No Vasco, jogadores reconhecem que precisam melhorar e não se acomodam mesmo com a liderança isolada do Campeonato Carioca

Por Diário do Vale
48 Visualizações

Rio

A vitória de 1 a 0 sobre o Bonsucesso, na tarde de domingo, deu ao Vasco a liderança isolada do Campeonato Carioca. Com 20 pontos, o time tem um a mais que o Botafogo, seu perseguidor mais direto. Porém, o desempenho da equipe em campo deixou muito a desejar, tanto que o único gol do confronto saiu de um pênalti muito discutível e convertido já nos acréscimos do segundo tempo.
A necessidade de melhorar o desempenho, apesar da boa regularidade, vem sendo destacada pelos jogadores, mesmo depois dos triunfos. Foi o que o atacante Gilberto, autor do gol da vitória, disse após o confronto.
– O Vasco vem conseguindo os resultados, o que é muito importante. Mas sabemos que precisamos melhorar muito e não é a liderança que vai nos deixar satisfeitos. Temos metas e planos para esta temporada e elas passam obrigatoriamente pela melhora no nosso volume de jogo e pela maneira como devemos nos comportar dentro de campo dependendo dos adversários. Mas é claro que fica mais tranquilo de se trabalhar quando se está ganhando – analisou o artilheiro.
O zagueiro Luan concorda com o companheiro.
– Nós temos uma equipe que vem trabalhando para subir de produção a cada partida, mas logicamente que as dificuldades vão aparecer ao longo desta caminhada. Chegar à liderança do Campeonato Carioca neste momento mostra pelo menos uma boa regularidade, mas não nos dá nenhuma garantia de sucesso. Queremos brigar pelo título e para isso vamos precisar melhorar – disse Luan.
Na visão do volante argentino Pablo Guiñazu, a possibilidade de conquista de título só vai vir se for acompanhada de um progresso constante dentro do gramado. Daí a necessidade dos atletas se cobrarem.
– O Vasco está conseguindo bons resultados, mas nem sempre eles estão vindo acompanhados de grandes atuações. O importante é mantermos uma certa regularidade, até porque estamos apenas no começo da temporada e ainda existem muitas coisas para acontecer. Queremos brigar por títulos e por nisso sabemos que precisamos melhorar – disse o argentino.
Como a segunda-feira foi marcada apenas por um trabalho regnerativo, somente nesta terça-feira é que o técnico Doriva vai começar a pensar na equipe que vai enfrentar o Resende nesta quinta-feira, às 19h30, em São Januário, no Rio de Janeiro, pela nona rodada do Campeonato Carioca. A tendência é ele manter a base que derrotou o Bonsucesso.
Já o atacante Dagoberto, que foi contratado na semana passada junto ao Cruzeiro, continua aperfeiçoando a forma física e a expectativa é a de que ele possa estrear no clássico contra o Flamengo, no dia 22 de março. Apesar de já ter sido inscrito na Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), o atleta ainda não teve a documentação regularizada. O atacante, que também pode atuar como apoiador e foi bicampeão brasileiro com o time mineiro nos últimos dois anos, é tratado em São Januário como a principal contratação do cruzmaltino para este Campeonato Carioca e sua estreia deverá levar um bom público ao Maracanã. Ele tem contrato até o fim do ano.

Advertisement

VOCÊ PODE GOSTAR

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

 

(24) 99926-5051 – Jornalismo

 

(24) 99234-8846 – Comercial

 

(24) 99234-8846 – Assinaturas

Canal diário do vale

colunas

© 2023 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996