segunda-feira, 26 de outubro de 2020 - 22:17 h

TEMPO REAL

 

Capa / Internacional / Guaidó faz juramento e diz ser presidente em exercício da Venezuela

Guaidó faz juramento e diz ser presidente em exercício da Venezuela

Matéria publicada em 23 de janeiro de 2019, 18:19 horas

 


Principal líder da oposição, deputado Juan Guaidó, assumiu o poder
(Foto: Carlos Garcia Rawlins)

Caracas- Manifestantes saíram às ruas hoje (23) de Caracas e das principais cidades da Venezuela no terceiro dia de protestos contra o presidente venezuelano, Nicolás Maduro. A convocação foi feita pelo presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, o Parlamento do país, o deputado Juan Guaidó. Ele se declarou presidente da República em exercício e jurou em nome de Deus.

Apontado como principal líder da oposição, Guaidó fez o juramento comprometendo-se a assumir o poder interinamente e promover eleições gerais. O juramento foi feito durante um protesto contra o governo Maduro em Caracas.

“Hoje, 23 de janeiro de 2019, em minha condição de presidente da Assembleia Nacional, ante Deus todo-poderoso e a Venezuela, juro assumir formalmente as competências do Executivo nacional como presidente em exercício da Venezuela.”

Antes do juramento, Guaidó reiterou a promessa de anistia aos militares que abandonarem Maduro e apelou para que fiquem “do lado do povo”. Segundo ele, é preciso reagir à “usurpação” do poder por parte do presidente da República, instaurar o governo de transição e eleições livres.

Protestos

Nas ruas, organizações não governamentais, como Observatório Venezuelano de Conitividade Social (OVCS), denunciam violência e confrontos entre manifestantes e forças policiais. Segundo a OVCS, um adolescentes de 16 anos foi baleado em um dos protestos.

“Condenamos o assassinato do jovem Alixon Pizani [16] por ferimentos a bala durante uma manifestação em Catia, Caracas”, informou o OVCS em sua conta no Twitter.

Ontem houve vários protestos contra Maduro nas ruas de Caracas e região. Imagens divulgadas pelas entidades civis organizadas mostram embates entre manifestantes e agentes do Estado, barricadas nas ruas e uso de coquetel Molotov.

ONU

O porta-voz da Organização das Nações Unidas (ONU), Farhan Haq, disse hoje que a entidade acompanha de perto os desdobramentos da crise na Venezuela e as manifestações. Ele disse que a entidade rechaça qualquer tipo de violência e aguarda pelo avanço de negociações.

Por Agência Brasil 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. Avatar

    Estados unidos não encontrar moleza na Venezuela . Maduro não dá mole para essa direita radical . Aqui no Brasil acabaram com a CSN, Acabaram com às ferrovias . O povo se quiser deslocar de um estado para outro tem quê pagar pedágio, estacionamento,multa, pardal, blitz, estão roubando a população que em maioria não tem conhecimento políticos .

  2. Avatar

    Segundo essa dupla personalidade ,os partidos MDB,PP PTB dentre outros, são partidos do bem, várias pessoas deste bem afundaram o Brasil por 500 anos,ficam neste discurso idiota do efeito Orloff para despistar a bosta de elefante que saiu das entranhas dos de bem.De um irado afasta te,de um hipócrita fuja sempre.

  3. Avatar

    VAI VENDO aí como seria o Brasil caso o PT ganhasse a eleição.

    Em VR fizemos o dever de casa afastando QUASE todos os partidos comunistas. Infelizmente ficou o PSB e PDT, mas em 2020 sepultaremos os dois juntos para ficarmos livres desses comunistas.

    Pelas redes sociais estamos vendo alunos da UNE no país defendendo o Maduro.

  4. Avatar

    Os idiotas dos petistas estão do lado do Maduro, enquanto os países livres e democráticos do planeta Terra estão à favor da deposição do Maduro!
    É incrível que a gente tenha no Brasil um partido do tipo PT, PSTU, PCdoB, etc… que defendem ditadores que estão matando de fome a população do país!
    A Venezuela tem uma das maiores reservas de petróleo do mundo, mas, infelizmente, caiu na mão de petistas tipo Chavez e Maduro que acabaram com o país!
    Ainda bem que nós fizemos a lição de casa e tiramos a Dilma Roussef do poder senão nosso futuro seria igual ao que acontece na Venezuela hoje em dia! Estaríamos fugindo do país e aqueles que ficassem no país estariam comendo carne estragada, emagrecendo onze quilos por pessoa (como acontece na Venezuela) e estaríamos sem papel higiênico o que não faria falta mesmo!!!
    O que dizer daqueles petistas que defendem Maduro?!!!

Untitled Document