;
quinta-feira, 26 de novembro de 2020 - 21:03 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / René Simões diz que não imaginava o Botafogo na liderança do torneio

René Simões diz que não imaginava o Botafogo na liderança do torneio

Matéria publicada em 3 de março de 2015, 22:09 horas

 


Rio  –

Abalada com o rebaixamento para a Segunda Divisão do Campeonato Carioca, a torcida do Botafogo está empolgada com o bom começo de temporada. A vitória de 1 a 0 sobre o Flamengo no clássico de domingo, que manteve o time na liderança do Campeonato Carioca, foi motivo de comemoração para os torcedores.
Porém, o técnico René Simões e os jogadores sabem que o projeto 2015 está apenas começando e a euforia precisa ser contida. A norma é não se deixar levar pela empolgação e colocar a perder os avanços conseguidos.
– Muitos colocavam que o Botafogo não teria um time para escalar no primeiro jogo do Campeonato Carioca. E realmente nos primeiros dias que chegamos as dificuldades foram muito grandes, mas sempre confiei porque estava lá dentro e via o trabalho que vinha sendo feito. Com a chegada do Antônio Lopes (diretor de futebol) a coisa melhorou. Jamias poderia imaginar que o Botafogo estaria hoje na liderança. Querer é uma coisa, imaginar é outra. Mas estamos apenas caminhando em busca de nossos objetivos – disse René.
Na visão da comissão técnica nem mesmo o elenco está montado. Embora, hoje o Botafogo tem uma base para a Série B do Campeonato Brasileiro, prioridade para esta temporada.
– Com certeza o objetivo é montar uma base forte para ganhar a Série B e devolver o Botafogo ao lugar que ele nunca deveria ter saído. Não queremos, porém, abrir mão de lutar pelo Estadual e acredito que isso tem sido importante na formação do grupo. Os resultados dão confiança para a torcida, mas para nós o que vale é o que vem sendo feito nos trabalhos no clube – disse René.
Algumas posições hoje são consideradas tranquilas para a Série B. Um exemplo é o gol, onde Jéfferson, Renan e Helton Leite formam um trio de confiança para René, que se sente seguro em ter Gilberto e Luis Ricardo na lateral direita. Pelo lado esquerdo o clube ainda estuda um jogador para a disputar posição com Carleto, que hoje reina absoluto. Jean, revelado nas categorias de base, é a outra opção atualmente, mas ainda visto como “cru”.
A zaga tem Roger Carvalho aprovado, assim como Diego Giaretta, que já teve passagem pelo clube e também pode ser usado na lateral esquerda. Renan Fonseca ainda é visto com insegurança, mas também com potencial. Alisson, contratado junto ao Paraná, ainda não foi testado, mas carrega boas esperanças, enquanto que Dankler, alvo da torcida ano passado, parece esperar apenas uma oportunidade para ser negociado. Rabello, revelado na base e com passagem pela Seleção Brasileira sub-20, é visto como uma boa aposta.
Em termos de volantes também não há preoocupação. Marcelo Mattos e Willian Arão contam com a confiança de René, que se sente seguro ainda com Aírton no banco. Andreazzi e Lucas Zen, crias da base, também deverão ganhar oportunidade.
A criação de jogadas preocupa. Diego Jardel, contratado junto ao Avaí, e Tomas Bastos, que chegou do Boa, ainda estão tímidos, mas são vistos com potencial. Fernandes, cria da base, carrega as maiores esperanças. Outros jogadores revelados na base, Gegê e Cidinho, buscam espaço. No ataque, Rodrigo Pimpão, Bill e Jobson foram aprovados, sendo que o último ainda discute prorrogação de contrato. Sassá tem entrado bem, enquanto que Tássio e André, revelado na base, ainda não ganharam oportunidades. Se um nome de peso puder ser contratado será bem-vindo, mas a prioridade no momento é um armador em condições de virar titular absoluto.
Dentro de campo o elenco se reapresentou nesta terça-feira e iniciou a preparação para o clássico contra o Fluminense, que vai acontecer no próximo domingo, às 18h30(de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), pela oitava rodada do Campeonato Carioca. Nesta quarta-feira o plantel volta a trabalhar na parte da tarde e René deverá começar esboçar a formação para o duelo com o Tricolor.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document