>
quarta-feira, 6 de julho de 2022 - 19:02 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Taekwondo faz parte do projeto de iniciação desportiva em Volta Redonda

Taekwondo faz parte do projeto de iniciação desportiva em Volta Redonda

Matéria publicada em 13 de maio de 2018, 10:00 horas

 


Alunos têm a chance de praticar arte marcial para desenvolver habilidades e iniciação esportiva


Volta Redonda – 
Desde agosto do ano passado, o taekwondo, arte marcial de origem coreana e esporte olímpico desde 2000, faz parte do Programa de Iniciação Desportiva (PID) desenvolvido pela Smel (secretaria municipal de Esporte e Lazer). De acordo com o mestre Fabiano Ferreira Mendonça, com 32 anos dedicados ao taekwondo e faixa preta e 4º Dan, a ideia de incluir esta arte marcial surgiu através de uma conversa com o prefeito Samuca Silva.

Em seguida, foi feito contato com a Secretária Municipal de Esportes e Lazer, Maria Paula Tavares, a Paulinha, e a modaçlidade foi incluída no PID. Fabiano se tornou coordenador do programa com a modalidade e desde agosto do ano passado o projeto está em andamento.

Segundo subsecretária da Smel, Patrícia Monlevad, o programa de iniciação desportiva abrange 13 modalidades esportivas em diferentes bairros da cidade. No caso específico do taekwondo, estão inseridos 150 alunos a partir dos seis anos. Fabiano explicou que o objetivo do projeto é retirar as crianças das ruas e promover a iniciação esportiva.

– Acredito que esta modalidade esportiva é muito importante para a formação de jovens, mas também para adultos, pois proporciona disciplina, coordenação motora, respeito e convivência em grupo. O projeto ainda atende pessoas com deficiência (PCD), totalizando 12 alunos nos cinco ginásios em que o projeto é desenvolvido – diz.

Fabiano lembra que os locais onde o projeto está sendo desenvolvido atualmente são os ginásios da São Geraldo; Ilha São João; Vila Rica/Três Poços; Retiro; e Santo Agostinho, onde as aulas acontecem duas vezes por semana. Patrícia lembra que, como ocorre com as demais modalidades do PID, a intenção da Smel é ampliar o projeto para mais bairros da cidade.

– A ideia do projeto é ampliar em mais locais as aulas de taekwondo e formar atletas para competir em torneios estaduais e nacionais e a nossa esperança é que os próximos governos deem continuidade a esse projeto. Outra intenção desse trabalho é dar mais qualidade aos alunos buscando apoio de profissionais capacitados como professores de taekwondo e o próprio mestre Fabiano – ressalta.

Fabiano afirma que ao longo do trabalho já é possível perceber alguns alunos com destaque.

– Algumas crianças do projeto já participam de competições regionais e se destacaram. O prefeito Samuca também tem nos apoiado nas competições, através de ajuda no translado e alimentação – confirmou.

Moradora do Bairro São Geraldo, Janaína Aparecida Viana de Oliveira é mãe de Ana Clara, de 9 anos. A pequena é aluna do projeto desde o início e já colhe frutos do aprendizado.

– Observo que o comportamento dela melhorou bastante depois que entrou no projeto se tornando mais disciplinada e dedicada – declara.
Ana Clara é faixa amarela ponta verde 7º Gub e afirma que gosta de participar de competições e de ganhar medalhas. “Pretendo praticar até crescer e chegar na faixa preta” diz empolgada.

Fabiano ressalta que sempre está cobrando dos alunos dedicação e boas notas nos estudos, além de bom comportamento. “Observo que as crianças do projeto se dedicam mais que as crianças de academias de artes marciais pagas. E como o taekwondo é um esporte caro, sempre procuro ajudar de alguma forma os alunos durante os exames de faixas e competições. Em relação a competições, a próxima será no dia 05 de agosto em um torneio intermunicipal e com apoio da prefeitura”, disse.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Meus parabéns Mestre Fabiano pelo excelente trabalho perante aos jovens carentes da nossa cidade…………

Untitled Document