeto Rio Solidário para Produtores Mirins, ocorrido na última quinta-feira, dia 20, no Rio de Janeiro, relataram suas experiências no maior evento de tênis realizado no Brasil, o Rio Open. A ação é uma realização da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude em parceria com a Prefeitura de Volta Redonda, pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Smel).

Para Júlia Rabelo, de 18 anos, foi uma oportunidade única.

– Gostaria de agradecer a prefeitura por proporcionar essa experiência de ter uma perspectiva de futuro. Essas ações abrem portas para os jovens, principalmente os que vivem em vulnerabilidade econômica e em diversas circunstâncias. Foi muito especial, com muito aprendizado. Uma oportunidade única e espero que outras atividades como essas possam acontecer novamente – disse.

A visita aconteceu em toda a extensão do evento com explicações gerais de como surgiu a ideia, sua importância econômica e empregabilidade no setor. Depois de toda a teoria e prática, os jovens das secretarias municipais de Esporte e Lazer, Ação Comunitária (Smac), da Fundação Beatriz Gama, da Coordenadoria Municipal de Prevenção as Drogas e da Coordenadoria da Juventude, aproveitaram o espaço, assistindo às partidas com os maiores nomes da modalidade na atualidade.

Segundo Luiz Felipe Duque, que também participou do evento, a capacitação ajudou a ampliar horizontes.

– Conhecer os bastidores possibilitou um entendimento maior da influência do esporte na sociedade, nas esferas econômicas, sociais e políticas, ampliando o horizonte sobre o mercado de trabalho e sobre a vida também – contou.

O Projeto Produtor Mirim tem como objetivo levar jovens a conhecerem como se prepara os grandes eventos, desde a escolha do local, estruturas necessárias, tipo de público, trazendo ao jovem uma opção de renda extra. Para que os jovens possam participar da iniciativa é preciso ter interesse na área de produção, estar matriculado em escola da rede pública, mostrar interesse por áreas de marketing, publicidade, comunicação, cultural e esportiva. Os alunos receberam transporte, lanche, kit produção, blusas e acesso ao evento. O programa é destinado aos jovens de 14 até 18 anos para vivenciar os bastidores de grandes eventos esportivos.

– Essa capacitação para os jovens de Volta Redonda vai, futuramente, possibilitar que eles possam trabalhar com eventos esportivos. Foi uma grande oportunidade. Esse é um grande evento de nível internacional com uma grande estrutura organizacional, além do contato que eles tiveram com grandes atletas – concluiu a secretária de Esporte e Lazer, Maria Paula Tavares.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document