>
domingo, 3 de julho de 2022 - 20:30 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Voltaço emite nota sobre negociação envolvendo Marrony: a maior da história do clube

Voltaço emite nota sobre negociação envolvendo Marrony: a maior da história do clube

Matéria publicada em 12 de junho de 2020, 11:04 horas

 


Volta Redonda – A diretoria do Volta Redonda emitiu nota sobre as negociações envolvendo o jovem atacante Marrony, formado no clube da Cidade do Aço e vendido ao Vasco em 2015. Na época, o Voltaço ainda ficou com 30% dos direitos do atleta, mas em 2018 vendeu 10% para um empresário. Com isso, caso o Vasco realmente venda Marrony para o Atlético-MG, o Voltaço terá direito a um bom percentual, que pode chegar a um valor final de mais de R$ 3,5 milhões. A negociação é vista como ideal para o momento de crise financeira, que afeta todo o futebol nacional.

As negociações entre o Galo Mineiro e o Cruzmaltino seguem em andamento e Marrony teria sido até mesmo liberado dos treinamentos desta sexta-feira, dia 12. No acordo ventilado, os mineiros vão desembolsar R$ 20 milhões ficar com 80% dos direitos de Marrony. O Galo vai levar 50% que o Vasco detém, 20% do Volta Redonda e os outros 10% que foram negociados com o empresário. Com isso, o Vasco permanecerá com os 20% restantes.

Veja a bota oficial do Volta Redonda sobre o caso:

“A transferência do Marrony ao Vasco da Gama foi realizada no início de 2015. Na época, o clube carioca ficou com o atleta e a responsabilidade de repassar 30% de eventual venda futura ao Voltaço.

Há cerca de dois anos, em meados de 2018, houve uma cessão de créditos futuros que deixou o Volta Redonda com 20% dos valores de uma possível venda do atleta.

Vale reafirmar que toda a transação foi feita dentro da legalidade, tendo, inclusive, o aval de todos os poderes do Volta Redonda, com parecer favorável do Conselho Fiscal, que identificou a entrada dos recursos, e aprovadas por unanimidade pelo Conselhos Deliberativo, além de terem sido submetidas a auditoria externa.

Por fim, o clube, que acostumou a perder seus atletas sem qualquer compensação financeira, aguarda por um desfecho feliz na transação, que será a maior negociação de sua história”.

Marrony pode aliviar contas do Vasco e Voltaço


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

7 comentários

  1. Capeta da grota do Santa cruz

    Isso aí e algumas tvs no Brasil que valoriza esse tipo de jogador para valorizar suas transmissões pois se nao tem um craque no time não da audiência . Se e que não tem participação na negociata. Como foi dito em um comentário acima também sou vascaíno e penso que não joga nada…

  2. Não confiem nesse jogador

    É horroroso e só joga quando quer

    Sou vascaíno e sei o que estou falando

    Se no Vasco em competições a nível nacional transmitidas pela TV já se arrastava e campo imagina no Volta Redonda

  3. Dragão do Voltaço

    Tomara que o Voltaço belisque essa grana. Pombas, uma grana cujo valor é cerca de R$ 3 milhões não é nada pra se desprezar.

  4. Capeta da grota do Santa cruz

    Sou vascaíno. Quem disse que ele vale isso tudo . Então no BMFC tem garoto lá que vale 1 bilhao de dólares

  5. Luis Cláudio Assis

    20 milhões no Marrony!? Tipo comprar um Citroen, no começo é só alegria, depois é que cai a ficha! Alegria quando compra, felicidade quando vende! Marrony não vale isso tudo.

  6. Se a Fifa proíbe esse tipo de transação, desde 2014, passar parte do valor de jogador para empresários, como o Voltaço fez isso?

    • Kkkkkkkk e seguindo a diretoria foi tudo dentro da legalidade, o Ministério Público deveria apurar isso, mas se bem que tá na cara que o Voltaço vai levar calote nessa transação pq tanto o Vasco quanto as galinhas mineira estao raspando o C. com a unha kkkkkkk e é lógico que o mais fraco que vai dançar e não ver a cor desse dinheiro

Untitled Document