>
sábado, 28 de maio de 2022 - 00:31 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Magia do futebol: A história de Davi, um garoto de Belém que torce pelo Voltaço

Magia do futebol: A história de Davi, um garoto de Belém que torce pelo Voltaço

Matéria publicada em 28 de maio de 2019, 10:48 horas

 


 

Davi não gosta de tirar a camisa do Volta Redonda do corpo


Volta Redonda – 
O pequeno Davi, de 7 anos, vai realizar em breve o sonho de ver seu time do coração jogar. Ele é de Belém do Pará e no dia oito de junho estará no Estádio do Mangueirão, onde estarão em campo Remo e Volta Redonda. Detalhe: Davi estará devidamente vestido com as cores do tricolor de aço, provando que o amor não tem fronteiras.

A história de como Davi começou a torcer pelo Voltaço, mesmo estando tão distante do Estádio da Cidadania Raulino de Oliveira, foi contada pela mãe dele, Marcela Fidelis, em um post no Facebook. O texto chamou atenção dos torcedores locais, que parabenizaram e incentivaram o ilustre companheiro de arquibancada. “Jogo do voltaço aqui em Belém se aproximando, então vou contar um pouco da história do Davi com esse time”, escreveu ela, para emendar algo realmente emocionante para quem segue o Voltaço:

“Davi ia completar 4 anos quando assistiu um jogo do Voltaço x Fluminense pelo Campeonato Carioca e desde o primeiro minuto ele começou a torcer pro time de preto e amarelo. E, olha q legal, o time ganhou e ele ficou encantado”, escreveu ela.

O jogo que ela se refere foi disputado no Estádio da Cidadania Raulino de Oliveira, em 31 de janeiro de 2016. Naquela noite, o Voltaço venceu o Tricolor das Laranjeiras por 3 a 1, com dois gols de Tiago Amaral e um de Pedro. O time carioca descontou com Fred, em cobrança de pênalti.

A partir daí, segundo a mamãe do Davi, foi daquelas paixões que somente o futebol pode explicar. “Desde então (Davi) sempre falava que torcia pro Volta Redonda e eu sem fazer a mínima ideia que time era esse (quem me conhece e conhece minha família sabe que torcemos pro Paysandu e Botafogo), mas nunca foi algo que a gente obrigava ele a torcer (Só pro Papão: não existe a opção de torcer pro rival). Então veio o pedido quase impossível: me pediu uma camisa do time do coração. Meu Deus! “, disse, ela, que teve uma saga gigantesca, mas com final feliz em busca do “manto sagrado”.

– Fui atrás e em lugar nenhum tinha camisa desse time. Então fui no site do time e nada de camisa pra criança disponível. Foi quando Deus colocou a Flávia, que é torcedora e funcionária do clube no nosso caminho. Contei que era de Belém-PA e meu filho de 3 anos queria de presente de aniversário uma camisa do Volta Redonda. E eu nao achava de jeito algum aqui para vender. Ela sempre carinhosa mandou de presente a primeira camisa do Taço. Quando chegou, quase vira segunda pele. Era o tempo de lavar para ele usar de novo, até que chegou a outra e foi a mesma coisa. Foram dias e dias deixando ele usar de dia lavando de noite pra ele usar de novo hahahhaha”, diverte-se a mãe coruja e incentivadora.

Com a definição da tabela da Série C do Campeonato Brasileiro, se abriu uma possibilidade rara para Davi ver o Voltaço em campo, ao vivo. E com uma mãe destas, é claro que o garoto vai estar lá no Mangueirão. “Esse ano a tabela deu uma ajuda bacana pro meu filhote ver o time dele do coração jogar. Volta Redonda vai jogar com os dois times aqui de Belém e no dia 08/06 vai jogar contra o Remo. E é claro que ele vai estar torcendo pro time dele e eu vou estar lá secando o Leão”, contou.
Apoio e homenagens

A história de Davi com o Voltaço não passou desapercebida pelos torcedores do clube que moram no Sul Fluminense. Ernani Ferreira deu seu apoio ao garoto: “Legal, Davi. Sua torcida no jogo com Remo vale ouro. Você vai gritar assim quando Voltaço entrar em campo: Pra cima deles Taçooooooooo”.

Paulo Moura mostrou que em sua casa não há opção. É torcer pelo Voltaço ou torcer pelo Voltaço. “Que legal, Davi, fiquei muito satisfeito com a sua escolha. Minha filha mora aí e também é torcedora do Voltaço. Meu neto de 2 anos também vai ser, por livre espontânea pressão. Espero que a diretoria tenha visto e leve de presente um uniforme pro Davi”, disse.

Flávia Cristina, a Flávia citada na história pela mãe e que deu a primeira camisa do Voltaço ao pequeno torcedor paraense, se manifestou em seguida: “Paulo Moura, estamos (eu e conselho) preparando uma surpresa pra ele. Acredito que ele vai gostar muito”.

