terça-feira, 26 de outubro de 2021 - 21:28 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Vasco tenta fugir da pressão em casa e diante do Luverdense

Vasco tenta fugir da pressão em casa e diante do Luverdense

Matéria publicada em 7 de novembro de 2016, 17:50 horas

 


Time carioca vem de uma derrota de 2 a 1 para o Brasil de Pelotas e não tem acesso garantido

Zinho e Jorginho vivem momento turbulento no Vasco

Zinho e Jorginho vivem momento turbulento no Vasco (Foto: Divulgação)

Rio – Atravessando um dos seus piores momentos na Série B do Campeonato Brasileiro, o Vasco recebe o Luverdense nesta terça-feira, às 21h30(de Brasília), em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), pela 35ª rodada disposto a vencer e afastar a pressão.

O time carioca vem de uma derrota de 2 a 1 para o Brasil de Pelotas e está na segunda posição com 58 pontos, seis a menos que o líder Atlético-GO. O título, porém, já ficou em segundo plano, pois o temor é de ver o acesso em risco, já que a distância para o quinto colocado, hoje o Nàutrico, que já foi de 12 pontos, está em quatro.

Ou seja, um tropeço em casa pode dar ares de dramaticidade nas três últimas rodadas. Para o Luverdense, que vem de triunfo de 2 a 1 sobre o Criciúma, o clima é de tranquilidade. Com 50 pontos, não corre risco de rebaixamento e ainda sonha matematicamente com a Série A.

Jorginho, antes não questionado, já sofre pressão no cargo e sabe que é fundamental vencer em casa para acalmar de vez os ânimos em São Januário. O treinador reconhece que o duelo desta terça-feira passou a ser decisivo.

– A gente tinha uma gordura e não esperava chegar a esta rodada precisando tanto do resultado. Mas perdemos a gordura e agora temos que correr atrás, buscar uma solução para ganhar do Luverdense e encaminhar a classificação. Se fizermos a nossa parte neste confronto acredito que a coisa vai caminhar bem até a reta final – disse Jorginho.

Os jogadores vascaínos sequer ousam cobrar a presença da torcida.

– Não podemos cobrar o nosso torcedor, pois ele tem apoiado bastante, mesmo quando o momento não é bom. Temos sim que nos preocupar em fazer a nossa parte dentro de campo e conquistar os três pontos. Não podemos pensar em um tropeço – disse o meia Andrezinho.

Se não bastasse a série ruim, o Vasco ainda precisa lidar com desfalques. O lateral-direito Madson e o volante Douglas estão suspensos por acúmulo de cartões amarelos, enquanto que o goleiro Martin Silva está servindo à seleção do Uruguai nas Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018, que será disputada na Rússia. Jordi entra no gol e Yago Pikachu assume a lateral direita. Já a vaga no meio será disputada por Diguinho e Bruno Gallo.

Pelo lado do Luverdense, o técnico Júnior Rocha, que vai repetir a formação que bateu o Criciúma por não ter problemas de lesão ou suspensão, cobra atitude do time.

– Precisamos nos impor, jogar com atitude de quem acredita que pode ganhar e conquistar um resultado importante. Respeitamos o Vasco, mas temos que jogar como o time que mais pretende ganhar em campo – analisou o técnico do Luverdense.

No primeiro turno da Série B as duas equipes se enfrentaram no Estádio Passo da Ema, em Lucas do Rio Verde (MT). Com um time reserva, por conta da Copa do Brasil, o Vasco empatou por 1 a 1 com o Luverdense. Yago Pikachu anotou o gol dos cariocas, enquanto que Alfredo decretou o empate nos acréscimos do segundo tempo.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Sou vascaino mas não sou cego ao ponto de ver que o Vasco não tem condições de subir pra 1ª divisão e será muita sorte se isto acontecer. O que há no Vasco, de sobra, é incompetência dos jogadores, comissão técnica e diretoria. JÁ ESTOU ME CONFORMANDO COM A PERMANÊNCIA NA 2ª DIVISÃO.

Untitled Document