quinta-feira, 16 de julho de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Toninho Andrade considera bom teste empate com Bangu

Toninho Andrade considera bom teste empate com Bangu

Matéria publicada em 27 de dezembro de 2018, 15:55 horas

 


Rio – Foram três jogos treinos, com uma vitória, um empate e uma derrota. O Voltaço bateu o Esporte Clube Resende por 3 a 2 e acabou derrotado por 3 a 0 pela Cabofriense. Na manhã desta quinta-feira (27), empatou em 1 a 1 contra o Bangu, no Rio de Janeiro.

Wandinho foi o autor do gol do Voltaço, que ficou a frente no marcador até aos 46 minutos segundo tempo, quando o árbitro marcou pênalti contra o time da cidade do Aço. Com isso, a equipe de Moça Bonita conseguiu empatar a partida.

“Gostei da evolução da equipe, que vem ganhando corpo e tem tudo para fazer um bom campeonato. Ainda estamos em preparação e a tendência é que nos próximos treinamentos o time melhore ainda mais”, disse o técnico Toninho Andrade.

Os dois gols do jogo foram marcados na segunda etapa. Wandinho, no começo do segundo tempo, marcou o gol tricolor. O empate dos donos casa veio com Alex Azeredo, no final da partida e com os times já muito modificados.

O Voltaço iniciou o jogo com: Douglas Borges; Luís Gustavo, Heitor, Daniel Felipe e Luiz Paulo; Bruno Barra, Bileu e Marcelo; Wandinho, João Carlos e Douglas Lima.

O elenco terá uma sequência de jogos no início do ano, que começa no dia 3, em Volta Redonda, contra o Flamengo de Guanambi (BA). O time adversário tem no elenco alguns jogadores de renome, como o Português Fábio Paim, com passagem pelo Sporting e pela Seleção de Base Portuguesa e Caio, que já atuou no futebol italiano pela Roma. Léo Guerreiro e Yago são atletas conhecidos dos torcedores do Voltaço.

No dia 5, o time da Cidade do Aço vai a Juiz de Fora (MG) para encarar o Tupi e no dia 12 deve encarar a Tombense, em Volta Redonda, para apresentação oficial do time, que no dia 29 estreia no Campeonato Estadual contra o Fluminense, no Rio.

Clube renova contrato máster

No inicio da manhã desta quinta-feira (27), a direção do Volta Redonda confirmou a renovação do contrato com a Orthopride, para naus uma temporada como patrocinador máster do clube. É o quarto ano consecutivo que a empresa que tem ramificação em vários estados do país estampa a sua marca nas camisas do time da Cidade do Aço.
– Temos que agradecer a direção da Orthopride que acredita em nosso trabalho e demonstra uma visão profissional apostando num clube que representa uma importante cidade do Sul Fluminense que é também uma das mais ricas do Estado do Rio – disse o vice presidente Flávio Horta Junior.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

28 comentários

  1. Avatar

    Sózinho, que se diz ser REALISTA. Caia na real e veja que tem muitos times com poderios financeiros menores que o Voltaço e fizeram times a altura e superiores ao Voltaço.
    Não vou mais dar minha opinião e vou torcer INDO AO ESTÁDIO para o Voltaço NÃO CAIR.
    VAMOS VER QUAL VAI SER O RESULTADO?

  2. Avatar

    Torcedor de Ouro, na boa, não entendo como você vem aqui falar mal do VRFC se o Barra Mansa não disputa nada….se você tivesse consciência torceria pro nosso Voltaço, porque quem sabe daqui uns 30 anos o Baba Mansa dispute uma Série D do Brasileiro ou Carioca ou então continua sendo amador, que é o que esse clubinho é hoje.

  3. Avatar
    Torcedor de ouro BMFC

    O Volta redonda é o América no futuro, sem time com menos de 30 torcedores…. vergonha regional

  4. Avatar

    Aos pessimistas de plantão:
    Sugiro que saim do conforto de seus lares e tornem-se sócios do clube. Com valor arrecadado dos sócios, o VRFC poderá arcar com jogadores que exigem salários que estão fora da realidade do clube neste momento.
    Para vocês eu gostaria de deixar uma pergunta dentro de uma simulação: hipoteticamente você tem um salário de 5 mil reais e não possui poupança e faz uma compra à vista de 8 mil reais. Poderá fazer?? Claro que não! É assim o Voltaço que possui limitação financeira (entendo que não é o desejo de ninguém ficar nesta situação) e tem suas responsabilidades com quem já está no elenco, bem como toda estrutura administrativa que tem por trás do nome.
    Ficar aqui criticando isso ou aquilo não leva a lugar nenhum. O verdadeiro torcedor tem que ir aos jogos para apoiar o time. Ficar como ‘papagaio-de-pirata’ aparecendo só nos bons momentos é falta de caráter.

    • Avatar

      Sozinho, o seu comentário está de acordo com com sua publicação: SOZINHO.
      Por favor olhe a REALIDADE e vai ver para onde estamos indo?
      Olhe os resultados e verás? Você acha normal perder do Cabrofriense de 3×0.
      Ano passado foi a mesma coisa, começamos mal e fomos rebaixados no carioca, o que nos salvo foi o TAPETÃO. E no Brasileiro: Quando esta Diretoria, disse em ALTO E BOM SOM que a prioridadade era o Brasileiro. E MUITO POUCO FOMOS REBAIXADOS.
      Pergunto: O que adianta ser otimista, se o que estamos presenciando é justamente o contrário.