Por Rafael de Paiva


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

16 comentários

  1. Quando falo que a diretoria do VOLTAÇO é fraca em marketing e logística, talvez por falta de um administrador profissional, não é à toa!

    No site não tem nem a indicação de onde adquirir a camisa do time. Se pensar em comprar direta, então, é nula a possibilidade. Como o VOLTAÇO quer crescer com essa falha grave? Entrei agora no site e o ícone LOJA não funciona. kkkkkkkk
    A mãezona do Davi não está errada quando diz que não conseguiu a camisa através do site.

    Está igual à CMVR com site que não funciona. Neste caso é pq na CASA DO POVO não existe TANSPARÊNCIA. E diga-se de passagem a PMVR são fica atrás. Tem o site, mas em questão de TRANSPARÊNCIA é nota zero. Os samukets assessores acham que só em publicar os blá, blá, blás do Samuca é transparência.

    • Loja de material esportivo da cidade vc encontra camisa do Voltaço.
      Entendo que vc gostaria de comprar diretamente com o clube mas não tem esse canal, infelizmente.

  2. Pião CSN Felizão

    Deve ter problemas.

    • Guerreiro de Aço VRFC

      Quem Tem problemas é você!!!!
      Onde uma criança pode ter problemas por escolher torcer por um time de futebol????

      Você vai continuar sendo Pião a Vida toda… tinha que ter um zero a esquerda mesmo para criticar e vomitar pelos dedos!!!

      AQUI é VOLTAÇO!!!

      RESPEITA NOSSOS TORCEDORES, PRINCIPALMENTE OS MIRINS!!!!

      SOMOS A FORÇA DO SUL DO ESTADO!!!

    • O moleque é mais inteligente do que esse pião. Nem precisa falar que ele roda ao puxar o tapete. Ele mesmo se considera um tonto. kkkk

    • Deveria ter vergonha , você nos faz vergonha , não tem pingo de educação , primeiro você não respeita uma criança e segundo , a sua cidade que te acolhe . Vai ao estádio com um cartaz ,escrito eu sou felizão , da CSN , todos nós vamos te abraçar .

    • Vc é um zero à esquerda. Não sabe nem o qye está falando.

    • PIAO, VOCE É DOENTE

    • VAI VENDO este Pião é torcedor de timeco forasteiro. E se bobear ainda vai no jogo do VOLTAÇO com a camisa do timeco dele. Neste caso, a diretoria do VOLTAÇO tem de cobrara entrada de 100 Reais dele quando estiver com a camisa do seu timeco forasteiro.

  3. É uma ótima sugestão de pauta para alguma rede de TV Nacional… Que o marketing do Voltaço se ligue, pois, além de fazer feliz uma criança, também possibilita mídia espontânea para o Clube. História muito bacana de amor e puro!

  4. Guerreiro de Aço VRFC

    Isso é para Mostrar o Poder do Futebol!!!

    Davi será nosso GUERREIRINHO DE AÇO no norte do País!!!
    Essa paixão que nos move!!!

    Dá mais orgulho e mais amor ainda de ser VOLTAÇO!!!
    De torcer por esta camisa!!! De ir para o Estádio e Levar faixa, bandeira, Instrumentos e torcer para o time… time que tem a camisa mais linda do futebol Brasileiro, a mais querida bandeira vista nas copas do mundo…

    Esse é o VOLTAÇO!!!

    E você???? vai ficar ainda criticando nosso time??? vai ficar de fora do estádio??? quer exemplo melhor d que esse Davi? lá de Belém do Pará???

    Nós de Volta Redonda deveríamos ter vergonha de não apoiar o time da própria cidade…

    VAMOS VOLTAÇO!!!
    PARA CIMA DELES AI DAVI!!!!

    TAÇO CAMPEÃO!

  5. Que coisa legal! É assim que nasce uma paixão pelo clube. Tomara que a Diretoria faça uma bela homenagem a esse garoto antes do jogo.

    Obrigado DV, pela reportagem!

  6. Poxa vida Davi parabéns eu tbm sou torcedora do VOLTACO E mais outro dois time algo p se infetar né kkkkk FLAMENGO E CHAPECÓ quase morro de tanto gritar ( Pra acima de deles meu time TACOOOO E SERÁ 3 X 0 ) um abraço grd p vc campeão.

  7. Fiquei muito feliz e emocionado , parabéns , por morar tão longe ,e ter o coração tão perto , de nós , o volta Redonda deveria, fazer uma homenagem a este mirim , torcedor , e dedicar a vitória a ele , pois uma coisa rara , time do volta redonda , leve camisa , boné ,chaveiro , adesivo . Cueca o que tiver . De amarelo e preto e branco . Para este ilustre torcedor , quantas crianças tão perto , que não está nem aí .

Untitled Document
close