sábado, 31 de julho de 2021 - 03:04 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Vasco empata e elimina o Flamengo na Copa do Brasil

Vasco empata e elimina o Flamengo na Copa do Brasil

Matéria publicada em 27 de agosto de 2015, 00:30 horas

 


No jogo de ida, a equipe Cruzmaltina havia vencido por 1 a 0 e com isso assegurou a vaga

Vasco
Rio – 
O Vasco continua imbatível no confronto com os clubes cariocas. Na noite desta quarta-feira, no Maracanã, o time de São Januário empatou por 1 a 1 com o Flamengo e garantiu a classificação para as quartas-de-final da Copa do Brasil. No jogo de ida, a equipe cruz-maltina havia vencido por 1 a 0.
Madson, contra, marcou para o Flamengo e Rafael Silva empatou para o Vasco.

O time rubro-negro começou melhor, mas perdeu os atacantes Guerrero e Ederson ainda no primeiro tempo, e acabou sendo dominado pelo adversário que voltou melhor no segundo tempo e conseguiu o resultado que garantiu a sua vaga para a próxima etapa da competição nacional.

O jogo

Como se esperava, o Flamengo começou no ataque e,antes do primeiro minuto, criou o primeiro momento de perigo. Guerrero inve stiu pela direita e lançou Ederson que chutou fraco, para boa defesa de Martín Silva. No minuto seguinte, o time rubro-negro voltou a incomodar com novo chute de Ederson que desviou em Christiano e acabou nas mãos de Martín Silva.

O Vasco não conseguia sair da defesa e a pressão rubro-negra acabou se transformando em gol, aos cinco minutos. Após cobrança de escanteio, Jorge chutou cruzado. A bola desviou em Madson e enganou o goleiro Martín Silva. O árbitro chegou a invalidar o lance, atendendo ao apelo do assistente, mas depois resolveu confirmar o gol para revolta dos jogadores cruz-maltinos.

Aos nove minutos, o time de São Januário chegou, pela primeira vez, ao ataque em cobrança de falta executada por Rodrigo. O goleiro Paulo Victor teve grande dificuldade para fazer a defesa.
Aos 11 minutos, Paolo Guerrero que passou a semana lançando provocações ao adversário foi atingido no tornozelo pelo volante Serginho. Depois de alguns minutos de atendimento, o peruano foi substituído por Paulinho.

O Vasco avançou para buscar o gol do empate e, aos 20 minutos, Paulo Victor teve que sair de soco para aliviar o perigo, após cruzamento de Nenê.
Com a saída de Guerrero, Ederson passou a atuar mais adiantado, enquanto Paulinho passou a ocupar a extrema direita. Sem criatividade, o Vasco só chegava na área rubro-negra em lances de bola parada como aconteceu aos 28 minutos, quando Nenê levantou na área e Paulo Victor saiu para cortar.

Aos 33 minutos, o Flamengo também ficou sem Ederson que deixou o campo lesionado. Marcelo Cirino entrou em seu lugar. Além dos dois lesionados que foram substituídos, Paulo Victor também preocupa. O goleiro teve que ser atendido duas vezes, pelo departamento médico, após intervir em cruzamentos. Aos 37 minutos, Jorge Henrique caiu na área após choque com Paulinho na área e pediu a marcação de pênalti, mas o árbitro mandou o jogo seguir.

O Vasco era mais ofensivo e, aos 42 minutos, Julio dos Santos enfiou a bola para a penetração de Riascos, mas Paulo Victor chegou primeiro e afastou com os pés.
O segundo tempo começou com uma jogada desperdiçada pelo ataque do Flamengo. Marcelo Cirino se livrou da marcação de Rodrigo e lançou Paulinho que chutou muito mal e mandou a bola para a lateral.

O Vasco voltou com os mesmos erros cometidos no primeiro tempo, sem conseguir criar jogadas destaque, limitando-se a cruzar bolas na área, facilitando a tarefa da defesa rubro-negra. Os jogadores das duas equipes se mostravam muito irritados, discutindo a cada lance dividido. Aos 11 minutos, Madson cruzou da direita e Riascos cabeceou fraco para defesa, sem dificuldades, de Paulo Victor. Sem Guerrero e Ederson, o Flamengo dependia apenas das arrancadas de Emerson Sheik e dos chutes de longa distância de Everton. O Vasco teve a melhor oportunidade, aos 14 minutos. Após cruzamento na área, Paulo Victor saiu mal, Rodrigo completou e Jorge salvou em cima da linha. A bola foi levantada novamente e Anderson Salles cabeceou para grande defesa de Paulo Victor.
Só aos 20 minutos é que o Flamengo voltou a atacar com perigo. Após boa troca de passes, Paulinho mandou uma bomba no ângulo e Martín Silva fez grande defesa, espalmando para escanteio. Só aos 27 minutos é que o técnico Jorginho fez a primeira modificação no Vasco. Ele trocou Riascos por Thalles.
O Vasco pressionava, mas o Flamengo mostrava mais objetividade. Aos 31 minutos, Márcio Araújo obrigou Martín Silva a fazer outra grande defesa.

O técnico Oswaldo de Oliveira trocou o meia Everton pelo volante Jonas, mas antes que a substituição desse resultado, o Vasco empatou. Nenê bateu falta e Rafael Silva, que tinha acabado de entrar, meteu a cabeça e deixou tudo igual.

O Flamengo teve tudo para desempatar aos 40 minutos. Rafael Silva errou na saída de bola e Emerson Sheik entrou livre na área e mandou por cima do travessão, desperdiçando a oportunidade. Aos 42 minutos, Pará levou um lençol de Nenê e atingiu o jogador do Vasco com a mão. Recebeu o cartão vermelho e deixou o Flamengo com dez jogadores. Desesperado, o Flamengo partiu com tudo para tentar o segundo gol que levaria o jogo para os pênaltis, mas o Vasco soube se defender e garantir a classificação.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

11 comentários

  1. RICARDO MELO (ATERRADO VR)

    Sou Vascaíno desde pequeno, porém atualmente tenho passado muita vergonha com esse time.

    Oque adianta ganhar uma partida e voltar pra lanterna. O Vasco acabou, o último que sair apaga a luz.

  2. É uma pena, ganhamos uma partida e estamos fazendo a maior festa. Hoje nosso Vasco esta no nível de um OLARIA, fica todo feliz em ganhar de time grande.

    E agora, continuamos na lanterna, devendo todo mundo e com o time mais feio do Brasil:(

  3. Chooooora mulambada…

  4. Nem roubando essa mulambada consegue ganhar do Vascão!
    Segue a freguesia.

  5. KKKKK que coisa boa kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  6. CARLOS AUGUSTO DOS SANTOS

    Pô flamengo!
    Nem o vascão dando um gol de lambuja?

  7. Alegria do wazcú termina no domingo…volta a realidade..mulambos

  8. Como dizia minha avó: Quem fala demais,dá bom dia a cavalo,kkkkkkkkkkkk

  9. Acabou o CAÔ!!!
    Acabou o CAÔ!!!
    O Flamengo rodou!!!
    O Flamengo rodou!!
    O Flamengo rodou, ou, ou ,ou, ou, ou, ou….
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  10. Como humilde torcedor cruzmaltino, aguardo o mesmo empenho do Vasco no campeonato brasileiro.

Untitled Document