quarta-feira, 23 de junho de 2021 - 06:41 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Vasco joga a classificação na Copa do Brasil com América-RN

Vasco joga a classificação na Copa do Brasil com América-RN

Matéria publicada em 21 de julho de 2015, 19:48 horas

 


Gigante da Colina pode até perder que se classifica, dependendo da diferença de gols

Atacando: Herrera vai estar em campo para ajudar o Vasco a garantir a classificação (foto: Divulgação)

Atacando: Herrera vai estar em campo para ajudar o Vasco a garantir a classificação (foto: Divulgação)

Natal – Ganhar a terceira partida consecutiva na temporada e avançar para as oitavas de final da Copa do Brasil. Esses são alguns dos objetivos do Vasco que visita o América-RN nesta quarta-feira, às 22h(de Brasília), na Arena das Dunas, em Natal (RN), pela rodada de volta da terceira fase. Porém, a grande meta mesmo é confirmar a boa fase e ganhar ainda mais fôlego na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

Para atingir esse objetivo o Vasco deu um passo importante na partida de ida, ganhando por 3 a 1 no Rio de Janeiro. Com o resultado o time pode até mesmo perder por um gol de diferença que voltará para São Januário classificado. Derrota por dois gols de diferença também serve, mas a partir de 4 a 2, uma vez que os tentos anotados como visitante valem para critério de desempate. Ao representante potiguar basta o 2 a 0. Caso devolvam os 3 a 1 os nordestinos forçarão a disputa de pênaltis.

Apesar da grande vantagem construída na ida, os vascaínos descartam jogar com o regulamento.

– Não podemos cometer o erro de entrar em campo pensando no que aconteceu na partida da semana passada, pois cada partida tem a sua história e o time do América de Natal vai jogar em casa, onde é muito forte. Temos que entrar em campo com o pensamento de que o jogo está zero a zero e de que a vitória é o único resultado que nos interessa. Vamos buscando uma atitude vencedora, como manda a tradição do Vasco – avisou o atacante argentino Herrera.

Mas não é apenas a vantagem obtida na ida que o time de Celso Roth quer esquecer. Os vascaínos também pretendem deixar de lado a histórica vitória de 2 a 1 sobre o Fluminense no fim de semana, uma vez que eles temem que a euforia da torcida possa atrapalhar o rendimento em campo se não for bem trabalhada.

– O jogo contra o América de Natal é eliminatório e por isso mesmo não podemos vacilar, ainda mais porque é na casa do adversário. Não podemos ficar pensando na vitória sobre o Fluminense porque aquele jogo nós atingimos o objetivo, mas existem outras metas na temporada mais importantes. O Vasco está em um momento de crescimento é é fundamental mantermos essa pegada para a confiança do torcedor permanecer – lembrou o zagueiro Anderson Salles, que vem atuando de forma improvisada como volante.

O Vasco terá duas mudanças em relação ao time que derrotou o Fluminense. O volante argentino Pablo Guiñazu, que cumpriu suspensão, reaparece na vaga de Serginho. Já o atacante Dagoberto, que foi expulso no primeiro jogo contra o América, será substituído pelo colombiano Duvier Riascos. O meia Andrezinho pode ser preservado para evitar o desgaste. Neste caso o mais cotado para começar atuando é o argentino Emanuel Biancucchi.

O América também entra em campo embalado, pois venceu o Confiança por 2 a 0 e aparece na quarta posição do Grupo A na Série C do Campeonato Brasileiro, portanto, na zona de classificação. O técnico Roberto Fernandes espera contar com o apoio dos torcedores.

– O nosso torcedor precisa entender que é uma partida muito complicada, contra uma equipe de Primeira Divisão e que conta com grandes talentos. O Vasco é muito forte e por isso nossa torcida precisa jogar junto, empurrar o time, nos auxiliar a marcar dois gols e não sofrer nenhum – disse Fernandes, que vai manter a escalação que derrotou o Confiança.

O América-RN tem um histórico recente de grande virada na Copa do Brasil. No ano passado, também pela terceira fase, o time perdeu o primeiro jogo para o Fluminense, em Natal, por 3 a 0 e foi desacreditado para o Maracanã. No Rio de Janeiro, porém, aplicou uma histórica goleada por 5 a 2 e garantiu a classificação para as oitavas de final, calando o estádio e os torcedores tricolores.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document