ÔĽŅ Grupo que estava em caverna perdeu 2 quilos em m√©dia, diz m√©dico - Di√°rio do Vale
quarta-feira, 15 de agosto de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Internacional / Grupo que estava em caverna perdeu 2 quilos em média, diz médico

Grupo que estava em caverna perdeu 2 quilos em média, diz médico

Matéria publicada em 11 de julho de 2018, 08:00 horas

 


Meninos presos em caverna n√£o tem problemas graves de sa√ļde.¬† (cr√©dito AB)

Tail√Ęndia – Os 12 adolescentes e o treinador que foram resgatados de uma caverna na Tail√Ęndia perderam, em m√©dia, dois quilos durante o tempo em que permaneceram presos na gruta. A vida delas, no entanto, n√£o corre perigo, segundo informa√ß√Ķes de m√©dicos divulgadas nesta quarta-feira, dia 11.

Alguns dos jovens t√™m quadros leves de pneumonia, mas nenhum deles registra problemas graves de sa√ļde, afirmou, em entrevista coletiva, um dos m√©dicos encarregados de avaliar o estado de sa√ļde do grupo, internado no hospital provincial de Chiang Rai.

As opera√ß√Ķes de salvamento foram conclu√≠das ontem (10) com o resgate de quatro meninos e o adulto, que foi precedido pela liberta√ß√£o de quatro jovens na segunda-feira e de mais quatro durante a miss√£o de ter√ßa.

Os √ļltimos cinco resgatados chegaram ontem √† noite ao centro m√©dico. Eles tinham sintomas de hipotermia, pelas duras condi√ß√Ķes que sofreram ao passar 17 dias dentro da caverna e a temperatura fria das √°guas que tiveram que atravessar com a ajuda de dois mergulhadores.

“Da mesma forma que seus companheiros, nenhum deles sofre de doen√ßas infecciosas”, afirmou um dos m√©dicos.

Os familiares do primeiro grupo de resgatados puderam ontem finalmente entrar na sala onde eles estão, embora com cautela devido ao sistema imunológico ainda fraco. O segundo grupo de meninos resgatados poderá se reunir com seus parentes ao longo do dia de hoje, enquanto o terceiro permanecerá pelo menos mais um dia em quarentena. O grupo é alimentado com dieta leve, que inclui arroz e frango, além da ingestão de vários suplementos vitamínicos.

Os garotos e o adulto, todos de bom humor, passarão pelo menos sete dias no hospital antes de receber alta. Os 12 adolescentes, entre 11 e 16 anos, e o treinador, de 26, foram para a caverna durante um passeio, após o término de um treino de futebol. Enquanto estavam lá, intensas chuvas inundaram as galerias, impedindo a saída do grupo.

Untitled Document