quarta-feira, 23 de outubro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Vettel vence e Ferrari faz dobradinha em Cingapura

Vettel vence e Ferrari faz dobradinha em Cingapura

Matéria publicada em 22 de setembro de 2019, 16:36 horas

 


Cingapura – Deu dobradinha da Ferrari na 15ª etapa da Fórmula 1 de 2019. Sebastian Vettel conquistou uma vitória maiúscula no GP de Singapura na manhã deste domingo ao sair da terceira posição e ultrapassar o companheiro Charles Leclerc, pole position, para acabar com um jejum de mais de um ano. O monegasco ficou em segundo, enquanto Max Verstappen, da RBR, fechou o pódio. É a primeira dobradinha da escuderia italiana nesta pista.

Lewis Hamilton e Valtteri Bottas, da Mercedes, bem tentaram, mas ficaram apenas com as quarta e quinta posições – foi a segunda vez na temporada que a escuderia não ficou no pódio. Fecharam os dez primeiros colocados, nesta sequência, Albon (RBR), Norris (McLaren), Gasly (Toro Rosso), Hulkenberg (Renault) e Giovinazzi (Alfa Romeo), lembrando que foram necessárias três entradas de safety car.

Os resultados deste domingo são ótimos para a escuderia italiana. Primeiro, Vettel não vencia uma corrida desde o GP da Bélgica, em agosto do ano passado, e, segundo, é que a última dobradinha conquistada pela Ferrari foi há dois anos, no GP da Hungria de 2017, quando o alemão e Raikkonen ficaram com a primeira e segunda posições. Além disso, a Ferrari não conquistava três vitórias consecutivas desde 2008, quando a dupla era Raikkonen e Massa.

Vale lembrar, ainda, que esse jejum de Vettel quase acabou no Canadá este ano, quando uma punição de cinco segundos tirou a vitória do alemão, ficando com Hamilton.

A corrida

Leclerc largou bem e manteve-se em primeiro, seguido por Hamilton, Vettel, Verstappen e Bottas, ou seja, sem mudanças nas primeiras posições. O início foi de pouco ataque e muito estudo, como já era esperado pela dificuldade da pista, no entanto, Hamilton seguia perseguindo de perto o monegasco, que segurava a ponta.

Na primeira troca de pneus, Vettel passou Leclerc no retorno dos boxes, enquanto a Mercedes, na 22ª volta, não havia trocado os pneus ainda – com isso, Hamilton liderava. Depois de o britânico fazer seu pit stop, Vettel conquistou na liderança e chegou até mesmo a se arriscar em uma ultrapassagem contra Gasly. A briga continuou e o safety car entrou na volta 37, após Grosjean tocar Russel, que bateu no muro.

Na relargada, Vettel foi muito bem segurando todo o pelotão e conseguiu manter-se na ponta. Leclerc seguia em segundo, seguido de Verstappen, Hamilton e Bottas. No entanto, após novo incidente, desta vez envolvendo Pérez, obrigou a entrada de mais um safety car. Nada mudou na segunda relargada, com Vettel segurando a ponta, Leclerc indo para cima e sendo copiado pelos pilotos atrás dele. O resultado não mudou até o fim da corrida e a Ferrari, enfim, conquistou a primeira dobradinha desde 2017, na Hungria.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Cingapura no português do Brasil é com C de casa e não como em. Portugal com S de sapo.

Untitled Document