quinta-feira, 13 de maio de 2021 - 03:05 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Resende goleia a Portuguesa e conquista o bi da Copa Rio

Resende goleia a Portuguesa e conquista o bi da Copa Rio

Matéria publicada em 29 de novembro de 2015, 11:00 horas

 


Time goleou a Portuguesa por 5 a 2; Estádio do Trabalhador fez a festa

Resende –  Com uma atuação quase perfeita, o Resende se sagrou bicampeão da Copa Rio na tarde deste sábado (28), no Estádio do Trabalhador, vencendo a Portuguesa por 5 a 2, em um jogo repleto de emoções. Os gols foram marcados por Douglas Caé, duas vezes, Uallace, Marcel e William Carioca, para o Gigante do Vale, com Belarmino e Pessanha, descontando para a Lusa. O campeão, no entanto, ainda não decidiu qual competição nacional disputará na próxima temporada.

O detalhe do jogo é que, próximo do fim do duelo, alguns torcedores se desentenderam nas arquibancadas e a PM teve que ser acionada para evitar a confusão. Alguns torcedores da Portuguesa não conseguiram ingresso e ficaram do lado de fora do Estádio do Trabalhador. Pelo lado dos vencedores, festa total com invasão de gramado para comemorar o título e muitas bandeiras na corrente final dos jogadores e comissão técnica.

 Mais atento, Resende domina e abre vantagem

A decisão começou com as equipes se estudando e poucas jogadas trabalhadas aconteciam. Os times preferiam fazer ligação direta de suas defesas ao ataque, que pouco surtia efeito. A principal jogada do início do jogo eram os laterais jogados na área. Quando o Resende se organizou um pouco, conseguiu marcar. Jogada de Cassio pelo lado direito, Luciano falhou e Douglas Caé empurrou para as redes.

Após o gol, o Resende continuou melhor e até voltou a marcar com Thiago Sales, mas o tento foi anulado. O que valeu veio em seguida. Roubada de bola de Douglas Caé, jogada de Uallace, que driblou três jogadores e bateu no cantinho, sem chances para Luciano. Perdendo, a Portuguesa subiu de produção, mas não chegava com qualidade. A primeira chance foi em uma falta, que Arthur quase falhou, cobrada por Belarmino, de longe.

A situação da Lusa piorou quando Allan saiu lesionado. No seu lugar entrou Pagodinho, que mudou a dinâmica do ataque da equipe da Ilha do Governador. Assim que entrou criou duas oportunidades, mas a Portuguesa continuava se descuidando na defesa. Marcel e Caio desperdiçaram chances claras, frente a frente com o camisa 1 da Portuguesa, finalizando de forma displicente.

 Partida ganha em emoção e tem chuva de gols

Na volta do intervalo, a Lusa voltou com mudança. Maicon Assis entrou no meio campo, mas a alteração não mexeu com os jogadores. O Resende continuou melhor e Kim quase ampliou em cobrança de falta violenta, que Luciano espalmou para escanteio. Na sequência, Marcelo apareceu sozinho e ia marcando o terceiro de cabeça. Contudo, Marcel foi o autor do terceiro gol. Em jogada individual, invadiu a área e de cobertura, balançou as redes lusitanas em uma pintura.

O terceiro gol deu um desanimo na Portuguesa, que não conseguia ter organização em seu meio campo para levar perigo a meta de Arthur, que era apenas um espectador do duelo naquela altura. Apesar deste quadro, em uma jogada despretensiosa, em um cruzamento na área, Belarmino, fez de cabeça o de honra, que até deu um novo ânimo na equipe da Ilha do Governador.

A final ganhou um novo ânimo, mas Douglas Caé apareceu novamente dentro da área e precisou de duas finalizações para marcar o quarto, seu segundo no jogo e se tornar o artilheiro da competição. Quando o resultado parecia certo, Pessanha fez de falta, em um chute preciso, o segundo da Portuguesa. Enquanto isso, na arquibancada, as torcidas se desentenderam, mas a polícia rapidamente acabou com a confusão.  No campo, William Carioca fazia o quinto e o Resende comemorava: bicampeão da Copa Rio.

Estádio do Trabalhador (Resende-RJ)

Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro

Assistentes: Wagner de Almeida Santos e Eduardo de Souza Couto

Resende: Arthur; Marcelo Costa, Rogério e Thiago Sales; Cássio (Muriel, 28’/2ºT), Léo Silva, Marcel (Willian Carioca, 30’/2ºT) e Kim; Uallace (Iuri Pimentel, 26’/2ºT) e Douglas Caé. Técnico: Aílton Ferraz

Portuguesa: Luciano; Pessanha, Allan Miguel e Lucas Tavares (Romarinho, 30’/2ºT); Belarmino, Alexandre Carioca, Silvano, Victor Hugo (Maicon Assis, intervalo) e Diego Maia; Allan (Cláudio Pagodinho, 35/1ºT) e Bruno Andrade. Técnico: Didinho

Cartões amarelos: Rogério e Marcel (RES); Maicon Assis e Alexandre Carioca (POR)

Gols: Douglas Caé. 13’/1ºT (1-0); Uallace, 29’/1ºT (2-0); Marcel, 15’/2ºT (3-0); Belarmino, 29’/2ºT (3-1); Douglas Caé, 35’/2ºT (4-1); Pessanha, 37’/2ºT (4-2); William Carioca, 48’/2ºT (5-2)

Público: 400 pagantes (525 presentes)

Renda: R$ 6.000,00

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

15 comentários

  1. Avatar

    Caramba o Al Fatah indo a Resende ver o GIGANTE ser campeão, contra outra amigão esta nem fofoqueiro acredita. Vc nem sabe onde fica Resende.