    • Avatar

      Carlo Carlos, parece que você só leu as partes que lhe interessavam no meu comentário. Não sou nem otimista, nem pessimista. Sou REALISTA.
      Por favor, leia novamente a minha simulação e o início de meu comentário. Sem dinheiro, não tem jogador de nível acima das condições financeiras do clube. Caso você tenha uma cartola mágica com a solução, por favor, dirija-se à Sede Administrativa e apresente-a. Lá funciona em horário comercial.
      Ah…tudo indica que você é daquela turma que só fica aqui no teclado criticando e só vai aos jogos quando o time começa a engrenar, não é?? Sugiro que saia do estábulo e torne-se sócio e assim ajudará o VRFC ter reforço de caixa para atender seus anseios (que não é exclusividade sua mas de toda a torcida). Passar bem!

  5. Avatar

    Existe SIM PREOCUPAÇÃO. Na vida não podemos pensar PEQUENO e SIM ALMEJAR SEMPRE MELHORAR.
    INFELIZMENTE, estes Dirigentes (Família Horta e Zadas) pensam PEQUENO. Certamente vai ser mais um ano de SOFRIMENTO, só um Milagre para isso não ocorrer. Contratações mal feitas, jogadores de times que caíram de divisões, vide Boa Esporte. Éramos para ter um Plantel de jogadores vencedores para estes campeonatos Medícocres, como o Carioca principalmente. Times iguais ao VOLTA REDONDA, estão em melhores condições: Boa Vista (Dubay) e outros com contratações para fazer frente aos times da capital.
    E O VOLTA REDONDA? Contratações medíocres que certamente não chegar a lugar nenhum em qualquer campeonato que venha a disputar.

  6. Avatar

    O Voltaço cada ano que entra, é a mesma cantilena, infelizmente só contratam perebas, jogadores com
    perfil de time amador, um presidente que só pensa pequeno não pode chagar a lugar nenhum.
    Quem viver, verá.

  7. Avatar

    Preocupante mesmo, sei que devemos dar tempo ao tempo, mas me parece que será tudo igual à 2018…..time fraco e sem grandes investimentos…..diretoria não tem competência, cheguei a essa conclusão…..que Deus ajude ao nosso Voltaço em 2019.

  8. Avatar

    Torço para que não, mais ta osso torcer pro Voltaço com este time.

  9. Avatar

    Procuro acompanhar de perto as noticias do Voltaço, afinal é meu time de coração.
    Penso que seriam necessárias contratações de pelo menos três reforços de bom nível. Um lateral, um armador e um atacante matador (igual ao que perdemos Deivid Batista).
    Outro detalhe é que foi montada uma colcha de retalhos com jogadores vindos de vários lugares e esses jogadores precisam atuar no Raulino pelo menos dois jogos treinos para conhecer as dimensões do campo , o estadio em que mandarão seus jogos, além de permitir ao torcedor conhecer e avaliar o real potencial do time. Chegou a hora de colocar o time titular apenas meio tempo de jogo nos amistosos. Eles precisam ganhar entrosamento, ritmo de jogo para a estréia.

  10. Avatar

    Cabofriense em pinheral
    Boa Vista em Dubai
    e o Voltaço no Aero, sem contratar , com os mesmo problemas e com uma das maiores verbas dos pequenos. Isso é uma vergonha ! nao estavam somente esperando as eleições pra anunciar as contratações? Esse Zada com essa diretoria é de dar nojo , só nao enxerga quem nao quer

  11. Avatar

    Feliz 2019 para voces.
    No próximo ano o sofrimento continua !!!!

  12. Avatar

    Voltaço, ranso de time pequeno, sempre pequeno, mentalidade pequena, treinador com mentalidade
    pequena, jogadores com perfil de time pequeno, presidente com idéias pequenas. Entra ano e sai
    ano é a mesma ladaínha, não tem torcedores, tem alguns poucos abnegados. Vou torcer para que
    no ano de 2019, seja menos ruim. É um cenário desanimador.

  13. Avatar

    seletiva no Rio final de 2019, e serie D em 2020 vamos ser realista.

  14. Avatar

    Puttz vamos ter que aturar esse Bruno Barra de novo ….

  15. Avatar

    Calma Joaquim o Voltaço nem estreou e você já quer trocar o técnico ?? Deixa o cara trabalhar. No ano passado por pressão de torcedores a diretoria trocou de técnico três vezes e o time só não caiu para a segunda divisão porque o Macaé fez besteira.

  16. Avatar

    E parabenizo a diretoria pela manutenção do patrocínio master. É difícil para clubes grandes, mais ainda para um de menor investimento, mesmo um de visibilidade como o Voltaço…

  17. Avatar

    Estou profundamente preocupado com o ano do Voltaço. As mesmas desculpas de 365 dias atrás, os mesmos resultados ruins… A mesma falha no planejamento que demorou para identificar e corrigir um time que era ruim não pelo pouco tempo de preparação, mas sim por deficiência técnica mesmo, além do preparo físico deficitário: Voltaço foi quase sempre mais lento e se cansava mais rápido que seus adversários… Esse time atual, no papel é pior que o do ano passado…

    • Avatar
      capeta da grota do Santa cruz

      o time de casado e solteiro do vila coringa dar de 10 a 0 no voltaco

    • Avatar

      Então ele deveria estar no lugar do Lerdão do Sul… VC não é morador do Santão, é só um reles barramansuíno disfarçado. Estou te manjando de outras postagens…

  18. Avatar

    Uma dica para o Voltaço o Valdir foi demitido do Vasco ele é um excelente treinador melhor que esse que aí está.

Untitled Document