domingo, 5 de julho de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Internacional / China diz que ação sobre responsabilidade do novo coronavírus é ilegal

China diz que ação sobre responsabilidade do novo coronavírus é ilegal

Matéria publicada em 24 de maio de 2020, 11:03 horas

 


China foi o berço do coronavírus


Pequim –
 O ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, disse que qualquer ação judicial movida contra o país sobre a pandemia do novo coronavírus tem “zero base factual e de direito internacional”. As declarações foram concedidas na manhã deste domingo em coletiva de imprensa.

Wang afirmou que a China foi vítima da pandemia global ao lado de outros países e buscou ajudar outros governos necessitados. “Uma política do vírus também está se espalhando nos Estados Unidos, o que significa que você tem todas as chances de atacar e desacreditar a China. Alguns políticos dos EUA, indiferentes a fatos básicos, fabricaram muitos mentiras e criaram muitas conspirações”, disse Wang.

O ministro afirmou ainda que a instauração de tais ações se sobrepõem ao Estado de direito internacional. “É falso, injustificável e ilegal. Aqueles que praticam tal litígio contra a China estão vivendo em um devaneio e se humilharão”, acrescentou Wang.

Wang defendeu que os EUA e a China trabalhem juntos, apesar de suas muitas diferenças, no gerenciamento do impacto global da covid-19 e nos reflexos na economia global. “Devemos começar a comunicar e coordenar nossas macro políticas para mitigar o impacto do Covid-19 em nossas economias e na economia mundial”, disse Wang. “É verdade que temos muitas divergências, mas isso não impede a cooperação”, defendeu. Fonte: Dow Jones Newswires

O ministro chinês também criticou os políticos norte-americanos, sem citar nomes, dizendo que “tomaram as relações entre EUA e China como reféns” e que estão empurrando os dois países “à beira de uma nova guerra fria”, por exemplo, divulgando teorias sobre a origem do vírus para atacar a China. “Eles superestimaram sua própria capacidade de espalhar desinformação”, disse Wang.

Wang chamou a retórica crescente entre os dois países de uma tendência perigosa que ameaça desfazer décadas de construção de confiança, alertando que um “vírus político” anti-China estava proliferando nos EUA ao lado do coronavírus. “Para o bem-estar e o futuro da humanidade, a China e os EUA devem encontrar uma maneira de coexistência pacífica e cooperação mutuamente benéfica”, disse.

Sobre a Organização Mundial da Saúde, Wang defendeu a agência das Nações Unidas contra críticas do governo Trump e disse que os EUA não devem tentar miná-la, retendo fundos. “A OMS não atende a nenhum país em particular e não deve olhar para nenhum país que ofereça mais recursos do que outros. Tentativas de atacar ou chantagear a OMS serão rejeitadas pela comunidade global”, disse Wang. Fonte: Dow Jones Newswires, com Associated Press.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar

    No dia 15 de maio de 2020, há dez dias atrás, o Cardeal Zen de Hong Kong criticou a China pelo papel que ela desempenha na comunidade internacional, bem como entre seus próprios cidadãos! Muita gente está vendo que a China está desempenhando um papel mais que criticável… Esperar o que de um país comunista?!”
    O Cardeal Zen disse que : “na China o povo é escravo do partido comunista… Os pobres dos países pobres não sentiram que tivessem recebido qualquer ajuda da China!”
    Bolsonaro criticou a China pelo atraso em divulgar o coronavírus, o diplomata chines no Brasil não gostou pediu que Bolsonaro se desculpasse, no entanto, Bolsonaro não se desculpou, pois sabe que tem razão! O ridículo de tudo isso é que Lula, que pelo passado criminoso não consegue mais emprego em lugar nenhum, virou assessor de Bolsonaro e pediu desculpas para a China!!!
    O que dizer de um baba-ovo como o criminoso Lula, que se ajoelha perante a potência comunista?!
    Como diria o jornalista Boris Casoy: “Isso é uma vergonha!”…

  2. Avatar

    “…Wang defendeu que os EUA e a China trabalhem juntos…” Uééé, arregou pros Yanques ô criador do vírus chinês??? Descobriu que precisam mais do que morcegos, baratas, lesmas, cobras, cachorros, etc. para alimentar os zóinhos esticados? Comam elemento radioativo, pois é a única coisa de valor que produzem. Kkkkkkkk!!!

  3. Avatar

    É claro que não foi a China que criou o vírus em laboratório, porque quem iria matar aquilo que é mais visado pelas empresas que ali se instalam, que é justamente a mão de obra barata, se metade da população chinesa morresse a mão de obra ficaria mais cara e muitas empresas mudariam de lá, então quem é que dá tiro no pé. No entanto o fato da China se um país comunista, que é uma ditadura dura e inconsequente, faz dela igualmente culpada, pois no início tentou esconder a verdade do mundo e punindo até mesmo aqueles que fizeram o alerta, um até mesmo morreu da doença, e parte da culpa dela se deve ao fato de não proibir o comércio ilegal de animais exóticos e a seu inexistente interesse na fiscalização das condições sanitárias de todos os tipos, portanto ela têm sim parte da culpa, no direito internacional não é factível de punição, pode-se muito bem sobretarifar os produtos chineses como uma forma de cobrir os gastos com o combate a doença. Cabe ao Brasil, que é um país negligente, também, cuidar e ter laboratórios especializados com relação a doenças, pois aqui até mesmo uma doença similar ao ebola existe, que dirá outras ainda escondidas em nossas matas e em nossos animais selvagens, prontas para saltar em algum ser humano.

Untitled Document