  2. Avatar

    Aprendeu, voltaço?

  3. Avatar

    Vejam como o Rocende é inexpressivo. A matéria é sobre o título do clube, porém todos falam do Voltaço, querendo comparar…

    Se fosse o contrário, o Voltaço sendo campeão, garanto que ninguém se lembraria do Rocende aqui. Sequer seria citado…

  4. Avatar

    A DIREÇÃO DO VOLTAÇO INSISTE EM NÃO SENTAR NO BANCO DA ESCOLA DO RESENDE FC. AÍ NÃO APRENDE MESMO E FICA FAZENDO FIASCOS TIPO SÉRIE D E AGORA COPA RIO. ALGUÉM AÍ,PEGUE A DIRETORIA DO VOLTAÇO PELA MÃO E LEVA PARA A ESCOLA RESENDENSE .

  5. Avatar

    Boa Adauto Mendes ! Toninho Andrade é um excelente treinador ! O Voltaço poderia pega-lo sim.

  6. Avatar

    O Resende há anos vem ensinando como se administra um clube de futebol e como se monta um time competitivo. Que o pessoal do nosso Volta Redonda aprenda um pouco como fazer, pois sinceramente, tá difícil. Parabéns ao Resende.

  7. Avatar
    Torcedor de Ouro BMFC

    Aço , Aço……no …Voltaço………….kkkkkkkkkkkkkkkk

  8. Avatar

    Parabéns aos torcedores, diretoria, atletas e comissão técnica do Resende. O Resende nos últimos anos tem mostrado que realmente sabe montar um elenco competitivo, um planejamento de trabalho correto. O Voltaço que nas décadas de 70 e 80 montava times fortes, aproveitando bem a prata da casa, desaprendeu. Colocaram na cabeça dos dirigentes, por exemplo que tem que buscar treinadores desconhecidos no Paraná, Santa Catarina e o último foi uma tragédia. O Toninho Andrade, Técnico do Macaé está dando sopa e seria um ótimo nome para o Voltaço no Estadual.

  9. Avatar

    Enquanto isso o Voltaço ÓÓÓÓ………..

  10. Avatar

    Parabéns ao melhor time do interior do estado do Rio de Janeiro. Que sirva de inspiração para o VOLTAÇINHO.

  11. Avatar

    Parabéns ao Resende! Um time esquecido pela mídia e pela própria torcida da cidade, sem grande estrutura e que não é usado para fins políticos, mas extremamente profissional, sabendo contratar jogadores e mantendo um padrão que já vem há anos… Deve-se reconhecer que Resende, Madureira e Macaé tem sido os melhores pequenos do estado do Rio nos últimos cinco anos…

    Dito isto, amanhã vira abóbora outra vez e volta a ser o Rocende…

    • Avatar
      Liberdade e Propriedade

      O seu reconhecimento é inesperado. A torcida no estádio está na média de outros clubes. O Gigante é notícia na principal emissora da região e em todo jornal esportivo nacional, joga no google para ver. O Estádio do Trabalhador é um bom estádio, obra muito bem feita pelo SESI. O clube tem que estar fora da política mesmo.

    • Avatar

      Um bom trabalho deve sempre ser reconhecido, mas o Resende realmente não tem mídia. Estive ontem na cidade no horário do jogo e após ele, mas não vi ninguém com a camisa do time nas ruas, nenhum barulho diferente, nada. Nem parecia que o time estava jogando e que ganhou um campeonato! É um time “sem sal”, e nesse ponto até o Barra Mansa é melhor… A cobertura da TV Rio Sul (que só está instalada em Resende, pois é da região e se mantém com anunciantes de VR) é a mesma dada ao Voltaço e ao Barra Mansa, não tem diferença. Convém lembrar que ela não é a melhor, mas sim a única que gera jornal televisivo local, já que a Band BM virou repetidora de sinal… Os demais equipamentos de mídia especializada sempre falam mais do Voltaço que do Resende, todos eles. O Diário do Vale, maior órgão de imprensa da região, cujo site é muito mais acessado e comentado que o da TVRS, já tirou a notícia do título da primeira página, afinal ninguém liga para o Resende, nem os jornais da própria cidade (Beira-Rio, Folha Fluminense)…

    • Avatar
      Liberdade e Propriedade

      Então você veio em Resende ver o jogo? Bem vindo novo torcedor do Gigante!

  12. Avatar
    Liberdade e Propriedade

    Eu já sábia! O Gigante é o disparado o melhor do estado. Parabéns Aílton, Marcel, Arthur e todo elenco, o Gigante é a casa de vocês. Parabéns dirigentes competentes, vocês são os melhores. Que dúvida hein, Copa do Brasil ou duas vagas na Série D. O Gigante e a cidade de Resende são meu orgulho, amo esse lugar. O que deu a disputa de terceiro e quarto lugar do voltaco? Kkkk. Só de ouvir esse nome eu caio na gargalha, cômicos, poderiam fazer um filme de comédia pastelão. Kkkkkk

Untitled Document