quarta-feira, 24 de julho de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Internacional / ONG diz que Venezuela vive emergência humanitária complexa

ONG diz que Venezuela vive emergência humanitária complexa

Matéria publicada em 4 de abril de 2019, 08:02 horas

 


Manifestantes se reúnem nas ruas em protesto contra situação econômica do pais  (crédito AB)

Brasília – A organização não governamental Human Rights Watch alertou hoje (4) que a conjunção de fatores, como falta de comida e escassez de alimentos, gera na Venezuela uma “emergência humanitária complexa”. Segundo a entidade, a Organização das Nações Unidas (ONU) deve dar uma “resposta forte”.

Declarar oficialmente que na Venezuela há uma “emergência humanitária complexa” é um princípio técnico da ONU que permitiria desbloquear a mobilização de recursos humanos e materiais suficientes para atender às necessidades urgentes dos venezuelanos.

O relatório “A emergência humanitária na Venezuela: uma resposta em grande escala da ONU é necessária para enfrentar a crise de saúde e alimentos”, de 73 páginas, elaborado por especialistas e médicos da Faculdade de Saúde Bloomberg Public, da Universidade Johns Hopkins, e da Human Rights Watch, reúne uma série de detalhes sobre a situação no país.

“Por mais que eles tentem, as autoridades venezuelanas não podem esconder a realidade do país”, disse Shannon Doocy, PhD e professor associado de Saúde Internacional na Escola Bloomberg de Saúde Pública, da Universidade Johns Hopkins, que conduziu a investigação.

Estudo

No estudo, há informações sobre os níveis de mortalidade materna e infantil, surtos de doenças que poderiam ser prevenidas com a vacinação, como o sarampo e a difteria, e aumentos drásticos na transmissão de doenças infecciosas, como a malária e a tuberculose.

O relatório adverte que tais dados indicam ainda a existência de elevado nível de insegurança alimentar e desnutrição infantil, bem como alta proporção de crianças internadas em hospitais com desnutrição.

“O colapso absoluto do sistema de saúde da Venezuela, combinado com a escassez generalizada de alimentos, está exacerbando o calvário que os venezuelanos estão vivendo e colocando mais pessoas em risco. Precisamos da liderança da ONU para ajudar a acabar com esta grave crise e salvar vidas”, apelou Doocy.

Em março, a Federação Internacional da Cruz Vermelha anunciou que aumentaria sua presença na Venezuela para cobrir as necessidades de 650.000 pessoas. Dados não oficiais indicam que aproximadamente 7 milhões de venezuelanos precisam de ajuda.

Providências

A ONG recomenda que o Escritório para a Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA) aborde o caso venezuelano como prioritário para exigir a mobilização de esforços e recursos de assistência humanitária em grande escala.

A entidade sugere ainda que as autoridades venezuelanas publiquem dados oficiais sobre doenças, epidemiologia, segurança alimentar e nutrição, para que a ONU possa avaliar de forma completa as necessidades humanitárias e a magnitude real da crise.

Mais de 150 pessoas, entre especialistas, profissionais de saúde, assistentes sociais, professores e líderes comunitários foram ouvidos na elaboração do estudo divulgado hoje (4).


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

6 comentários

  1. Avatar

    A ESQUERDA BRASILEIRA APOIA O MEU JEITO DE GOVERNAR O PT ATÉ ME PARABENIZOU PELO MEU EXEMPLO DE DEMOCRACIA ,UM DIA O BRASIL SERA IGUAL A MINHA VENEZUELA E SÓ CONTINUAR APOIANDO O PT E OUTRO S PARTIDOS DE ESQUERDA.VIVA O SOCIALISMO VIVA O COMUNISMO .

  2. Avatar

    CADÊ OS PETRALHAS E COMUNISTAS PARA COMENTAREM A REPORTAGEM, NÃO TEM CORAGEM DE ASSUMIR QUE FORAM CULPADOS DESTE REGIME SANGUINÁRIO?

  3. Avatar

    O Brasil é o país da América Latina que tem mais culpa pela mortandade de crianças e velhos pela fome e nos corredores dos hospitais da Venezuela, pois Lula fez vídeos incentivando a população venezuelana para votar no ditador Maduro, além do mais enviou seus próprios marqueteiros pessoais João Santana e Monica Moura para ajudar na vitória de Maduro nas eleições! Além do mais, Lula não se importou de jogar bilhões de dólares dos brasileiros nas mãos corruptas do ditador Maduro, que não pagou os empréstimo e deu calote no Brasil, gerando um rombo de mais de 20 bilhões de reais para os cofres públicos, agora prejudicando as crianças e velhos do Brasil!
    O que dizer da ignorância do Lula que disse que na Venezuela havia “democracia em excesso”?!!
    Como diria Einstein: “Há duas coisas infinitas: o Universo e a estupidez humana…”.

    • Avatar

      Mirian Leitão do DV, já disse em comentários anteriores, pesquise antes de escrever, não deixe o seu preconceito político dominar seu raciocínio. Você não fica curioso para entender como agora com o preço do petróleo se recuperando no mercado internacional, o país não consegue manter o básico para a sua população? Vá estudar meu camarada, sua implicância com os de sempre já está cansando nossa paciência. E agora quero ver com esse novo personagem nessa história. Quero ver o seu ídolo e do despreparado também peitar e questionar a movimentação da Rússia. Eles já abasteceram os supermercados e hospitais em troca de petróleo. Deixe de gerar vergonha alheia.

  4. Avatar

    Deixar de contribuir com a Cruz Vermelha o Brasil não pode e nem deve. Mas o Bolsonaro pode muito bem fechar a fronteira para eles próprios cancelarem os CPFs.

    Mesmo sofrendo eles não são capazes de derrubar os comunistas. Os brasileiros não chegaram a tanto e tiveram coragem para isso.

    O que tem a dizer os PETISTAS sobre o sofrimento dos venezuelanos?

    Sabemos que eles nem olharão pq só dão atenção ao líder Lula. Como Lula nada falará, então eles não ficarão sabendo.

    • Avatar

      Seu burro, quem fechou foi o Maduro e os comerciantes brasileiros das proximidades foram obrigados a demitir e em alguns casos até mesmo fechar o comércio por causa das medidas tomadas pelo capacho de Trump, o nazifascista q vc sabe muito bem quem é.

Untitled Document