sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Tite convoca sete campeões olímpicos

Tite convoca sete campeões olímpicos

Matéria publicada em 22 de agosto de 2016, 15:20 horas

 


Rio – Com sete jogadores campeões olímpicos e a volta do lateral esquerdo Marcelo, Tite realizou nesta segunda-feira (22) a primeira convocação como técnico da Seleção Brasileira. Os convocados defenderão a Seleção nos jogos contra o Equador, no dia 1 de setembro, em Quito, e diante da Colômbia, no dia 6, em Manaus.

As partidas, válidas pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, são fundamentais para o Brasil alcançar as primeiras posições na tabela. Com nove pontos, o time canarinho ocupa apenas a sexta colocação e está fora da zona classificatória para o Mundial da Rússia.

Tite afirmou que a lista de convocados foi elaborada antes da goleada por 6 a 0 sobre Honduras, válida pela semifinal das Olimpíadas. Dos sete jogadores que conquistaram a inédita medalha de ouro, apenas dois estrearão pela equipe principal: o goleiro Weverton, do Atlético-PR, e o atacante Gabriel Jesus, do Palmeiras.

Já os atacantes Neymar, do Barcelona, e Gabigol, do Santos, o meia Renato Augusto, do chinês Beijing Guoan, e os zagueiros Marquinhos, do PSG, e Rodrigo Caio, do São Paulo, eram nomes que já haviam disputado partidas pela Seleção Brasileira.

Tite, inclusive, prestou apoio ao técnico Rogério Micale nos momentos de maior dificuldade nas Olimpíadas do Rio de Janeiro. O treinador visitou a equipe olímpica após os empates sem gols nas duas primeiras rodadas, contra a África do Sul e Iraque, para conversar com os garotos. Após a visita, o time canarinho engrenou boas atuações e chegou à medalha de ouro no último sábado, ao derrotar a Alemanha nos pênaltis, no Maracanã.

“O legado fica com um senso de equipe forte, no momento difícil que enfrentamos, o carinho do torcedor que senti na arquibancada assistindo ao jogo. O carinho que o torcedor passou para a Seleção Brasileira na final. Precisamos desse carinho e compreensão. Falo de algo maior e que faça o atleta se sentir bem. Quando se olha para o lado e vê um carinho, um abraço, me entendo como torcedor e sinto toda essa emoção. Fica esse legado. E um pedido também”, disse Tite.

Além dos campeões olímpicos, chama a atenção na lista de Tite a volta do lateral Marcelo, do Real Madrid. Apesar de ser um dos brasileiros de maior prestígio no futebol europeu, o jogador não agradava o técnico Dunga e não vinha aparecendo nas últimas convocações. O zagueiro Thiago Silva (PSG), que também era desafeto do último treinador, não foi chamado por Tite.

Outras surpresas dizem respeito às convocações do lateral Fagner, do Corinthians, e do meio-campista Paulinho, do Guangzhou Evergrande-CHI. Ambos trabalharam com Tite no Timão e são nomes de confiança do técnico. O atacante Taison, do Shakhtar Donetsk-UCR, é outro jogador que voltou aos radares da Seleção com Tite.

Willian, do Chelsea, sofreu uma lesão enquanto defendia o clube inglês, neste fim de semana, e será avaliado antes de se juntar ao grupo canarinho. Se o problema impedir o jogador de entrar em campo, Tite definirá um substituto antes da viagem para Quito.

O meia Paulo Henrique Ganso, que trocou o São Paulo pelo espanhol Sevilla, continua fora da Seleção. Ele chegou a figurar na pré-lista de convocados para a Copa América Centenário, mas não integrou o grupo que disputou a competição. O volante corintiano Elias, titular absoluto com Dunga, ficou fora da relação por não ter emplacado uma sequência de jogos desde que se recuperou de uma fratura na costela, sofrida em junho.

Tite foi oficializado como técnico da Seleção no dia 15 de junho. Ele foi contratado para ocupar o posto que era de Dunga. O ex-capitão do Brasil foi demitido ao acumular um desempenho ruim nas Eliminatórias à Copa do Mundo de 2018 e fracassar na disputa da Copa América Centenário.

Assim que assumiu o cargo, Tite passou a acompanhar de perto o desempenho de nomes que lhe agradam no futebol nacional. O técnico acompanhou diversos jogos do Campeonato Brasileiro e também assistiu a amistosos que foram disputados entre clubes europeus. Ainda estão nos planos de Tite visitas aos centros de treinamento de times brasileiros para estudar o trabalho desenvolvido por outros treinadores de futebol.

NOVO CAPITÃO

Tite confirmou que Neymar pediu para não exercer mais a função de capitão após a final olímpica, mas disse que não tomou uma decisão sobre o assunto.

“Dei um abraço no Neymar [após a decisão] e ele disse: “Não quero ser capitão”. Eu falei: “Curte com sua família e deixa isso para depois”. A liderança tem muitos aspectos técnicos. Ele é um líder técnico. Tem o aspecto de falar com o público. Muitos podem ser dentro dessas diversas facetas”, afirmou Tite, que pediu tempo para definir que usará a braçadeira na Seleção.

MEDALHA NA FACHADA – A fachada do prédio da CBF no Rio de Janeiro ganhou uma gigante medalha de ouro na manhã desta segunda-feira, data da primeira convocação de Tite como técnico da Seleção Brasileira de futebol. A novidade é para celebrar a inédita conquista do título olímpico, no sábado.

O Brasil conquistou seu primeiro ouro olímpico no futebol ao vencer a Alemanha na disputa de pênaltis, após empate por 1 a 1, no Maracanã. O time tinha sido medalha de prata em Londres 2012, Seul 1988 e Los Angeles 1984, e bronze em Pequim 2008 e Atlanta 1996.

Veja a lista com os jogadores convocados por Tite:

Goleiros: Alisson (Roma-ITA) Marcelo Grohe (Grêmio) e Weverton (Atlético-PR)
Zagueiros: Gil (Shandong Luneng-CHI), Marquinhos (Paris Saint-Germain-FRA), Miranda (Inter de Milão-ITA) e Rodrigo Caio (São Paulo)
Laterais: Daniel Alves (Juventus-ITA), Fagner (Corinthians), Filipe Luís (Atlético de Madri-ESP) e Marcelo (Real Madrid-ESP)
Meio-campistas: Casemiro (Real Madrid-ESP), Giuliano (Zenit-RUS), Lucas Lima (Santos), Paulinho (Guangzhou Evergrande-CHI), Philippe Coutinho (Liverpool-ING), Rafael Carioca (Atlético-MG), Renato Augusto (Beijing Guoan-CHI) e Willian (Chelsea-ING)
Atacantes: Gabriel (Santos), Gabriel Jesus (Palmeiras), Neymar (Barcelona-ESP) e Taison (Shakhtar Donetsk-UCR)


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document