sábado, 15 de junho de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Voltaço encara o Juventude em Caxias pensando em pontuar

Voltaço encara o Juventude em Caxias pensando em pontuar

Matéria publicada em 12 de junho de 2019, 16:33 horas

 


Volta Redonda – A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) adiantou o jogo entre Juventude e Volta Redonda para esta sexta-feira, dia 14, em Caxias do Sul, às 19 horas. Com isso, o elenco viajou nesta quarta (12) para o Rio Grande do Sul, com pensamento em voltar a pontuar depois de duas derrotas seguidas pela Série C do Campeonato Brasileiro.

O técnico Toninho Andrade avaliou os últimos resultados negativos, lembrando que a derrota mais doída foi em casa, diante do Ypiranga.

– A derrota do Ypiranga foi muito doída, principalmente pelo fato de termos tido todas as oportunidades do mundo para vencer e acabamos levando dois gols no final do jogo. Tivemos chance de definir a partida com muito mais tranquilidade – disse Toninho.

O treinador também fez uma análise do resultado diante do Remo, no último fim de semana, no Mangueirão.

– Diante do Remo, pelo jogo que fizemos de uma forma geral, mas principalmente pelo segundo tempo, a gente não merecia ter perdido. Mas não adianta a gente ficar aqui arrumando desculpa, pois infelizmente o fato é que perdemos – afirmou ele.

Toninho Andrade deu a receita para que a equipe afaste o mau momento, após um início animador na competição nacional. “Temos de melhorar um pouco nosso foco, nosso poder de concentração, principalmente no final dos jogos. Isso está realmente nos prejudicando um pouquinho”, garantiu.

Só que pela frente o Volta Redonda terá uma verdadeira pedreira, que é encarar o Juventude no Alfredo Jaconi. “Esperamos um jogo muito difícil, pois é um time que tem muita força e muita tradição. Faz pouco tempo, chegou nas oitavas de final da Copa do Brasil, Sendo desclassificada pelo Grêmio. É uma equipe muito forte”, disse.

O Juventude atualmente é o segundo colocado do Grupo B, com 12 pontos, atrás apenas do Remo, que tem 15. O São José-RS é o terceiro colocado com dez pontos e o Voltaço está em quarto, estacionado nos nove pontos.

No entanto, o pensamento do técnico é conseguir pontuar e se puder conquistar uma vitória compensadora fora de casa. “Pelo que a gente vem jogando e vem produzindo, é possível pontuar. Claro que qualquer ponto que vier de lá é sempre bem vindo, mas não entramos em campo para empatar, entramos para vencer. Se o empate acontecer, será considerado um bom resultado neste momento, mas o pensamento é vencer”, disse.

Por Rafael de Paiva


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

6 comentários

  1. Avatar

    Gostei das palavras do adepto! Tenho acompanhado o Voltaco e vejo evolução no time, a única partida que merecemos perder foi contra o Luverdense, o resto merecíamos melhores resultados. Gosto do estilo do Toninho Andrade, que valoriza uma forte marcação com uma defesa sólida. O problema que tivemos muitos problemas de contusão e o time acaba sentindo a perda de certos titulares como esta sendo o caso de Daniel Felipe, Luis Gustavo e Heitor que não jogou contra o Ipiranga. Até a perda de Nubio Flávio foi sentida, pois o João Carlos não está atravessando um bom momento. Sou a favor de uma esquema forte de marcação. O exemplo disso que o Palmeiras de Felipao tem 12 volantes no elenco e ainda quer contratar o Ramires.

    • Avatar
      Adepto do Voltaço

      Dayves, nota-se que além de conhecer futebol, vc conhece o Voltaço! Infelizmente temos que conviver com as opiniões de derrotistas que torcem para os times da capital e só comentam para denegrir a imagem do time, e principalmente o faz atrás do teclado. Quando vão aos jogos, tudo no 0800.

  2. Avatar

    Perdeu pro Ypiranga em casa , acha que vai ganhar do Juventude em Caxias é acreditar em Papai Noel ., mais uma derrota e ladeira abaixo na tabela ., mais um ano de sofrimento pra não cair pra D .

  3. Avatar
    Adepto do Voltaço

    Temos ainda 11 jogos pela frente! Mesmo perdendo os dois últimos jogos, o time está a cada dia melhor e perdemos jogos em pequenos detalhes. Acredito nesta classificação para o mata-mata. Só gostaria de saber se caso consiga a série B se realmente a torcida vai apoiar? Por que hoje só vejo corneteiro e gente só falando mal. Mas passa longe do Raulino.

    • Avatar

      O time não faz jus a presença da torcida ., contra o Ypiranga mesmo depois daquele vexame ., foi um jogador bater boca com a torcida ., ou seja eles fazem aquele vexame e acha que a gente não tem direito de reclamar ., fala sério .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document