sábado, 7 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Vasco visita o América-MG buscando a reação imediata

Vasco visita o América-MG buscando a reação imediata

Matéria publicada em 5 de setembro de 2018, 17:58 horas

 


Belo Horizonte – Reação é a palavra de ordem que move América-MG e Vasco no duelo desta quinta-feira, às 20h(de Brasília), na Arena Independência, em Belo Horizonte (MG), que fecha a 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Cruz-Maltino, que vem de duas derrotas, sendo a mais recente um sonoro 3 a 0 em casa para o Santos, está estacionado com 24 pontos, flertando com a zona de rebaixamento.

O Coelho, que tem dois pontos a mais, também precisa se distanciar da zona da degola, que ficou mais perto com o 1 a 0 sofrido para o Vitória na Bahia no fim de semana.
Alberto Valentim, treinador do Vasco, não quer ver a equipe pensando nos pontos que precisa para voltar a ter tranquilidade na tabela de classificação. Para ele, a prioridade é progredir, sempre pensando no próximo jogo.

– O nosso pensamento deve estar todo focado na partida contra o América mineiro, porém, nós precisamos progredir, melhorando o setor defensivo e criando mais jogadas lá na frente. Por isso algumas peças serão mudadas para este jogo, pois o resultado é fundamental para a gente. O Vasco precisa voltar a somar pontos rapidamente no Campeonato Brasileiro, que é muito disputado – analisou Alberto Valentim.

Os jogadores concordam, pois sabem que eficiência tem que ser a palavra de ordem.

– O América mineiro vai nos causar problemas. Jogando em casa é um time muito eficiente e cobra isso dos adversários que pretendem ganhar dele em Minas Gerais. Sabemos que precisamos somar pontos, pois perdemos alguns importantes em casa, como contra o Santos. Mas teremos que ser muito eficientes, pois o América vai tentar forçar o nosso erro. Não podemos ficar expostos, mas temos que atacar – disse o lateral-direito Yago Pikachu, que vem jogando improvisado no meio-de-campo.

Sobre a escalação, Alberto Valentim apenas antecipou que vai promover mudanças no time, mas não quis antecipá-las e fechou boa parte das atividades para o choque com os mineiros. Após cumprir suspensão diante do Santos, o atacante Vinícius Araújo volta a ficar à disposição e deve ser relacionado. O volante Willian Maranhão, que foi contratado junto ao Santa Cruz, teve a documentação regularizada.

Pelo lado do América, o técnico Adilson Batista se mostra confiante.

– Temos que retomar a nossa maneira de jogar, controlando a posse de bola e procurando espaços na defesa do adversário. Não vai ser uma partida tranquila, pois o Vasco também precisa do resultado, mas podemos ganhar – disse Batista.

O América chega para o duelo com menos dois jogadores em seu elenco. Isso porque a agremiação mineira decidiu rescindir os contratos de Judivan e Renan Oliveira. O caso de Judivan inspira mais cuidados. Ele voltou ao futebol há pouco tempo após um longo período em tratamento e foi emprestado ao Coelho. No Lanna Drumond, não teve sucesso, e deixa a equipe sem gols.

Para o duelo contra o Vasco, o técnico Adilson Batista testou novas opções. No meio campo, por exemplo, Wesley e David assumiram as vagas de Juninho e Aderlan. Já Giovanni foi para o lugar de Rafael Moura, que está suspenso por expulsão. Com essa formação, Luan atuou centralizado.
No primeiro turno do Campeonato Brasileiro as duas equipes se enfrentaram em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), e naquela ocasião o Vasco goleou por 4 a 1 de virada. O Coelho abriu o marcador com Rafael Moura, porém, Bruno Cosendey, Caio Monteiro, Andrés Rios e Kelvin garantiram o triunfo vascaíno.

AMÉRICA-MG X VASCO-RJ

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 6 de setembro de 2018 (Quinta-feira)
Horário: 20h(de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Henrique Neu Ribeiro (SC) e Eder Alexandre (SC)
AMÉRICA: João Ricardo, Norberto, Messias, Matheus Ferraz e Carlinhos; Leandro Donizete, David, Wesley, Gerson Magrão e Giovanni; Luan
Técnico: Adilson Batista
VASCO: Martín Silva, Lenon, Luiz Gustavo, Bruno Silva e Henrique; Andrey, Yago Pikachu, Raul e Wágner; Kelvin e Maxi López
Técnico: Alberto Valentim


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document