No Fluminense, zaga vira problema para Cristóvão

by Diário do Vale

Rio

Nem deu muito tempo para comemorar a vitória de 3 a 1 no clássico contra o Botafogo e o técnico Cristóvão Borges já tem que começar a se preocupar com a escalação do Fluminense para o duelo contra o Bonsucesso, na próxima quinta-feira, às 21h, no Maracanã, no Rio de Janeiro, pela nona rodada do Campeonato Carioca. Isso porque o treinador tem problemas para montar seu setor defensivo, mais especificamente a zaga.
No clássico contra o Botafogo, Cristóvão viu sua referência no setor, o experiente Henrique, ser punido com o terceiro cartão amarelo. Assim, ele terá que cumprir suspensão diante do Bonsucesso, abrindo uma vaga para o companheiro de Marlon, que já vem atuando com dificuldade por conta de uma máscara para proteger o nariz, fraturado quando defendia a Seleção Brasileira no Campeonato Sul-Americano Sub-20.
A primeira opção de Cristóvão seria Guilherme Mattis, porém, o jogador sofreu uma lesão no joelho direito no treino de sexta-feira passada e acabou sequer sendo relacionado para o clássico. Ele dificilmente terá condições de enfrentar o Bonsucesso.
Victor Oliveira, que foi barrado para a entrada de Marlon, e João Filipe são duas opções, porém, nenhum dos dois conta com a confiança de Cristóvão por conta de atuações desastrosas quando tiveram oportunidade. Com essa realidade, o treinador pode ser obrigado a antecipar o retorno de Gum, que vem aprimorando a forma física após se submeter a uma cirurgia de apêndice.
Após a vitória sobre o Botafogo, Cristóvão foi logo questionado sobre o assunto, uma vez que a zaga é o setor que vem sendo mais criticado no Fluminense ao longo desta temporada e a ausência de Henrique é vista com grande preocupação pelos torcedores. No clube, inclusive, existe uma preocupação pelo fato deste defensor ter um histórico recente de presença no departamento médico.
– No momento não tenho nenhuma definição para dar a vocês sobre o substituto do Henrique, pois apenas quando voltarmos aos treinos e tivermos condições de trabalharmos com todo o elenco é que vou saber as peças que realmente terei à disposição para montar a equipe. O importante é que quem entrar terá condições de realizar uma boa partida – analisou Cristóvão.
Como a segunda-feira foi apenas de trabalho regenerativo, os jogadores do Fluminense que enfrentaram o Botafogo fizeram apenas reforço muscular. A partir da atividade tática prevista para esta terça-feira à tarde, nas Laranjeiras, que Cristóvão vai começar a projetar a escalação que pretende mandar a campo. Na quarta à tarde o elenco encerra a preparação para o jogo.

Alívio

A vitória no clássico trouxe alívio a Cristóvão Borges como o próprio treinador admitiu após o confronto. O técnico vinha sendo muito questionado e existem rumores de que ele pode não permanecer no cargo após a disputa do Campeonato Carioca, salvo no caso de conquista de título.
Antes do jogo de domingo circulou no Maracanã a informação de que Cristóvão estaria perto de ser demitido em caso de derrota para o Botafogo, com Enderson Moreira, demitido na semana passada pelo Santos, assumindo a função. O triunfo diante dos botafoguenses acabou fazendo essa versão ser esquecida, pelo menos até o próximo tropeço do Tricolor.

You may also like

1 comment

EDIGAR SILVA 10 de março de 2015, 20:06h - 20:06

Alguém me responda por favor. Onde está o Gum?

Comments are closed.

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996