quarta-feira, 28 de julho de 2021 - 18:04 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Rodrigo salva o Vasco no final

Rodrigo salva o Vasco no final

Matéria publicada em 14 de maio de 2015, 08:50 horas

 


Time carioca encontrou muita dificuldade diante de um adversário muito organizado

Cuiabá, Mato Grosso – Com um gol do zagueiro Rodrigo, batendo falta, aos 48 minutos do segundo tempo, o Vasco se livrou da derrota para o Cuiabá, em partida disputada na noite de quarta-feira (13), na Arena Pantanal, pela segunda fase da Copa do Brasil. Para se classificar no confronto, o Vasco pode até empatar sem gols no jogo da volta, em São Januário. O time cuiabano garante a passagem se conseguir a vitória simples ou um empate, a partir de dois gols. Os gols do empate por 1 a 1 foram marcados por Maninho e Rodrigo, ambos no segundo tempo.

O time carioca encontrou muita dificuldade diante de um adversário muito organizado. Mesmo desgastado por ter disputado e vencido a Copa Verde e o Campeonato Estadual em apenas quatro dias, o Cuiabá mostrou um time bem ajustado e que promete dar trabalho no Rio de Janeiro. O Vasco repetiu os erros mostrados diante do Goiás, no último domingo, principalmente no setor de ataque que quase não incomodou a defesa da equipe local.

O jogo

O cartão de visita do Cuiabá empolgou a torcida. No primeiro ataque, Jean penetrou pela direita e bateu cruzado. A bola passou pelo goleiro Martín Silva, mas Raphael Luz chegou atrasado e não conseguiu  concluir. O Vasco só conseguiu chegar ao ataque aos três minutos, através de uma arrancada do lateral-direito Madson, mas o cruzamento foi bloqueado, com facilidade, pela zaga cuiabana.

O campeão carioca começou a partida de forma sonolenta. O time de São Januário abusava dos passes laterais e dava tempo para que o adversário conseguisse montar o sistema defensivo. Aos 13 minutos, a equipe da casa criou uma nova chance. Raphael Luz recebeu na entrada da área e bateu com violência, mas a bola encobriu o gol defendido por Martín Silva.

A equipe dirigida por Doriva continuava encontrando muita dificuldade para armar as jogadas de ataque e só conseguia avançar, quando a bola estava com o lateral-direito Madson.

O primeiro chute do Vasco com direção certa só aconteceu aos 19 minutos, quando Gilberto bateu fraco e não deu trabalho ao goleiro André Luis. A partir desse lance, a equipe carioca melhorou de rendimento e passou a tocar a bola no campo do adversário, embora seguisse mostrando dificuldade para superar a marcação da equipe do Mato Grosso.

Aos 27 minutos, o Vasco criou sua melhor oportunidade. Após cobrança de falta, Júlio dos Santos passou a Gilberto que bateu forte para grande defesa de André Luis, que evitou o primeiro gol da equipe carioca. A resposta do Cuiabá veio aos 31 minutos. Gilsinho cruzou para Nino Guerreiro, bem colocado, dentro da área, mas o zagueiro Rodrigo conseguiu bloquear o chute do atacante.

Embora criasse poucas chances de gol, o time da casa continuou com mais posse de bola até o encerramento da primeira etapa. Enquanto isso, o Vasco mostrava um time apático e sem qualquer força de ataque.

O segundo tempo começou com o Vasco mais bem distribuído em campo. E o primeiro chute foi desferido por Rafael Silva, mas sem levar perigo para o gol de André Luis. Aos seis minutos, o time carioca criou a primeira grande chance. Rafael Silva ganhou a disputa na ponta esquerda e lançou para Gilberto, livre, na grande área. O atacante bateu rasteiro e o goleiro André Luis fez grande defesa, espalmando e permitindo que a zaga aliviasse o perigo.

O Cuiabá deu a resposta com um chute forte de Raphael Luz, mas o zagueiro Rodrigo salvou, metendo a cabeça, e desviando para escanteio. O técnico Doriva tentou dar mais movimentação ao time carioca e trocou o paraguaio Júlio dos Santos pelo meia Bernardo. Antes que a substituição começasse a dar resultado, o Vasco tomou um susto com a cobrança de falta executada por Felipe Blau. A bola passou muito perto da trave esquerda defendida por Martín Silva.

Doriva gastou todas as substituições para tentar melhorar o rendimento da equipe. Yago e Jhon Cley entraram para fazer o time carioca ficar mais veloz diante de um adversário desgastado fisicamente.  Aos 27 minutos, Bernardo arriscou, de longe, e André Luis fez uma defesa difícil. O Vasco continuava mais agressivo e , aos 33 minutos, o goleiro  André Luis teve que sair nos pés de  Madson para evitar o gol do time carioca.

Dois minutos depois, o Cuiabá marcou o primeiro gol. O lateral-esquerdo Maninho disputou a jogada com Luan e cruzou. A bola encobriu o goleiro Martín Silva, bateu na trave esquerda e entrou, para alegria da torcida cuiabana.

Sem outra alternativa, o Vasco partiu para buscar o gol do empate, enquanto a equipe da casa recuou para manter a vantagem. Aos 41 minutos, Gilberto ganhou na disputa com a zaga e cabeceou, mas a bola saiu. Um minuto depois, o goleiro André Luis fez grande defesa, desviando para escanteio, uma cabeçada certeira de Gilberto.

No último lance da partida, Rodrigo bateu falta com um chute violento e decretou o empate.

CUIABÁ-MT 1 X 1 VASCO-RJ

Local: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)

Horário: 22h(de Brasília)

Árbitro: Vinicius Goncalves Dias Araujo (SP)

Auxs: Alex Ang Ribeiro (SP) e Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP)

Público pagante:7.611 pagantes

Cartão Amarelo: Assis. Bogé(Cuia); Rafael  Silva, Marcinho, Serginho( Vas)

Gols: CUIABÁ: Maninho,aos 35 minutos do segundo tempo; VASCO: Rodrigo, aos 48 minutos do segundo tempo

CUIABÁ: André Luís, Gean, Egon, Ricardo Bráz e Maninho; Bogé, Felipe Blau(Cleidson Pink) Raphael Luz(Geovani) e Gilsinho; Nino Guerreiro e Kaique(Assis)

Técnico: Fernando Marchiori

VASCO: Martin Silva, Madson, Luan, Rodrigo e Christianno; Pablo Guiñazú, Serginho, Julio dos Santos(Bernardo) e Marcinho(Jhon Cley); e Rafael Silva(Yago) e Gilberto

Técnico: Doriva


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document