segunda-feira, 18 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Madureira surpreende o Botafogo

Madureira surpreende o Botafogo

Matéria publicada em 25 de janeiro de 2017, 18:58 horas

 


 Botafogo ainda carece de maior ritmo de jogo e acabou surpreendido

Botafogo ainda carece de maior ritmo de jogo e acabou surpreendido (Vitor Silva/SSPress)


Rio –
Em jogo antecipado da segunda rodada do Campeonato Carioca, o Botafogo foi derrotado pelo Madureira por 2 a 0, na estreia das duas equipes na competição. A partida foi disputada na tarde desta quarta-feira, em Moça Bonita e o resultado fez a equipe de Conselheiro Galvão conquistar os primeiros três pontos na competição. Os gols foram marcados por Souza e Geovane Maranhão, ambos no segundo tempo.

O Botafogo que precisou antecipar o confronto em função dos compromissos na Libertadores, promoveu a estreia oficial de Montillo e Roger, mas acabou decepcionando a sua torcida que enfrentou o forte calor de Bangu para prestigiar a equipe de General Severiano.  O time alvinegro cometeu muitos erros de finalização e enfrentou um adversário bem armado. O time dirigido por PC Gusmão soube aproveitar os espaços para construir sua primeira vitória no campeonato. O Botafogo volta a jogar pelo Campeonato Carioca neste sábado, diante do Nova Iguaçu, no Engenhão; o Madureira vai encarar o Macaé, no Eduardo Guinle.

O jogo

Apesar do forte calor, as duas equipes começaram a partida com muita intensidade. Logo aos dois minutos, o zagueiro Emerson Silva teve que desviar para escanteio o chute de Julio Cesar.

A resposta do Alvinegro de General Severiano veio aos seis minutos. Uma bola mal atrasada para o goleiro Rafael quase complicou o goleiro do Madureira. Roger tentou tomar a bola, mas o goleiro conseguiu se livrar do atacante e aliviar o perigo. Dois minutos depois, Rafael voltou a aparecer bem ao defender uma cobrança de falta bem executada pelo lateral Jonas.

O Madureira não se assustou e quase marcou o primeiro gol aos dez minutos. Após lançamento na área, Luciano Naninho tocou de calcanhar para Douglas Lima que entrou livre, mas bateu por cima do travessão. A equipe de Conselheiro Galvão mostrava boa disposição ofensiva e preocupava a defesa botafoguense.

Montillo, a grande atração do Botafogo, se movimentava bastante e tentava tocar a bola de primeira para evitar a forte marcação. Só aos 15 minutos é que ele arriscou o primeiro chute, mas não deu trabalho ao goleiro Rafael.

Um minuto depois, o Madureira voltou a assustar em conclusão do volante William. A bola quicou no gramado e quase enganou Gatito Fernandes que fez uma boa defesa. Aos 17, Montillo cobrou escanteio e a bola sobrou para Jonas que bateu com perigo.

O Botafogo aumentou o ritmo e quase marcou aos 20 minutos. Após cobrança de falta executada por Montillo, Bruno Silva escorou de cabeça e Roger completou, mas Rafael fez grande defesa. Depois da parada técnica, os dois times voltaram mais lentos. Só aos 29 minutos é que o Madureira deu sinal de vida no ataque com um chute perigoso de William.

Aos 39 minutos, novamente Jonas apareceu com perigo após receber bom passe de Rodrigo Pimpão. O lateral bateu forte e assustou o goleiro Rafael. Logo depois, foi a vez de Rodrigo Lindoso concluir com perigo. No último lance do primeiro tempo, William foi lançado em profundidade e, na saída de Gatito, chutou para fora.

O Botafogo voltou para o segundo tempo sem mudanças, mas o Madureira retornou com o veterano atacante Souza no lugar do meia Bruno. Aos seis minutos, Bruno Silva recebeu de Roger e cruzou para a conclusão de Lindoso, mas a bola saiu.

Aos dez minutos, desabou uma chuva forte sobre Bangu. Dois minutos depois, após cobrança de escanteio, Renan Fonseca subiu mais que todo mundo e cabeceou com perigo. Aos 15 minutos, o goleiro Rafael evitou o gol ao defender uma forte cabeçada de Rodrigo Pimpão. O Madureira respondeu com uma cobrança de falta perigosa de Júlio Cesar que obrigou Gatito Fernandes a espalmar para escanteio.

O jogo seguiu equilibrado. Aos 19 minutos, Montillo bateu falta, da intermediária, e quase surprendeu Rafael, mas o goleiro do Madureira espalmou para escanteio. Aos 24 minutos, o Madureira marcou o primeiro gol do campeonato. Ruan avançou pela direita e cruzou para Souza que, inteiramente livre, não teve trabalho de escorar para o gol. Logo depois, o técnico Jair Ventura tentou dar mais força ofensiva ao time e trocou o volante Airton pelo atacante Sassá. Na sua primeira investida, Sassá chutou duas vezes, mas Rafael defendeu com segurança.

O Madureira ampliou aos 33 minutos. Souza investiu e fez passe perfeito para Geovane Maranhão que não teve trabalho para colocar nas redes de Gatito Fernandes. Preocupado, Jair Ventura trocou Rodrigo Lindoso pelo meia Leandrinho para tentar reverter a situação, mas Montillo, cansado, não conseguia mais criar boas jogadas e o Madureira apenas tocou a bola para segurar a vantagem até o final.

 

FICHA TÉCNICA

MADUREIRA 2 X 0 BOTAFOGO

Local: estádio Moça Bonita, no Rio de Janeiro (RJ)
Hora: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Antonio Silva dos Santos
Assistentes: Wagner de Almeida Santos e Daniel do Espírito Santo
Cartão Amarelo: Ruan(Mad);Jonas, Rodrigo Pimpão(Bota)
Gols: MADUREIRA: Souza, aos 24  e Geovane Maranhãos aos 33 minutos dfo segundo tempo
BOTAFOGO: Gatito Fernandez, Jonas, Emerson Silva, Renan Fonseca e Victor Luis; Airton(Sassá), Rodrigo Lindoso(Leandrinho), Bruno Silva e Montillo; Rodrigo Pimpão(Vinicius Tanque) e Roger
Técnico: Jair Ventura
MADUREIRA: Rafael Santos, Ruan, Diego Guerra, Jorge Filipe e Wellington Saci; William, Leandro Carvalho, Bruno(Souza) e Douglas Lima(Geovane Maranhão); Luciano Naninho e Julio Cesar
Técnico: PC Gusmão


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar

    Apagaram o foguinho…..esse Souza vai dar trabalho nesse estadual……

  2. Avatar

    Voltaço vai arrebentar nesse Estadual ………

  3. Avatar

    Me acorde quando o Botafogo for grande !!!!

Untitled Document