quinta-feira, 2 de dezembro de 2021 - 15:12 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Valencianos são destaque em competição internacional

Valencianos são destaque em competição internacional

Matéria publicada em 6 de agosto de 2019, 18:08 horas

 


Atletas de Valença brilharam em competição disputada na Itália


Valença – 
Neste fim de semana, dois valencianos participaram do Campeonato Mundial de Skyrunning, a corrida de montanha, realizado na cidade de L’Aquila, na Itália. O jovem Carlos Henrique, conhecido como Kakazinho, e Igor Reis foram destaques da Seleção Brasileira e estiveram entre os melhores colocados na competição. Um tem apenas 16 anos e trabalha com o pai. O outro é servente de pedreiro e vence o cansaço do dia de trabalho para treinar à noite.

Kakazinho foi o destaque geral da Seleção Brasileira. Na prova de Km Vertical ele foi o melhor brasileiro da prova e o 11º colocado no geral da categoria Youth A. Já no Sky Race, o atleta foi novamente o melhor colocado entre os brasileiros, além de ser o 13º de sua categoria. Com seu excelente desempenho, o atleta foi o 10º colocado na somatória de pontos das provas.

Já Igor, companheiro de treinos de Kakazinho, foi o terceiro melhor brasileiro na prova de Km Vertical de sua categoria e no Sky Race foi o 4º colocado entre os brasileiros. No geral, Igor foi o 22º melhor corredor de skyrunning do mundo.

Histórias de superação

Kakazinho tem apenas 16 anos e concilia os estudos com a responsabilidade de ajudar o pai em sua oficina de motos na garagem de casa, auxiliando no sustento da família. Já Igor, de 21 anos, é servente de pedreiro e se desdobra para conseguir treinar após a dura rotina de trabalho nos canteiros de obra. O sonho dos jovens de disputar o Mundial na Itália só foi possível graças ao patrocínio máster oferecido pelo Centro Universitário de Valença – UNIFAA, mantido pela Fundação Educacional Dom André Arcoverde, que reconheceu o talento e esforço dos meninos e ofereceu o merecido apoio.

O que é o Skyrunning

O Skyrunning é uma modalidade de corrida de montanha onde se atinge mais de dois mil metros de altura, com ganho de inclinação de 30% que não exija escalada. O esporte chama atenção exatamente pelas grandes inclinações atingidas. Outro grande desafio da modalidade são os caminhos percorridos, que variam entre trilhas, pedras e neve.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Parabéns aos jovens! São exemplos de garra e determinação!

Untitled Document