quarta-feira, 21 de agosto de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Vasco empata com Corinthians em Manaus

Vasco empata com Corinthians em Manaus

Matéria publicada em 5 de maio de 2019, 08:34 horas

 


Manaus –  Na noite desse sábado, atuando como visitante na Arena da Amazônia, o Corinthians arrancou um empate por 1 a 1 com o Vasco graças a um golaço de Mateus Vital em jogada puramente individual pela ponta esquerda. Ainda no primeiro tempo, o VAR entrou em ação para o árbitro enxergar pênalti de Carlos em Rossi. Maxi Lopez não perdoou.

Os cariocas alcançaram o primeiro ponto depois de três rodadas, enquanto os corintianos chegaram a quatro pontos, temporariamente na quinta colocação na tabela de classificação.

Marcos Valadares resolveu fazer cinco mudanças no time do Vasco em busca de uma reação da equipe vascaína. Já Carille deixou seis titulares em São Paulo e apostou em um time bastante modificado para o duelo no norte do país.

Nesse cenário o que se viu no primeiro tempo foi um Vasco com muito mais apetite pela vitória. É bem verdade que os cariocas foram para cima na base da velocidade e da vontade, nem tanto pela técnica. De qualquer forma, colocaram os paulistas em dificuldade.

A bola chegava à área de Cássio, principalmente por meio de cruzamentos perigosos e deixava os corintianos aflitos. A salvação do Corinthians se deu pelo talento individual de Mateus Vital.

A cria vascaína, que já fora fatal no duelo pelo Brasileirão do ano passado, voltou a brilhar justamente contra seu ex-time. Em linda jogada individual pela ponta esquerda, o camisa 22 entrou na área, se manteve em pé e bateu sem chances para Sidão, que fazia nesse sábado sua estreia no gol vascaíno.

O gol, porém, refletiu em um recuo ainda mais acentuado dos corintianos. O castigo pela postura nada ousada aconteceu aos 35. Carlos atropelou Rossi dentro da área Rodrigo D’alonso Ferreira precisou de três minutos no vídeo para mudar de ideia e assinalar o pênalti. Na cobrança, Maxi López não deu a mínima chance para Cássio.

O panorama se manteve para a etapa final. Carille, então, colocou Clayson, Ramiro e Pedrinho nas vagas de André Luis, Richard e Vital. As trocas “seis por meia dúzia” não mudaram a postura da equipe em campo. Apenas serviram para dar mais fôlego ao time.

Valdívia, Jairinho e Bruno César mantiveram ao plano do Vasco de buscar a todo custo os primeiros três pontos no Brasileirão, enquanto o Corinthians parecia satisfeito com o empate, especulando apenas os contra-ataques.

Assim, sem grande inspiração de lado a lado, o placar não foi mais alterado. E o apito final acabou por frustrar a todos, tanto dentro quanto fora de campo.

Se o desgaste físico e o grande problema acusado pelo Corinthians, agora o time terá uma semana livre pela frente. O próximo desafio é o Grêmio, sábado, em Itaquera. O Vasco, que conseguiu seu primeiro ponto na competição, reeditará o confronto com o Santos, no Pacaembu, no dia seguinte. Os alvinegros se enfrentaram recentemente pela Copa do Brasil, e deu Peixe.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document