quarta-feira, 8 de dezembro de 2021 - 09:47 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Voltaço perde para Macaé final de quadrangular disputado em Minas

Voltaço perde para Macaé final de quadrangular disputado em Minas

Matéria publicada em 17 de janeiro de 2016, 18:00 horas

 


Apesar de amistoso, partida foi marcada por três expulsões; competição serve como preparação para o estadual que começa dia 31

(Foto: Divulgação/Assessoria de imprensa VRFC)

(Foto: Divulgação/Assessoria de imprensa VRFC)

Muriaé (MG) – O Volta Redonda perdeu na noite de sábado (16), por 1 a 0 para o Macaé, na final da Copa Eureka – quadrangular disputado na cidade de Muriaé, em Minas Gerais. A derrota aconteceu após o Tricolor de Aço sofrer um gol aos 40 minutos do segundo tempo, na cobrança de falta do zagueiro Matheus.

Primeiro tempo

Com o gramado pesado por causa da chuva que caiu durante todo o dia em Muriaé, o jogo começou truncado e com poucas chances de gol. Até os 30 minutos de partida, apenas chutes de fora, porém, sem perigo para os goleiros Luís Cetin e Willian Alves.

Restando 15 minutos para o fim da primeira etapa, o jogo pegou fogo. Após boa triangulação no ataque, Djavan recebeu pela direita e cruzou na medida para Rafael Pernão. O atacante do Tricolor de Aço matou no peito e chutou forte, mas o goleiro do Macaé fez a defesa, evitando o gol.

O lance animou o Voltaço que se mandou para o ataque, pressionando o adversário no campo de defesa. A pressão tricolor aumentou após o atacante do Macaé, Pipico, receber o segundo amarelo e ser expulso. Antes do fim do primeiro tempo, o árbitro da partida ainda expulsou mais dois jogadores após confusão no meio-campo. Marcelo, pelo Voltaço, e Yago, pelo Macaé, receberam o cartão vermelho aos 44 minutos de jogo.

Segundo tempo

No intervalo, as diretorias entraram em um acordo para retornar a campo com 11 jogadores de cada lado, para restabelecer o equilíbrio. No entanto o acordo desagradou o árbitro Gabriel Murta (que é policial civil e ficou famoso por sacar a arma durante uma partida de futebol amador em Minas Gerais), que não autorizou.

O fato indignou a direção do Macaé, que a princípio se recusou a voltar ao campo de jogo, retornando somente após muita insistência de diretores das outras equipes que disputavam o quadrangular, Tombense e Nacional, clubes locais.

Com um jogador a mais, o Volta Redonda tomou conta do segundo tempo, que pareceu um jogo de ataque contra a defesa. Enquanto o Voltaço tocava bola procurando uma brecha na defesa adversária, o Macaé colocava todos os seus jogadores atrás da linha da bola para se defender.

A melhor chance do Voltaço veio com Yogo, que entrou no lugar de Pernão na segunda etapa. O atacante recebeu em velocidade e tocou na saída do goleiro do Macaé, a bola ia sobrando para Vinícius Tanque empurrar para o gol vazio, mas a zaga adversária apareceu e jogou a bola pela linha de fundo.

Na única chance de gol do Macaé na segunda etapa, Matheus cobrou falta da entrada da área e abriu o placar no Estádio Soares de Azevedo aos 40 minutos de jogo.

Em busca do empate, o Voltaço se mandou para o ataque e até conseguiu marcar aos 47 minutos, mas o árbitro anulou o gol de Djavan, alegando que o atacante usou a mão para desviar a bola. Fim de jogo: Voltaço 0 x 1 Macaé.

Trabalho à frente

Mesmo tendo vencido na véspera o Tombense por 3 a 1, o técnico do Volta Redonda, Felipe Surian, deve ter trabalho para ajustar alguns setores do time, principalmente o ataque, antes do dia 31 quando o time entra em campo para enfrentar o Fluminense na abertura do campeonato estadual.

Chuvas

O amistoso entre a equipe sub-20 do Volta Redonda e o Barra Mansa programada para sábado às 10h, na Colônia Santo Antônio, acabou não acontecendo devido às fortes chuvas que deixaram o campo do Estádio Leão do Sul completamente alagado.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. É claro que o torcedor entende que o time do voltaço está em fase de montagem e até que os resultados em Muriaé não foram decepcionantes. Perder para o Macaé não me surpreendeu, pois manteve basicamente a mesma base que disputou a série B e vem com um time mais entrosado. Torço para que o Voltaço acerte e faça um grande campeonato. Torço também para que o Leão entre com o pé direito na segundona e retorne para a primeira divisão. Será muito bom para nossa região termos 3 equipes na série especial do Estadual.

  2. Torcedor de ouro BMFC

    Meu querido Voltaço não desista…aqui em Laje do Muriaé a sua chance vai melhorar…afinal disputar com Vasco, América, Americano, Viadinhos de Cantagalo….

Untitled Document