;
terça-feira, 24 de novembro de 2020 - 11:15 h

TEMPO REAL

 

Capa / Internacional / Crise na Venezuela leva Colômbia a sair da Unasul

Crise na Venezuela leva Colômbia a sair da Unasul

Matéria publicada em 28 de agosto de 2018, 08:22 horas

 


Bogotá – O presidente da Colômbia, Iván Duque, anunciou ter notificado a União de Nações Sul-Americanas (Unasul) da decisão de se retirar do bloco por considerar que o grupo não denunciou o tratamento brutal do governo da Venezuela em relação aos cidadãos do país.

“Quero informar os colombianos que, no dia de hoje, o senhor chanceler da República enviou à Unasul a carta onde nós denunciamos o tratado constitutivo dessa entidade e em seis meses se tornará efetiva a saída da Colômbia dessa organização”, afirmou Duque.

O novo presidente colombiano afirmou que o bloco, formado em evento no Brasil em 2008, foi criado para “fraturar o sistema interamericano” e “serviu aos propósitos de uma ditadura”.

Duque criticou a Unasul por nunca ter denunciado os “atropelos” do governo do venezuelano Nicolás Maduro e que o bloco não exerceu o dever de garantir que essas ações do regime chavista constituíssem a eliminação das liberdades dos cidadãos.

Cumplicidade

Por isso, o presidente da Colômbia disse considerar a instituição como “maior cúmplice” da Venezuela. No último dia 10 de agosto, o chanceler colombiano, Carlos Holmes Trujillo, informou a decisão política do país se retirar do bloco, uma promessa que Duque fez durante a campanha presidencial.

“Seguiremos trabalhando no marco do multilateralismo regional e faremos isso apoiando a Carta Democrática Interamericana, assinada pela Colômbia, que defende a liberdade e o equilíbrio de poderes e, além disso, é fiadora de uma sociedade participativa e plural”, afirmou Duque. A Unasul é formada por Bolívia, Brasil, Equador, Guiana, Paraguai, Suriname, Uruguai e Venezuela.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Avatar

    Excelente iniciativa da Colômbia.

    Meus respeitos a este País que com garra venceu a luta que viveu.
    Repudio este GENOCIDiO na Venezuela.

  2. Avatar

    Só digo uma coisa: parabéns à Colômbia!!… Um país que há poucos anos era dominado pelo narcotráfico, inclusive com sequestro de assassinato de magistrados e políticos, hoje tem em Medellin, Cali e Bogotá algumas das cidades mais seguras da América Latina. Foi o país sul-americano que mais avançou socialmente, graças a um governo punho forte e de tolerância zero com o banditismo e os interesses dos grandes cartéis…

Untitled Document