segunda-feira, 17 de janeiro de 2022 - 21:56 h

TEMPO REAL

 

Capa / Internacional / Atentados causam fechamento de igrejas no Sri Lanka

Atentados causam fechamento de igrejas no Sri Lanka

Matéria publicada em 25 de abril de 2019, 08:54 horas

 


As freiras seguram velas durante uma vigília em oração de solidariedade às vítimas das explosões em série do Sri Lanka (REUTERS)

Brasília – Todas as igrejas católicas do Sri Lanka vão permanecer fechadas e nenhuma missa será celebrada até “a situação de segurança melhorar”, após os atentados suicidas no domingo de Páscoa, informou hoje (25) um dos responsáveis pelos templos.

“A conselho das forças de segurança, manteremos todas as igrejas fechadas”, explicou, adiantando que “não será realizada nenhuma missa pública até novo aviso”.

Segundo os últimos dados oficiais, o número de mortos nos atentados suicidas no domingo de Páscoa no Sri Lanka subiu para 359 e mais suspeitos foram detidos.

O porta-voz da polícia, Ruwan Gunasekara, disse que foram detidos mais 18 suspeitos de ligação com os atentados, elevando o total para 58.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. É claro que fiquei indignado com o atentado contra os cristãos naquele país, contudo os piores atentados são aqueles cometidos pelos que se dizem cristãos e, no entanto, adaptam o cristianismo aos seus próprios desejos, que a sociedade adota como forma filantrópica do ser cristão, e que são contrapostos ao aparente fundamentalismo daqueles que não querem ser tão conformes!
    Só para lembrar de um fato ocorrido, aqui mesmo no Brasil, foi o apoio que a Dilma Roussef recebeu dos evangélicos para a reeleição, nesse apoio Dilma disse que não iria apoiar o aborto, contudo, logo após ser eleita ela colocou no ministério dos direitos humanos uma mulher abortista, que faz campanha pró-aborto! Dilma mentiu, no entanto, ela é comunista, logo não pode dizer a verdade mesmo!
    O que dizer da população brasileira que votou duas vezes numa mulher comunista!?
    Como diria o Papa Bento XVI: “onde Deus é excluído, a lei da organização criminal toma seu lugar, não importa se de forma descarada ou sutil. Isto começa a torna-se evidente ali onde a eliminação organizada de pessoas inocentes – ainda não nascidas – se reveste de uma aparência de direito, por ter a seu favor a proteção do interesse da maioria”.

Untitled Document