quinta-feira, 17 de outubro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Série B: Botafogo bate América e sobe para segundo

Série B: Botafogo bate América e sobe para segundo

Matéria publicada em 15 de agosto de 2015, 18:45 horas

 


Belo Horizonte

O Botafogo derrotou o América-MG, de virada, por 2 a 1, em partida disputada na tarde deste sábado (15), no Estádio Independência, em Belo Horizonte. O resultado foi muito importante para a equipe de General Severiano que chegou aos 36 pontos ganhos e subiu para a segunda posição, na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro da Série B. O Coelho segue com 36 pontos, mas caiu para a terceira colocação.
Foi a segunda vitória obtida pelo time alvinegro desde que Ricardo Gomes assumiu a direção técnica. O Botafogo não fez uma grande exibição, mas soube aproveitar as chances para definir o resultado do jogo. Apesar de ter maior posse de bola e ter criado várias chances, o América não teve competência para marcar os gols que precisava para sair de campo com uma vitória. Carletto e Neilton marcam para o Botafogo, enquanto Thiago Santos anotou para o América.
Na próxima rodada, o Botafogo receberá o Paysandu, no Engenhão. O América-MG vai visitar o Bahia, na Fonte Nova.

Primeiro tempo

Os dois times começaram a partida muito preocupados com a marcação, concentrando vários jogadores no meio-campo. O América mostrava um leve predomínio ofensivo, mas não conseguia criar jogadas de perigo para o gol defendido por Jefferson.
Aos sete minutos, Daniel Carvalho tentou enfiar uma bola para Navarro, mas o goleiro João Ricardo saiu antes e aliviou o perigo. Dois minutos depois, o time da casa deu o troco, quando Mancini tocou para Tony na área, mas Diego Giaretta bloqueou o chute do atacante americano, desviando para escanteio. Aos 11 minutos, a bola tocou no braço de Diego Giaretta na área, mas o árbitro nada marcou, irritando a torcida mineira.
Aos 15 minutos, o América marcou o primeiro gol. Henrique Santos recebeu ótimo lançamento na direita e cruzou para a cabeçada certeira de Thiago Santos, sem marcação, na área alvinegra.
Em desvantagem no marcador, o Botafogo tentou adiantar seus jogadores, mas os erros de passes impediam que a equipe dirigida por Ricardo Gomes criasse condições para tentar marcar o gol do empate. A ineficiência ofensiva do time de General Severiano era tão grande que o goleiro João Roberto pouco participava do jogo.
Aos 30 minutos, o Coelho tentou surpreender, mais uma vez, a defesa carioca com Henrique Santos, pela direita, mas o cruzamento foi facilmente cortado pela zaga. Dois minutos, Daniel Carvalho recebeu pela direita, puxou para o meio e chutou, mas a bola subiu demais. O experiente meia era o mais destacado da equipe, mas não contava com a colaboração de Diego Jardel e Neilton, figuras apenas decorativas em campo.
Mesmo sem jogar bem, o Botafogo marcou o gol do empate, aos 37 minutos. E tudo começou com Daniel Carvalho que tentou a jogada individual e foi derrubado. Carleto bateu com precisão e colocou a bola no ângulo direito de João Ricardo.
O time mineiro, que apenas administrava o resultado, voltou ao ataque após sofrer o gol do empate, mas foi o Botafogo que ameaçou aos 44 minutos, em boa troca de passes de Navarro, Daniel Carvalho e Neilton.

Segundo tempo

O América voltou mais agressivo para o segundo tempo e, logo aos dois minutos, Jefferson teve que se empenhar para evitar o segundo gol. Após cruzamento na área, Mancini cabeceou no canto e o goleiro da Seleção Brasileira espalmou para escanteio. Aos nove minutos foi a vez de Raul arriscar com grande perigo. A bola tirou tinta da trave direita do Botafogo.
Numa tentativa de dar mais movimentação ao time, Ricardo Gomes trocou Diego Jardel por Elvis. E a mudança funcionou. Elvis fez ótimo passe para Neilton que entrou nas costas da zaga e tocou na saída do goleiro João Ricardo.
O América partiu para buscar o gol do empate e quase alcança o objetivo, aos 20 minutos, quando Mancini bateu falta e Jefferson fez outra grande defesa, desviando para escanteio.
O time mineiro aumentou a pressão e criou duas chances consecutivas. A primeira com Thiago Santos que demorou a chutar e foi desarmado. Logo depois, inteiramente livre na pequena área, Robertinho cabeceou para o chão e a bola encobriu o gol defendido por Jefferson.
A pressão da equipe mineira aumentou e o Botafogo recuou para defender o resultado. A saída de Neilton, substituído por Luis Henrique, reduziu as chances das jogadas em velocidade.
Aos 35 minutos, Serginho derrubou Marcelo Toscano na área, mas o árbitro ignorou a jogada. Um minuto depois, Thiago Santos arriscou de longe e a bola resvalou no travessão.
Nos minutos finais, o América pressionou em busca do gol do empate, mas o Botafogo soube se defender e garantir a vitória.

Ficha técnica
América-MG 1 X 2 Botafogo

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 15 de agosto de 2015 (Sábado)
Horário: 16h30(de Brasília)
Árbitro: Vinicius Goncalves Dias Araujo (SP)
Assistentes: Fernanda Colombo Uliana (PE) e Herman Brumel Vani (SP)
Cartão Amarelo: Elvis, Carleto, Diego(Bota)
Gols:
América: Thiago Santos, aos 15 minutos do primeiro tempo
Botafogo: Carleto, aos 37 minutos do primeiro tempo; Neilton,aos 17 minutos do segundo tempo.

América: João Ricardo, Robertinho(Valber), Alison, Wesley Matos e Raul; Thiago Santos, Leandro Guerreiro, Henrique Santos, Tony e Marcelo Toscano; Mancini(Savio)
Técnico: Givanildo Oliveira

Botafogo: Jefferson, Diego, Renan Fonseca, Diego Giaretta e Carleto; Serginho, Willian Arão, Daniel Carvalho(Octávio) e Diego Jardel(Elvis); Neilton (Luis Henrique) Navarro
Técnico: Ricardo Gomes


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Avatar

    Sou tricolor, mas fico satisfeito pelo ex zagueiraço do Flu,o Ricardo Gomes. O becão esteve nos braços da morte,deu um tranco nela e saiu jogando. Que leve o Botafogo de volta a Série A.

  2. Avatar

    FOGOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

Untitled Document