quarta-feira, 8 de dezembro de 2021 - 09:25 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Volta Redonda terá trabalho dobrado no final de semana

Volta Redonda terá trabalho dobrado no final de semana

Matéria publicada em 26 de fevereiro de 2016, 19:59 horas

 


Comissão técnica quer empenho máximo para que vitórias sejam alcançadas nas duas últimas rodadas

Ação: Felipe Surian tem de conquistar duas vitórias em dois jogos

Ação: Felipe Surian tem de conquistar duas vitórias em dois jogos

Volta Redonda – Vencer o Macaé na segunda-feira e a Cabofriense no próximo domingo (6) virou obrigação para os jogadores do Volta Redonda. O objetivo é conquistar a vaga na próxima fase do Campeonato Estadual e evitar a disputa da Taça Rio, que este ano é uma espécie de repescagem com a finalidade de salvar ou sacramentar a queda para a segunda divisão.

Nesta sexta-feira, os jogadores trabalharam à tarde e neste sábado haverá um coletivo no mesmo período. Amanhã de manhã acontece um recreativo e em seguida começa a concentração.

Diante disso, a classificação entre os quatro primeiros de cada grupo não só representa a permanência na primeira divisão, mas também a chance de disputar o título de Campeão Estadual de 2016. Esse é um dos principais argumentos que a diretoria e a comissão técnica têm usado para incentivar e motivar os atletas.

Alguns fatores são importantes para que o time consiga tal objetivo. A tabela é favorável, já que os dois jogos finais são em casa. Além disso, o Macaé – adversário desta segunda-feira -, terá desfalques importantes. O atacante Pipico, artilheiro do time, e o meia Marquinhos, principal articulador do meio-campo, foram expulsos no jogo contra o Madureira e não poderão atuar diante do Voltaço.

A Cabofriense, próximo adversário, não poderá contar mais com o zagueiro e capitão da equipe, Leandro Eusébio (ex-Fluminense), que se transferiu para o Itumbiara de Goiás. Detalhes favoráveis ao time da Cidade do Aço, que deverá ter o apoio da torcida.

Os ingressos já estão à venda na loteria 66, no Aterrado, e no stand do DIÁRIO DO VALE, no Sider Shopping, na Vila, com preços promocionais. A arquibancada custa somente R$ 5,00 + um quilo de alimento não perecível.

Para manter o bom entrosamento e corrigir as falhas dos últimos jogos, o técnico Felipe Surian adotou o sistema de “carga total” de treinamentos.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

10 comentários

  1. Fiquei sabendo de uma sondagem no Tiago Amaral para formar ataque com Fred no Fluzão ……..

  2. TAÇOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

    VAMOS LÉ VOLTAÇOOOOOOOOOOOOOOO ESTAMOS CONFIANTES.

  3. E que esta fraca administração municipal (PMVR) e fraquíssima administração do estádio coloquem mais bilheteiros e catracas para funcionar. INCOMPETENTES !!!!

  4. Não ganha contra pequenos em casa. Já virou marca, escrita.

  5. Torcedor de Ouro RESENDE

    SQN-já era…..

  6. Ganhar dentro de casa de time pequenos .. sei não há muito tempo que não vejo isso .. mas vamos torcer somos Brasileiros e não desistimos nunca ., estarei lá com minha cervejinha na mão Gritando Vamos Taçooo..

  7. Ganhar duas vezes dentro de casa? sem chance!! ta fora,acabou,contra time pequeno o voltaço entrega o jogo.É o unico time que não faz valer o mando de campo,impressionante.Vejo isso à 40 anos.

  8. É a chance de buscar a classificação. É bola ou búlica. Não pode haver erros. Creio que o desenho tático do time precisa ser repensado. Jogando em casa, precisando ser ofensivo, mas sem se descuidar da defesa, creio que a entrada do LOPES no meio campo daria mais força ofensiva melhorando a ligação entre meio de campo e ataque. Agora é matar ou morrer.

Untitled Document