quarta-feira, 22 de maio de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Internacional / Delegação da Venezuela e dos EUA vai à fronteira ver ajuda humanitária

Delegação da Venezuela e dos EUA vai à fronteira ver ajuda humanitária

Matéria publicada em 18 de fevereiro de 2019, 07:52 horas

 


Manifestantes protestam em Caracas, na Venezuela, contra o bloqueio imposto por Nicolás Maduro à ajuda humanitária de comida e remédios enviada ao país.

Brasília – Uma delegação parlamentar da Venezuela e dos Estados Unidos, liderada pelo senador republicano Marco Rubio, visitou a cidade colombiana de Cúcuta, escolhida para centralizar a ajuda humanitária destinada à população venezuelana. Em sua conta no Twitter, o norte-americano reclamou da presença de contentores, impedindo a passagem das doações.

“Na fronteira. Esses contentores atrás de nós foram postos ali por um regime criminoso e terrorista. Não vai funcionar. A comida e os produtos médicos chegarão ao povo”, afirmou Marco Rubio nas redes sociais.

O presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, oposição ao governo de Nicolás Maduro, faz campanha para angariar ajuda humanitária internacional. Porém, Maduro resiste à campanha, alegando que há uma orquestração contra seu governo para organizar uma intervenção militar no território venezuelano.

Só em Cúcuta, segundo o senador norte-americano, há mais de 300 toneladas de alimentos e medicamentos “prontos para serem entregues ao povo venezuelano”. Crítico do governo Maduro, Marco Rubio se refere ao presidente venezuelano como ditador e responsável por um regime criminoso e terrorista.

“A Família Criminal de Maduro faz todo o possível para que a ajuda não chegue às pessoas. Isso é pura maldade”, reagiu, nas redes sociais, Marco Rubio, que se reuniu com integrantes da Assembleia Nacional Constituinte da Venezuela, que é oposição a Maduro.

O senador foi à ponte Simón Bolívar, entre Venezuela e Colômbia, com os parlamentares venezuelanos. “Conversamos sobre a entrega de ajuda [humanitária], eleições livres e justas e a reconstrução da Venezuela, depois que Maduro e seus aliados saiam. Eu lhes disse para não perderem a esperança”, reiterou o norte-americano.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

7 comentários

  1. Avatar

    Pombo,zero e Guto ,quanta sujeira e nulidade!!!!!!!

  2. Avatar

    A Venezuela está louca para botar a mão na gasolina dos EUA, pois a Venezuela produz petróleo, mas não refina! A Venezuela envia o petróleo bruto para os EUA e lá eles refinam o petróleo e enviam de volta para a Venezuela!!!
    Logo todos os venezuelanos querem Juan Guaidó como presidente, pois assim os EUA voltam a enviar a gasolina para a Venezuela!!!
    E pensar que nas décadas de 70 e 80 do século passado a Venezuela era o país mais rico da América do Sul… E, no entanto, chegou Chavez com sua revolução bolivariana e acabou com o país?!
    O que dizer da presidente do PT Gleisi Hoffmann que foi na posse do ditador Maduro, pois para o PT a Venezuela é um exemplo para o Brasil?!
    Como diria Einstein: “Há duas coisas infinitas: o Universo e a estupidez humana….”

  3. Avatar

    Os EUA estão loucos pra botar a mão no petróleo da Venezuela

    • Avatar

      Os venezuelanos estão loucos para que os EUA continuem comprando o petróleo da Venezuela, senão a miséria vai aumentar ainda mais!

  4. Avatar

    Lula continua com a idéia fixa de que Maduro deve permanecer no poder, no entanto, para mim e mais de 24 milhões de venezuelanos a esperança tem um nome: Juan Guaidó!
    Viva o povo venezuelano! Viva a democracia! Viva a prisão perpétua para Lula!

  5. Avatar

    CADÊ OS DEFENSORES DO MOLUSCO VERMELHO, APARECER AQUI PARA FALAR O MADURO(PODRE COMUNISTA)?

Untitled Document