Série B: Com gol de Luan, Vasco bate Tupi e assume liderança - Diário do Vale
domingo, 26 de setembro de 2021 - 00:47 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Série B: Com gol de Luan, Vasco bate Tupi e assume liderança

Série B: Com gol de Luan, Vasco bate Tupi e assume liderança

Matéria publicada em 21 de maio de 2016, 18:20 horas

 


Vitória fez o Vasco completar 29 jogos seguidos sem perder enquanto o Galo Carijo segue sem nenhum ponto

Luan marcou de cabeça em cruzamento de Nenê (camisa 10) (Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

Luan marcou de cabeça em cruzamento de Nenê (camisa 10) (Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

Rio – Com um gol marcado pelo zagueiro Luan, o Vasco derrotou o Tupi por 1 a 0, em partida disputada na tarde deste sábado (21), em São Januário, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro da série B. O resultado fez a equipe carioca assumir a liderança da competição com seis pontos ganhos, enquanto o Tupi segue sem qualquer ponto ganho, na 18ª posição. A vitória fez o Vasco completar 29 jogos sem perder.
O Vasco mereceu o resultado, embora não tenha feito uma grande exibição. O time do técnico Jorginho sentiu a falta do atacante Riascos que voltou ao Cruzeiro e , além disso, perdeu o meia Andrezinho, lesionado no início da partida. O Tupi entrou com uma proposta defensiva, mas acabou sofrendo a segunda derrota consecutiva no torneio.

Na próxima rodada, o Vasco enfrentará o Vila Nova, no Serra Dourada. O Tupi vai receber o Paysandu, em Juiz de Fora

Primeiro tempo

Como era de se esperar, o Vasco começou a partida no ataque e, antes do primeiro minuto, já criou duas jogadas perigosas com Nenê e Julio dos Santos. A resposta do Tupi foi rápida e assustadora para o time da casa. Jonathan bateu forte, Martín Silva deu rebote e Filipe Alves carimbou o travessão, dando o primeiro grande susto na torcida cruz maltina.
Antes dos cinco minutos, o time dirigido por Jorginho sofreu uma grande perda. O meia Andrezinho sentiu o músculo posterior da coxa esquerda e pediu substituição. O jovem Evander entrou em seu lugar.
Aos 11 minutos, o goleiro Glaysson se atrapalhou ao tentar devolver a bola com os pés e quase era desarmado pelo atacante Thalles, mas Glaysson conseguiu afastar o perigo. Logo depois, Nenê bateu falta na entrada da área, mas a bola não levou perigo.
O Vasco dominava completamente, enquanto a equipe mineira apenas procurava se defender. Aos 17 minutos, nova falta na entrada da área. E Evander bateu mal, sem causar problema para o goleiro do Tupi.
Aos 22 minutos, Thalles recebeu na área, girou e chutou em cima do goleiro do Tupi. A equipe mineira não mostrava qualquer ambição ofensiva e se limitava a tentar bloquear as investidas da equipe carioca. Com o passar do tempo, o Vasco reduziu o ritmo e trocou a agressividade por troca de passes sem objetividade, causando irritação na torcida.
Mesmo sem jogar bem, o Vasco marcou o primeiro gol, aos 37 minutos.Nenê bateu falta e o zagueiro Luan se antecipou ao goleiro Glaysson para cabecear e colocar a bola nas redes.
Aos 45 minutos, o volante Marcelo Mattos partiu para o ataque e chutou forte. A bola desviou na zaga e saiu para escanteio. Na cobrança de Evander, o mesmo Marcelo Mattos cabeceou e mandou para fora.

Segundo tempo

O Vasco voltou mais agressivo para o segundo tempo. Nos primeiros minutos, o Tupi não conseguia se organizar e apenas se limitava a tentar destruir as investidas do time carioca. Aos 12 minutos, após levantamento na área, Rodrigo escorou para Thalles, mas a zaga bloqueou a conclusão do atacante.
O Tupi apareceu na área carioca aos 18 minutos quando o zagueiro Heitor apareceu livre e cabeceou por cima do travessão. O atacante Thalles não conseguia dar sequência às jogadas de ataque e irritava a torcida.
E a preocupação aumentou quando Jorge Henrique perdeu a bola e Marcos Serrato acertou o travessão de Martín Silva. O lance animou a equipe mineira que quase chegou ao empate aos 27 minutos, quando Henrique se aproveitou de escorada de Giancarlo para chutar forte e exigir grande defesa de Martín Silva.

Aos 32 minutos, a capacidade de reação do Tupi foi prejudicada com a expulsão do meia Jonathan que atingiu Evander, de forma violenta, e recebeu cartão vermelho. O meia cruz maltino acabou deixando a partida, sendo substituído pelo volante Diguinho.
O resto de paciência da torcida com o atacante Thalles acabou aos 37 minutos quando o atacante recebeu passe perfeito de Nenê e,inteiramente livre, conseguiu desperdiçar a jogada. O Vasco ainda perdeu mais uma oportunidade aos 42 minutos com Yago Pikachu que recebeu de Thalles e chutou em cima do goleiro Glayssson.
No último lance importante do jogo, o meia Nenê tentou surpreender o goleiro do Tupi na cobrança de escanteio, mas Glaysson evitou o “gol olímpico”.

FICHA TÉCNICA
VASCO-RJ 1 X 0 TUPI-MG

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 21 de maio de 2016 (Sábado)
Horário: 16h(de Brasília)
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)
Assistentes: Pedro Jorge Santos de Araujo (AL) e Brigida Cirilo Ferreira (AL)
Público: 4.460 pagantes
Cartão Amarelo: Yago Pikachu, Evander, Thalles e Martín Silva(Vas); Fillippe Formiga, Rafael Jataí(Tupi)
Cartão Vermelho: Jonathan(Tupi)
Gols:
VASCO: Luan, aos 37 minutos do primeiro tempo
VASCO: Martín Silva, Yago Pikachu, Rodrigo, Luan e Julio Cesar(Henrique); Marcelo Mattos, Julio dos Santos, Andrezinho(Evander)(Diguinho) e Nenê; Jorge Henrique e Thalles
Técnico: Jorginho

TUPI: Glaysson, Filippe Formiga, Heitor, Rodolfo Mol e Bruno Costa; Rafael Jataí, Fillippe Alves(Henrique), Marcos Serrato e Jonathan; Thiago Silvy(Ygor) e Giancarlo(Gabriel Sacilotto)
Técnico: Ricardo Drubscky


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document