quinta-feira, 21 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Internacional / Explosão em comício de primeiro-ministro etíope deixa 83 feridos

Explosão em comício de primeiro-ministro etíope deixa 83 feridos

Matéria publicada em 23 de junho de 2018, 10:45 horas

 


Etiópia – A explosão de uma granada deixou vários mortos e feridos neste sábado (23), em Adis Abeba, durante um grande apoio ao novo primeiro-ministro da Etiópia, Abiy Ahmed, que não sofreu danos.

A explosão aconteceu pouco depois que, na famosa Praça Meskel, ao termino do discurso de Abiy, que foi retirado do palco por seus guarda-costas, segundo imagens divulgadas pela Agência de Notícias Etíopes (ENA).

O primeiro-ministro afirmou em uma aparição na televisão, pouco tempo depois do fato, que várias pessoas “foram mortas e feridas” e ressaltou que foi uma tentativa deliberada de prejudicar pessoas inocentes.

Nas redes sociais o chefe de gabinete do primeiro-ministro, Fitsum Arega, divulgou dos números e afirmou que, por enquanto, o ataque não causou mortes, mas deixou 83 feridos.

“Até agora, com base nos relatórios da polícia e dos hospitais, 83 pessoas ficaram feridas. Desse total, seis estão em estado grave. Não reportamos nenhuma morte por enquanto”, afirmou Fitsum. Inicialmente, o próprio Abiy tinha afirmado que pessoas tinham morrido após a explosão da granada.

O premier prometeu que ataques deste tipo não impedirão que a coalizão governante, a Frente Democrática Revolucionária Etíope (EPRDF), aplicar seu programa reformista.

“Vamos superar o ódio com amor. Alguns cujo coração está cheio de ódio, eles tentaram um ataque com granada. O primeiro-ministro Abiy está a salvo. Todas as vítimas são mártires do amor e paz”, afirmou o chefe de gabinete de Abiy, Fitsum Arega, no Twitter.

“O primeiro-ministro envia suas condolências às vítimas. Os responsáveis serão levados à justiça”, acrescentou Fitsum.

De acordo com a rede de televisão “OMN”, duas mulheres e um homem foram detidos pela polícia em relação com o incidente, que ocorreu atrás do palco do comício, que contava com a presença de dezenas de milhares de pessoas.

Abiy Ahmed, que chegou ao poder em abril, é um jovem político reformista que adotou uma série de medidas que buscam entrar em uma época mais democrática e de maiores liberdades na Etiópia.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document