domingo, 23 de fevereiro de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Misto do Vasco empata com Friburguense em São Januário

Misto do Vasco empata com Friburguense em São Januário

Matéria publicada em 25 de fevereiro de 2016, 21:03 horas

 


Riascos, pelo Vasco, e Rômulo, pelo Frizão, foram os destaques da partida

Correria: Riascos fez dois gols mas o Vasco ficou apenas no empate com o Frizão

Correria: Riascos fez dois gols mas o Vasco ficou apenas no empate com o Frizão

Rio – O Vasco perdeu os 100% de aproveitamento no Campeonato Carioca. Em partida disputada na noite desta quinta-feira, em São Januário, a equipe dirigida por Jorginho não passou de um empate por 2 a 2 com o Friburguense. Riascos marcou os dois gols do Vasco, enquanto Rômulo anotou os tentos do Friburguense. O resultado fez a equipe cruzmaltina chegar aos 16 pontos e seguir na liderança do Grupo A, enquanto o Friburguense, com oito pontos ganhos, subiu para a quarta posição no Grupo B.

O Vasco entrou com uma equipe mista e encontrou muita dificuldade no confronto com o Friburguense. O time de Nova Friburgo soube se aproveitar dos desfalques do adversário para mostrar um futebol de boa qualidade e deu muito trabalho para os donos da casa.

Na próxima rodada, o Vasco vai enfrentar o Botafogo, em São Januário. O Friburguense vai receber o Fluminense, no Moacyrzão.

O jogo

O jogo começou equilibrado. O Vasco tentou se impor desde os primeiros minutos mas encontrou um adversário que tentava jogar de igual para igual. Aos quatro minutos, Jorge Luiz arriscou da intermediária, a bola bateu na zaga e saiu para escanteio.

O time dirigido por Jorginho encontrava dificuldade para chegar rápido ao ataque, principalmente porque Mateus Pet e Matheus Índio, encarregados da transição, mostravam desentrosamento.

Só aos nove minutos é que o Vasco chegou pela primeira vez aos nove minutos. Riascos recebeu na direita, tocou para Matheus Índio que lançou Eder Luis, na área. O atacante bateu cruzado e Marcos fez boa defesa.

Aos 12 minutos, o zagueiro Rodrigo se chocou com Jorge Luís e machucou o ombro direito. Depois de alguns minutos, os médicos optaram pela substituição do capitão cruz-maltino. Rafael Vaz entrou na zaga.

Aos 22 minutos, Madson investiu pela direita e cruzou para Riascos, mas o goleiro Marcos se antecipou e fez a defesa.

O Friburguense marcou o primeiro gol do jogo aos 25 minutos. Flavinho recebeu nas costas de Madson e lançou para Rômulo. Antes que Rafael Vaz chegasse para o bloqueio, o atacante girou rápido e bateu no canto esquerdo de Martín Silva.

O gol animou a equipe de Nova Friburgo que criou outra jogada perigosa, aos 28 minutos. Ronaldo foi lançado em velocidade e cruzou para Rômulo, mas a bola foi muito forte e o atacante não conseguiu chegar para a conclusão.

O Vasco tentou partir para a reação, mas não conseguia penetrar no esquema defensivo da equipe visitante. Os jogadores do meio campo não se mostravam inspirados e mostravam muite lentidão na armação das jogadas. Aos 43 minutos, Julio dos Santos fez ótimo lançamento para Eder Luis que arrancou em velocidade, mas o cruzamento acabou bloqueado pela zaga.

Mesmo sem jogar bem, o Vasco marcou o gol do empate, aos 44 minutos. Julio dos Santos fez ótimo lançamento para Eder Luis que colocou Riascos na cara do gol e o atacante colombiano não teve trabalho para empurrar a bola para as redes do Friburguense.

O Vasco voltou para o segundo tempo com Yago Piikachu no lugar de Matheus Índio. Aos quatro minutos, Riascos foi lançado na direita, se livrou do marcador com dois dribles seguidos, mas o chute saiu desviado.

O Friburguense deu uma resposta imediata. Após boa troca de passes, Jorge Luiz mandou a bomba e Martín Silva salvou de joelho. O time de nova Friburgo continuou jogando com rapidez e dando grande trabalho aos zagueiros cruz-maltinos.

Aos 13 minutos, o Vasco desperdiçou uma boa chance . Riascos foi lançado nas costas da zaga, tentou driblar o goleiro Marcos e acabou desperdiçando a oportunidade.

O jogo seguiu equilibrado com as duas equipes se alternando na posse de bola. Depois da parada técnica, os jogadores do Vasco pediram a marcação de um pênalti quando o lateral Henrique entrou na área e se chocou com o zagueiro Pierre, mas o árbitro nada marcou.

O técnico Jorginho tentou tornar a sua equipe mais ofensiva e colocou o atacante Thales no lugar do meia Mateus Pet. Thales se juntou a Riascos na área, mas o Vasco continuou a cometer erros na troca de passes e só chegava na área do Friburguense em lances de bola parada. Aos 31 minutos, Rafael Vaz bateu falta e o goleiro Marcos desviou para escanteio.

O time de São Januário acabou marcando o segundo gol, aos 33 minutos. Pikachu bateu escanteio e Riascos subiu para cabecear e colocar a bola nas redes. Depois do gol, o atacante colombiano foi para a torcida e pegou o filho no colo.

A vantagem cruz-maltina não demorou muito tempo. Aos 36 minutos, Flavinho recebeu na esquerda e cruzou. A bola bateu na mão de Luan e o árbitro marcou pênalti. Um minuto depois, Rômulo fez a cobrança e deixou tudo igual.

O Friburguense quase chegou ao terceiro gol aos 40 minutos em chute, de bico, de Bernardo que passou muito perto da trave direita defendida por Martín Silva.

 

VASCO 2 X 2 FRIBURGUENSE

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Leandro Ferreira Belota (RJ)
Assistentes: Daniel de Oliveira Alves Pereira (RJ) e Thiago Rosa de Oliveira (RJ)
Cartão Amarelo: Pierre(Fri)
Gols: VASCO: Riascos, aos 44 minutos do primeiro tempo e 33 minutos do segundo tempo; FRIBURGUENSE: Rômulo, aos 25 minutos do primeiro tempo e 37 minutos do segundo tempo
VASCO: Martin Silva, Madson, Rodrigo(Rafael Vaz), Luan e Henrique; Bruno Gallo, Julio dos Santos, Mateus Pet(Thales) e Matheus Índio(Yago Pikachu); Eder Luis e Riascos
Técnico: Jorginho
FRIBURGUENSE: Marcos, Ronaldo(Sérgio Gomes), Pierre, Diego Guerra e Flavinho; Bidú, Vitinho, Jorge Luiz e Gleison(Bernardo); Romulo e Maycon(Jefinho)
Técnico: Gerson Andreotti

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document