>
quinta-feira, 11 de agosto de 2022 - 11:04 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Voltaço perde em casa para o Aparecidense

Voltaço perde em casa para o Aparecidense

Matéria publicada em 26 de junho de 2022, 20:09 horas

 


Resultado deixa o Tricolor de Aço com a nona colocação, a um ponto do G-8

Foto: André Moreira – VRFC
Derrota em casa para o Aparecidense deixa Voltaço a um ponto da zona de classificação paraa próxima fase

Volta Redonda – O Voltaço foi derrotado por 3 a 0 pela Aparecidense-GO na noite deste domingo, dia 26, no Raulino de Oliveira, em partida válida pela 12° rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Lucas Gazal, Alex Henrique e Felipe Menezes marcaram os gols do jogo. Com o resultado, o Esquadrão de Aço fica na 9° colocação, a um ponto do G8.
O próximo compromisso pela Série C será diante do Confiança-SE, sábado, dia 2, às 18h, no estádio Bastião.
Já pelo Campeonato Carioca A2, o Voltaço enfrenta o Macaé, quarta-feira, dia 29, às 19h, no estádio Raulino de Oliveira.

O jogo

Em um começo de jogo movimentado, as duas equipes apostaram nas finalizações de fora da área. Pedrinho, pelo lado do Voltaço e Renato, pela Aparecidense, arriscaram, mas pararam nos goleiros.
A melhor chance da primeira etapa foram dos visitantes, porém, Dida apareceu para fazer dois milagres em sequência, evitando o gol adversário. Aos 21 minutos, o goleiro tricolor saiu para fazer a defesa nos pés de Alex Henrique. No rebote, Robert tentou de cobertura, a bola bateu no travessão e sobrou para Gilvan, que finalizou para outra grande defesa de Dida.
Na volta do intervalo, o Volta Redonda iniciou a segunda etapa pressionando o adversário e quase marcou com Lelê, após chute perigoso da entrada da área, e com Wendson, que parou em grande defesa de Gabriel.
Entretanto, foi a Aparecidense que abriu o placar com Lucas Gazal, aos nove minutos. Seis minutos depois, o árbitro do jogo marcou pênalti para os visitantes, que Alex Henrique bateu para defesa de Dida, mas, no rebote, ele mesmo completou para o gol, marcando o segundo.
Buscando diminuir a vantagem adversária, o Volta Redonda se mandou em busca do gol e quase marcou com Pedrinho. Porém, aos 43 minutos, em um contra-ataque, foi a Aparecidense que marcou novamente, desta vez com Felipe Menezes, decretando a vitória dos visitantes.

Campeonato Brasileiro Série C
Volta Redonda 0x3 Aparecidense-GO
(26/06/2022 – Estádio Raulino de Oliveira)

Volta Redonda: Dida; Wellington Silva, Iran, Thomas Kayck e Ailton; Bruno Barra (Danrley), Marcos Júnior (Matheus Alessandro) e Caio Vitor (Mauro Gabriel); Wendson (Igor Bolt), Pedrinho e Lelê. Técnico: Rogério Corrêa.

Gols: Lucas Gazal, Alex Henrique e Felipe Menezes.

Cartão amarelo: Bruno Barra, Wellington Silva

Público presente: 601 (212 pagantes)

Renda: R$ 2.550,00


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

8 comentários

  1. Voltaço sendo Voltaço

  2. O fracasso já é o esperado, time fraco como sempre, não vai demorar muito vai sumir na fumaça da CSN.

  3. Não se iludam, pois já falei isso várias vezes. O time do Voltaço é “timinho” mesmo, e se permanecer na Série C, vamos por as mãos para os céus. Com esse elenco que está aí, Série B, nem pensar…

  4. Pior que o time perder em casa, sair da zona de classificacao e se aproximar da zona de rebaixamento é ver o total descaso da imprensa local. NENHUMA linha sobra o jogo foi publicada, pelo menos na parte on line, na escrita não posso afirmar. Aí é so perder, que imediatamente alguma coisa é publicada. No minimo, muito estranho….

  5. Dragão do Voltaço

    Papelão, hein, Volta Redonda? Papelão!!!! Falta de foco durante o jogo!!!!

  6. Atuação fraca do Voltaço diante de um adversário forte. Eu falei que o empate contra o Floresta tinha sido um péssimo negócio dada a superioridade do Voltaço no primeiro tempo saque jogo. Nosso técnico gostou do empate naquele dia. Tá vendo? Você não pode deixar de fazer o resultado quando tem chance. E a Aparecidense fez isso hoje com todos os méritos.

  7. Fazer futebol profissional para 200 pagantes realmente a cidade não gosta de futebol além de ter um departamento de marketing inexistente.
    Tem que usar a criatividade e opções de entretenimento além do simples jogo, o feijão tropeiro do Mineirão é uma oportunidade.

Untitled Document