domingo, 19 de setembro de 2021 - 02:22 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Sport bate Fluminense e encerra jejum

Sport bate Fluminense e encerra jejum

Matéria publicada em 13 de setembro de 2015, 20:57 horas

 


Só olhando: Fluminense contou com a volta de Fred, que pouco fez na partida deste domingo

Só olhando: Fluminense contou com a volta de Fred, que pouco fez na partida deste domingo (Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C.)

São Lourenço da Mata – Depois de dez partidas sem vencer, o Sport finalmente quebrou o jejum na noite deste domingo, na Arena Pernambuco. O Leão da Ilha do Retiro derrotou o Fluminense por 1 a 0, gol marcado por Danilo, no primeiro tempo. O resultado fez a equipe das Laranjeiras completar seu sexto jogo sem conhecer o sabor de uma vitória, o que deve agravar a crise no clube carioca.
O Sport agora subiu para a décima posição com 36 pontos ganhos, enquanto o Fluminense caiu para a 11ª posição com 34 pontos.
O jogo foi de baixa qualidade técnica, e o Sport mais objetivo. O rubro-negro pernambucano marcou no início da partida e soube defender o resultado diante de um adversário desorganizado.
Na próxima rodada, o Sport vai enfrentar o Joinville, enquanto o Fluminense vai encarar o Palmeiras, no Maracanã.

Primeiro tempo

Vestido de azul, homenageando a casa real holandesa, o Sport entrou em campo com uma formação ofensiva, escalado com apenas um volante. O Fluminense marcava na entrada da sua área, mantendo apenas Fred, isolado, na frente.
Aos cinco minutos, Gerson foi lançado na corrida e foi derrubado por Durval na entrada da área. Os tricolores pediram a aplicação de cartão vermelho, mas o árbitro apenas advertiu o zagueiro com o cartão amarelo. Na cobrança, Jean bateu forte e a bola tirou tinta da trave esquerda do gol defendido por Danilo Fernandes.
O Sport concentrava muita gente na frente, mas a bola não chegava aos atacantes. O Fluminense atuava mais recuado, mas explorava os espaços concedidos pelo adversário para partir em velocidade.
O tricolor carioca tocava melhor a bola, enquanto o Sport não conseguia trocar passes, demonstrando muito nervosismo. Aos 16 minutos, o lateral Léo penetrou pela esquerda e bateu por cima do travessão.
Mesmo sem jogar bem, o Leão da Ilha saiu na frente, aos 17 minutos. André foi lançado na área e recuou, de calcanhar, para Danilo que mandou a bomba, sem chances de defesa para Diego Cavalieri. Foi o primeiro gol do lateral no Campeonato Brasileiro.
Depois de abrir vantagem, o time pernambucano se acalmou e passou a tocar a bola com mais objetividade. O Fluminense passou a mostrar nervosismo e apelar para faltas que renderam advertências para Gum e Edson.
Aos 28 minutos, Gum falhou ao tentar cortar um lançamento e Diego Cavalieri saiu com os pés para cortar uma investida de Maikon Leite. Dois minutos depois, após boa troca de passes, Marlone cruzou para André, mas o goleiro Diego Cavalieri saiu para cortar.
Aos 32 minutos, Diego Souza bateu falta, da intermediária, e Diego Cavalieri espalmou para escanteio.
O Fluminense não mostrava qualquer inspiração e não conseguia fazer a bola chegar até Fred que reclamava muito dos seus companheiros. Só aos 38 minutos é que o time tricolor reapareceu na área pernambucana e Jean concluiu por cima do travessão. Logo depois, o goleiro Danilo Fernandes teve que sair do gol para socar a bola e afastar o perigo da área rubro-negra.

Segundo tempo

O Sport voltou para o segundo tempo com o meia Régis no lugar do atacante Maikon Leite. E com uma marcação mais adiantada, tentando atrapalhar a troca de passes da equipe carioca.
Aos nove minutos, Diego Souza invadiu pela esquerda e chutou cruzado, mas a bola desviou na zaga e saiu para escanteio. Insatisfeito com o rendimento da equipe, o técnico Enderson Moreira colocou Michael e Osvaldo em campo, nas vagas de Gustavo Scarpa e Marcos Junior. Aos 16 minutos, Durval derrubou Fred na entrada da área. Na cobrança, Jean acertou a barreira pernambucana e desperdiçou a oportunidade.
Aos 21 minutos, Gerson arriscou o chute, a bola desviou em Rithely e encobriu o travessão de Danilo Fernandes. O técnico Eduardo Baptista também alterou sua equipe, e assim que entrou, Régis exigiu uma defesa difícil de Diego Cavalieri.
Os dois times mostravam muita irregularidade, errando passes em demasia e pouco construindo em termos ofensivos. O Fluminense ficava mais tempo com a bola, mas não conseguia organizar ações objetivas de ataque. O Sport apenas se defendia e apelava para os chutões, inviabilizando qualquer ação bem construída.
Aos 41 minutos, Vinicius bateu falta e Danilo Fernandes fez grande defesa, impedindo o gol do empate.
Nos minutos finais, o Sport recuou para defender o resultado e o Fluminense atacou em busca do gol do empate, mas não conseguiu furar a defesa rubro-negra.

Ficha técnica
Sport 1 X 0 Fluminense

Local: Arena Pernambuco, em Recife (PE)
Data: 13 de setembro de 2015 (Domingo)
Horário: 18h30(de Brasília)
Público: 6.939 presentes
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-SC)
Assistentes: Nadine Schramm Camara Bastos (Fifa-SC) e Ivan Carlos Bohn (PR)
Cartão Amarelo: Durval, Matheus Ferraz(Spo); Gum, Edson, Jean(Flu)
Gols: Sport: Danilo, aos 17 minutos do primeiro tempo

Sport: Danilo Fernandes, Ferrugem, Matheus Ferraz, Durval e Danilo; Rithely, Marlone( Elberl)e Diego Souza; Maikon Leite(Régis), Hernane e André(Wendell)
Técnico: Eduardo Baptista

Fluminense: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Gum, Marlon e Léo; Edson( Vinicius), Jean, Gerson, Marcos Junior(Osvaldo) e Gustavo Scarpa(Michael); Fred
Técnico: Enderson Moreira


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document